Em 18/06/2020 14h54 , atualizado em 18/06/2020 15h08

5 perguntas e respostas sobre estudar no Reino Unido

Estudar no Exterior

Brasileiros interessados em estudar na Inglaterra ou outros países do Reino Unido precisam se informar sobre documentação, custos e processo seletivo. Por Hotcourses Brasil
PUBLICIDADE

O Reino Unido recebe quase 270.000 novos estudantes internacionais todos os anos. Há mais de 50.000 opções de graduação em 395 universidades pelo país. Com certeza há um curso exatamente do jeitinho que você procura neste destino de estudo que é o segundo mais popular do mundo – atrás apenas dos Estados Unidos.

As cinco respostas abaixo tirarão todas as dúvidas principais para você dar início aos seus planos de estudar no Reino Unido. Vamos lá?

1. Com quanto tempo de antecedência eu devo começar a minha inscrição

O ideal é ter, pelo menos, seis meses de antecedência em relação ao prazo de inscrição. No Reino Unido, o ano acadêmico tem início em setembro e vai até julho do ano seguinte, dividido em três termos – outono, primavera e verão. O processo seletivo da grande maioria das graduações do país é feito online por meio do serviço centralizado chamado UCAS.

O site oficial do UCAS costuma ter prazo de inscrição em janeiro. Digamos que você quer começar os estudos em setembro de 2022, a sua inscrição deverá estar pronta e enviada pelo site oficial do UCAS até janeiro de 2022, embora algumas instituições tenham prazos prolongados. Portanto, o ideal é que você comece a se preparar para o processo na metade de 2021.

No entanto, como a seleção no Reino Unido é holística e as suas notas ao longo do colegial fazem a diferença, assim como atividades extracurriculares e outras experiências pessoais, o quanto antes você começar a se preparar, maiores as suas chances. E quando dizemos o quanto antes, queremos dizer primeiro ano do ensino médio, se possível.

2. Quais documentos eu preciso para me inscrever no Reino Unido?

A lista de documentos necessários para se inscrever em uma graduação no Reino Unido varia de acordo com a universidade e a área de estudo nas quais você estiver interessado.

De maneira geral, quase sempre inclui:

  • Suas qualificações (como o certificado de conclusão do ensino médio, por exemplo) e histórico escolar com as suas médias gerais;
  • A redação chamada personal statement (também pode ser chamada de statement of purpose - SOP);
  • O seu resultado em uma prova de proficiência no inglês oficial, geralmente o IELTS ou equivalente;
  • Cartas de referência.

3. O que os recrutadores de universidades britânicas procuram em estudantes internacionais?

Além das suas qualificações escolares/acadêmicas, há uma série de fatores que te ajudarão a se destacar dentre os demais candidatos internacionais.

A equipe de recrutadores avalia:

  • Sua motivação e entusiasmo para estudar no Reino Unido e também na universidade específica na qual você está se inscrevendo;
  • O que as cartas de referência dizem sobre você e como o conteúdo delas condizem com o que você escreveu no seu personal statement;
  • O seu conhecimento e interesse pela área de estudo que você pretende cursar no Reino Unido (isso normalmente fica evidente pelas suas atividades escolares e extracurriculares, assim como outras experiências pessoais);
  • Atitude otimista e interesse pelo aprendizado e desenvolvimento pessoal – geralmente comprovados com boas notas no seu boletim;
  • Habilidade de se comunicar de maneira eficiente na escrita em inglês, com proficiência adequada.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

4. Quanto custa estudar no Reino Unido?

Segundo o site UKCISA (UK Council for International Students), o valor das taxas de ensino para estudantes internacionais no Reino Unido – as chamadas overseas fees – vão de £ 3.500 a £ 18.000 por ano, dependendo da instituição, nível dos estudos (graduação ou pós-graduação) e área.

O valor das taxas de ensino cobrem todas as aulas do ano letivo e também outros custos: materiais, livros e apostilas; acesso a instalações como academia, laboratório de computação biblioteca; participação na União dos Estudantes e sociedades estudantis; wi-fi pelo campus, softwares e outras tecnologias; etc.

O pagamento é feito por meio de um depósito ou transferência para a conta bancária da universidade. Normalmente, se paga pelo valor total do ano acadêmico ou por termo. Essas informações devem ser verificadas diretamente com a sua universidade britânica.

O estudante banca também o custo de vida no país, que inclui acomodação, alimentação, transporte e lazer. O site StudyUK informa a estimativa de £ 10.000 para essas despesas.

5. Eu posso concorrer a bolsas de estudo no Reino Unido?

Sim, você pode! Tanto o governo do Reino Unido quanto as próprias universidades oferecem diferentes tipos e formatos de bolsas de estudo para estudantes internacionais interessados em um curso acadêmico no país.

Aprenda a encontrar informações oficiais sobre bolsas de estudo no site das universidades!

 

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES