Topo
pesquisar
Em 15/08/2019 14h23, atualizado em 15/08/2019 14h42

Brasileiros estão em maior número no ensino superior do Reino Unido entre sul-americanos

Estudar no Exterior

Pouco mais de 1.600 brasileiros estão estudando no Reino Unido. Estrangeiros são quase 20%. Por Hotcourses Brasil
PUBLICIDADE

A nova edição do relatório International Facts and Figures da UUKi, organização representante de 136 universidades do Reino Unido, identificou que 19,6% de todos os estudantes no ensino superior britânico são estrangeiros, mesmo que o crescimento deste número tenha desacelerado nos últimos anos. Entre os países da América do Sul, apesar de a porcentagem ainda ser bem pequena comparada ao resto do mundo, o Brasil é o melhor representado.

Além de estudar a população estudantil, a pesquisa, com dados de órgãos como o OECD e HESA, também traz informações sobre educação transnacional, um dos grandes fortes do Reino Unido, e o número de professores estrangeiros contratados no país. De maneira geral, o relatório comprova o sucesso da internacionalização do ensino superior no Reino Unido.

Estrangeiros no Reino Unido

Em 2017-2018, 458.490 estudantes internacionais estavam matriculados em cursos acadêmicos no Reino Unido, representando 19,6% de todo o corpo discente do país. Estes números são suficientes para manter o Reino Unido como o segundo destino de estudo mais procurado pelos estrangeiros, perdendo apenas para os Estados Unidos. 

Leia também: Prepare-se para o ensino superior no Reino Unido

Destes mais de 450.000 estrangeiros, 319.340 vieram de países não europeus; 50,6% cursavam graduações, 39,4% pós-graduações profissionais, e 9,9% pós-graduações de pesquisa. As áreas de estudo mais populares entre eles, em todos os níveis acadêmicos, foram as de Negócios e Estudos Administrativos, Engenharia e Tecnologia, Estudos Sociais, Artes Criativas e Design, Ciências Biológicas e Direito.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Outros dados promissores em relação à internacionalização do ensino superior britânico vão além do corpo discente: 55,2% de todas as publicações científicas do Reino Unido foram feiras a partir de colaborações internacionais de pesquisa e 20% de toda a equipe acadêmica das universidades britânicas é estrangeira.

Brasileiros estudando no Reino Unido
    
A América do Sul, infelizmente, mantém-se sem grandes destaques. Segundo o relatório, o número de estudantes internacionais desta região ainda é pequeno comparado às demais e apenas cresceu 0,65% entre 2016-2017 e 2017-2018. Entretanto, houve aumento de coautores de pesquisas publicadas e professores contratados dos países sul-americanos no Reino Unido.

Embora os número sejam pequenos, os brasileiros continuam a dominar a representatividade da América do Sul na educação superior britânica:

  • Dos 5.385 estudantes sul-americanos no Reino Unido em 2017-2018, 1.670 eram brasileiros;
  • Dos 1.470 professores e acadêmicos sul-americanos no Reino Unido em 2017-2018, 610 eram brasileiros;
  • Das 22.595 publicações científicas do Reino Unido com parcerias na América do Sul entre 2015 e 2018, 13.913 tiveram coautores brasileiros.
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola