Whatsapp
Em 09/01/2019 16h08 , atualizado em 11/01/2019 11h42

FIES 2019: confira o cronograma para o primeiro semestre

Notícias

Nesta edição, o Fies ofertará 100 mil oportunidades para estudantes que tenham feito Enem Por Thaís Dutra
Só poderão se inscrever candidatos que tenham feito o Enem a partir de 2010
Só poderão se inscrever candidatos que tenham feito o Enem a partir de 2010
PUBLICIDADE

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies) receberão inscrições entre os dias 5 e 12 de fevereiro de 2019. O cronograma do Edital do Fies 2019 foi publicado pelo Ministério da Educação (MEC) no Diário Oficial da União nesta quarta-feira, 9 de janeiro.

As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet, no Sistema de Seleção do Fies. Só poderão se inscrever candidatos que tenham feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 e tenham obtido média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 pontos e nota superior a zero na redação.

 

Outro pré-requisito é a renda familiar bruta mensal. Para concorrer às vagas do Fies, a renda deverá ser de até três salários mínimos, e P-Fies, de até cinco salários mínimos.

Além disso, os candidatos deverão informar no momento da inscrição:

  • CPF
  • Data de nascimento
  • E-mail
  • Nomes dos membros do grupo familiar e o CPF dos que possuem mais de 14 anos, assim como data de nascimento e a renda bruta mensal de cada pessoa
  • Parâmetros que definem o grupo de preferência
  • A ordem de prioridade das três opções de curso, turno e local de oferta

 

Além disso, os estudantes também deverão selecionar a região, mesorregião, curso e conceito do curso atribuído pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), aréa e subárea de conhecimento. Após informar a primeira opção e o grupo de preferência, o candidato poderá indicar, em ordem de prioridade, mais duas opções de curso, turno e local.

Vagas e condições de financiamento

Os estudantes que optarem pelo Fies deverão comprovar renda familiar bruta mensal por pessoa de até R$ 2.994, de acordo com o valor do salário mínimo de 2019, que é de R$ 998. Nesta modalidade de financiamento, os contemplados não pagarão juros, apenas correção da inflação. Ao todo, são ofertadas 100 mil vagas. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

No caso do P-Fies, os interessados deverão comprovar renda familiar bruta mensal por pessoa de até R$ 4.990 e os juros variam de acordo com a instituição financeira. Nesta modalidade não há limite de vagas. Serão contemplados os estudantes que assinarem o contrato primeiro. 

Leia mais: Enem, SiSU, ProUni e FIES – entenda a diferença

Cursos prioritários

Em novembro ano passado, o MEC informou quais seriam os cursos prioritários para 2019. O documento publicado no Diário Oficial determina que as mesorregiões com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) tenham prioridade na oferta de financiamentos. A medida beneficia principalmente instituições localizadas nas regiões Norte e Nordeste.

Com 60% das vagas, o Fies 2019 priorizará os cursos de Medicina e outros da área de Saúde, Engenharia, Computação, Licenciaturas e Pedagogia.

Instituições de ensino superior com conceito 5 no Sinaes continuarão recebendo mais vagas. Faculdades com conceito 5 ficarão com 35% das oportunidades; conceito 4, com 30%; e conceito 3, com 25%. Cursos recém-autorizados terão apenas 10% dos financiamentos.

Resultado

Ainda segundo o Edital, o resultado da pré-seleção do primeiro semestre será divulgado em 18 de fevereiro. No caso do Fies, haverá uma chamada única e uma lista de espera, enquanto na modalidade P-Fies terá apenas a chamada única.

Relacionados
Entenda a diferença entre a suspensão e o cancelamento do FIES e saiba como solicitar cada uma das situações.
Entenda como funciona e saiba como acessar o Sistema Fies. Para se inscrever, renegociar parcelas, aditar contratos ou outras atividades relativas ao Fies, o estudante precisa conhecer cada parte do Sistema Fies.
Veja o que fazer na semana que antecede o resultado do Enem 2018. Milhões de estudantes terão acesso às notas na sexta-feira da próxima semana, 18 de janeiro, pontuação que estará disponível no site do Enem, pela página do Participante, e também poderá ser consultado aqui no Brasil Escola.
Com previsão de 310 mil vagas, o Novo FIES terminou 2018 com menos de 85 mil contratos fechados. É o pior desempenho do programa desde 2010. No ano passado, foram ocupadas 175 mil vagas pelo Fundo de Financiamento Estudantil, mais que o dobro do registrado esse ano.
O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) 2019 terá oferta de 100 mil vagas anuais para a modalidade com juros zero. A informação faz parte de uma resolução publicada no Diário Oficial da União (D.O.U) desta sexta-feira, 23 de novembro. 
Visando aumentar o número de contratos do P-FIES em 2019, o MEC promoveu uma mudança na modalidade. Agora, a média no Enem não será mais usada para fins de classificação, mas apenas como um requisito.
O Ministério da Educação (MEC) publicou na edição de hoje, 20 de novembro, do Diário Oficial da União as regras do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) e do Programa de Financiamento Estudantil (P-FIES) para 2019.
MEC, Ministério da Educação, Fies, Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior, mudanças no Fies, verba para financiamento pelo Fies, cursos de engenharia terão mais verba para financiamento pelo Fies.
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES