Enem 2020

Enem

Provas do Enem 2020 serão aplicadas somente em 2021 devido à pandemia de coronavírus. Pela primeira vez, haverá aplicação digital da prova.
Enem 2020 terá como principal novidade as provas digitais
Enem 2020 terá como principal novidade as provas digitais

Enem 2020 é a prova mais esperada do ano e será realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A grande novidade fica por conta da aplicação digital da prova.

As inscrições para o Enem 2020 estão abertas até o dia 27 de maio. O valor da taxa permanece o mesmo do ano passado, R$ 85.

Os editais do Enem impresso e digital foram divulgados no final de março e depois retificados em abril. Recomendamos que leiam o edital antes de iniciar a inscrição e/ou fazer as provas.

Edital Enem Impresso 2020

Edital Enem Digital 2020

Datas do Enem 2020

Pedidos de isenção da taxa: 6 a 17 de abril
Justificativa de ausência para isenção de taxa: 6 a 17 de abril 
Resultado dos pedidos de isenção e justificativa de ausência: 24 de abril 
Inscrições: 11 a 27 de maio
Prazo para pagamento: 10 de junho
Tratamento pelo nome social: 1 a 5 de junho
Provas tradicionais: 17 e 24 de janeiro de 2021
Provas digitais: 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021
Gabarito provas tradicionais: sem previsão
Resultado: sem previsão

Isenção de taxa do Enem 2020

Antes das inscrições abrirem, os estudantes de baixa renda puderam solicitar isenção da taxa de inscrição do Enem 2020. Os pedidos foram recebidos entre 6 e 17 de abril. No mesmo período, candidatos isentos no Enem 2019 que faltaram às provas puderam justificar ausência para obter o benefício novamente.

Saiba como pedir isenção de taxa do Enem

Veja também como justificar ausência 

Para não prejudicar os estudantes que estão sem acesso à internet durante o isolamento promovido pela pandemia do coronavírus, o Inep irá aceitar pedidos de isenção, excepcionalmente, durante o período de inscrição do Enem (saiba mais).

Inscrição Enem 2020

As inscrições para o Enem 2020 estão abertas e serão recebidas até 27 de maio, somente pela internet, na Página do Participante. Quem não tiver cadastro no portal gov.br deverá fazê-lo antes de fazer a inscrição no Enem.

Saiba como se inscrever no Enem 2020

Para fazer a inscrição no Enem 2020 será preciso informar um CPF próprio, não sendo aceitos documentos de pai, mãe ou responsável. O estudante também precisará informar um número de celular e um endereço de e-mail.

Durante a inscrição no Enem, o sistema vai pedir que informe sua escolaridade, se necessita de atendimento especial, onde deseja fazer a prova e qual a opção de língua estrangeira (inglês ou espanhol). Ao final, cada participante terá que responder um questionário socioeconômico.

Veja passo a passo como fazer a inscrição no Enem

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Provas do Enem 2020

A pandemia do novo coronavírus resultou no adiamento das provas do Enem 2020. Em julho foram divulgadas as novas datas. As provas impressas serão aplicadas nos dias 17 e 24 de janeiro e a versão digital nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro. Entenda a situação!

O formato do exame permanece o mesmo, com questões de Linguagens e Códigos, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Matemática, totalizando 180 itens, além da redação.

1º dia: Redação; 45 questões de Linguagens e Códigos; 45 questões Ciências Humanas
2º dia: 45 questões de Ciências da Natureza; 45 questões Matemática

Enem Digital

A maior novidade do Enem 2020 será a aplicação de provas digitais, ou seja, os estudantes poderão fazer o exame pelo computador. O Enem Digital será aplicado para cerca de 100 mil pessoas nesta primeira edição. 

Veja como serão as provas digitais do Enem 2020

A intenção do Ministério da Educação (MEC) é aumentar a cada ano a quantidade de participantes que farão as provas digitais, até elas substituírem totalmente as provas impressas em 2026. A medida visa, a longo prazo, reduzir custos de impressão.

Somente estudantes que já concluíram o ensino médio ou concluirão em 2020 poderão participar do Enem Digital 2020, ou seja, treineiros só poderão fazer as provas impressas. No ato de inscrição, o participante deverá escolher entre a prova impressa ou digital. Não será possível fazer as duas.

O que estudar para o Enem 2020

O Enem 2020 deverá ser a última edição do exame que seguirá a Matriz de Referência do Enem, que é a mesma desde 2009. A partir de 2021, como já adiantou o MEC, o exame sofrerá mudanças para se adequar ao Novo Ensino Médio.

O conteúdo da Matriz de Referência é extenso, por isso, é preciso se preparar para o Enem com antecedência. No entanto, alguns temas costumam cair com mais frequência.

Veja os temas que mais caem no Enem

Como estudar para o Enem 2020

No Brasil Escola, você encontra várias ferramentas de estudo para o Enem 2020. Veja algumas:

Simulado Enem: o melhor simulado para o Enem, com questões reais, opção para personalizar sua prova, cronômetro e correção comentada das questões.

Videoaulas no YouTube: professores de cursinhos para o Enem gravam vídeos com aulas e dicas e resolvem exercícios.

Exercícios: site do Brasil Escola só com listas de exercícios sobre todas as disciplinas.

Provas anteriores do Enem: temos todas as provas do Enem aplicadas desde 2009, com seus respectivos gabaritos e correções.

Dicas para o Enem: vários textos com dicas para as provas do Enem.

Pratique sua redação: no Banco de Redações você pode enviar sua redação e conferir a correção gratuitamente.

Temas mais cobrados no Enem: lista com os temas mais cobrados no Enem, para você dar um reforço nos estudos.

Artigos de Enem 2020

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES