Em 31/03/2020 13h42 , atualizado em 09/07/2020 14h37

Como estudar para o Enem 2020

Enem

Além das provas impressas, o Inep aplicará o chamado Enem Digital. Veja como estudar para arrasar no exame! Por Giullya Franco
PUBLICIDADE

Com uma rotina de estudos intensa no Ensino Médio, principalmente no último ano, os estudantes em preparação para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 tiveram que adaptar seu cronograma de estudos depois que as aulas foram paralisadas em todos os estados do país para tentar conter a pandemia do coronavírus (Covid-19).

Inicialmente previstas para novembro, as provas do Enem Impresso e Enem Digital foram adiadas por causa da pandemia da Covid-19. Em julho foram divulgadas as novas datas. As provas impressas serão aplicadas nos dias 17 e 24 de janeiro e a versão digital nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro. Entenda a situação!

As provas do Enem 2020 serão são formadas por 180 questões e uma redação, divididas em dois domingos de aplicação, da seguinte forma:

1º dia: Redação; 45 questões de Linguagens e Códigos; 45 questões Ciências Humanas

2º dia: 45 questões de Ciências da Natureza; 45 questões Matemática

Mesmo com a maioria das escolas e professores promovendo aulas on-line, enviando materiais e conteúdos para os estudantes, muitos acabam tendo dúvidas de como estudar em casa durante o período de isolamento social. 

Por isso, o Brasil Escola preparou um material com dicas de como estudar para o Enem 2020 em casa:

1) Crie um cronograma

Estudar em casa requer ainda mais disciplina do estudante, já que ficar exposto a diversos atrativos fora da rotina comum pode tirar a concentração na hora de estudar. Para evitar que isso aconteça, mais do que nunca, é importante ter um cronograma de estudos para organizar seus horários. Separe um tempo para cada disciplina, resolução de exercícios, tempo de aulas e não esqueça de reservar um período para lazer, exercícios e descanso.

Veja: Como criar um cronograma de estudos

2) Saiba o que vai cair na prova

É impossível adivinhar tudo o que vai cair na prova do Enem, porém, existem muitos assuntos que são frequentes no exame. Além disso, a Matriz de Referência do Enem sinaliza tudo o que é preciso estudar para a prova. Tendo conhecimento das exigências do exame e dos assuntos que mais caem nas provas fica muito mais fácil para o estudante saber em quais assuntos deve focar.

Veja: O que mais cai no Enem em cada disciplina 

O Brasil Escola possui textos e exercícios com os conteúdos que são ensinados no Ensino Médio, que podem complementar as atividades e aulas do colégio.

3) Aproveite as videoaulas

Videoaulas são práticas e têm sido muito utilizadas pelos estudantes

As aulas por meio de vídeos são um dos métodos de tentar manter o estudante mais próximo do que seria um ambiente de sala de aula. Os professores utilizam as videoaulas para oferecer conteúdos e dicas de diferentes temas cobrados na prova do Enem. 

Entre as vantagens das videoaulas está a possibilidade de poder assistir quantas vezes for necessário, além de fazer pausas no vídeo para anotações importantes, seja de um novo aprendizado ou de uma dúvida que precisará esclarecer posteriormente. As videoaulas também são práticas para assistir, já que o estudante só precisa de internet e um dispositivo como computador, smartphone ou tablet.

Veja: Assista as videoaulas gratuitas do Brasil Escola para o Enem

4) Refaça as provas

Muitos estudantes costumam fazer as provas do Enem desde os primeiros anos do Ensino Médio como treineiros para adquirir experiência e saber melhor como é a aplicação da prova. Mesmo para quem já conhece a prova, resolver questões anteriores é um diferencial para desenvolver a capacidade de interpretação, que é muito exigida no exame, além de familiarizar o participante com o nível de dificuldade das questões.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Veja: Confira as últimas provas do Enem

5) Pratique a redação

O tema da redação do Enem é sempre uma incógnita tanto para professores quanto para estudantes e, neste caso, ter uma boa capacidade de argumentação é o que fará com que o estudante tenha uma boa nota. Mas para que essa capacidade seja atingida é necessária muita prática durante o tempo de preparação para o Enem.

Para praticar, é aconselhado que os temas sejam interdisciplinares para ampliar a capacidade do estudante falar sobre diversos assuntos. Por isso, também é importante se manter atualizado com questões históricas, causas sociais e notícias nacionais e internacionais. Além de tudo isso, é indispensável conferir a Cartilha de Redação para ter consciência do tipo de texto esperado pela banca avaliadora.

O Brasil Escola dispõe de um banco de redações no qual, mensalmente, são propostos temas diferentes para você enviar sua redação. Os textos são corrigidos gratuitamente por uma corretora especialista em Enem.

Mais: Envie seu texto gratuitamente para o Banco de Redações

Veja também: Confira dicas de estudantes nota 1000 na redação do Enem 2019

6) Faça simulados

Os simulados são uma excelente opção para quem quer se sentir próximo do ‘clima’ de prova. Neles, é possível cronometrar o tempo e ainda simular quanto você gastaria nas questões, podendo assim se programar para o mesmo período que terá para responder as questões de cada dia. 

Além disso, resolver questões pelo computador é uma excelente opção para treinar para o Enem Digital 2020. Quem ainda não quiser simular a prova completa pode personalizar o simulado de acordo com as suas necessidades, seja por área de conhecimento, disciplinas específicas ou tempo de execução.

Mais: Faça o simulado gratuito do Enem

7) Aproveite as redes sociais

Em muitos casos as redes sociais costumam atrapalhar os estudantes que estudam para o Enem e vestibular, mas se você não consegue se desligar totalmente, aprenda a fazer um uso consciente e usufrua de benefícios que ela pode oferecer. 

O Instagram, uma das redes mais utilizadas atualmente, dispõe de milhares de perfis voltados para oferecer conteúdos de educação, inclusive o do Brasil Escola. Também é possível filtrar seus interesses por meio das hashtags (#), como a #StudyGram, que é uma das mais utilizadas. Você ainda pode salvar publicações e criar coleções por disciplinas, além de aproveitar os diversos mapas mentais que são disponibilizados pelas páginas de estudos.

Mais: Veja as dicas de como estudar para o Enem pelo Instagram

8) Acompanhe as notícias

Além dos conteúdos que são ensinados em sala de aula, a prova do Enem é interdisciplinar e contextualizada, neste caso exigindo que os estudantes possuam um conhecimento amplo dos temas sociais atuais. Esses conteúdos podem ser exigidos em diversas áreas do conhecimento, por isso, é recomendável estar atento a essas informações. Para isso, acompanhe portais de notícias, assistam e leiam jornais para se manter informados.

Mais: Conheça a página de atualidades do Brasil Escola para vestibulares e Enem

Para mais informações acesse a Página do Enem 2020.
 

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES