Em 10/06/2020 12h31 , atualizado em 10/06/2020 12h33

Pandemia da Covid-19 deixa incerteza de quando e como vestibulares e Enem 2020 vão acontecer

Blog do Vestibular

O artigo não representa a opinião do site. A responsabilidade é do autor do texto.

Instituições de ensino superior tentam se reinventar no que diz respeito aos seus vestibulares por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no país. Por Érica Caetano
PUBLICIDADE

A confirmação por autoridades de saúde do Brasil de estamos passando por uma pandemia, causada pelo novo coronavírus (Covid-19) em meados do mês de março, fez com que muitas coisas fossem alteradas no cotidiano e rotina da população, incluindo os estudantes.

Para conter o número de infectados, o país inteiro entrou em quarentena. Instituições de ensino foram fechadas, passando a ofertar aulas virtuais, para que os estudantes não perdessem o ritmo de estudos e não ficassem atrasados em seus conteúdos.

Além do ensino, comércio, escritórios, prestadores de serviços no geral também tiveram que paralisar as suas atividades, estando ativos somente os serviços essenciais básicos.

Em meio a todo esse cenário, muitos editais de vestibulares foram suspensos, adiados ou sofreram alteração em seus cronogramas, inclusive o do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020.

Diante da incerteza da retomada das atividades do país, algumas instituições estão tentando se reinventar. Muitas universidades privadas decidiram realizar alterações em seus vestibulares de segundo semestre - conhecidos também como vestibulares de inverno - devido as restrições causadas pela pandemia.

Outras faculdades também optaram pela realização de provas on-line e a aceitação de notas do Enem para o ingresso de novos estudantes no segundo semestre de 2020. 

Instituições privadas SP

A Universidade Mackenzie é uma das poucas do estado de São Paulo que mesmo diante das recomendações de isolamento, vai manter as provas presenciais para todos os cursos.

Segundo a Universidade, serão respeitadas todas as orientações de saúde dadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), com distanciamento social em todas as salas de aulas onde as provas serão aplicadas futuramente.

Já a Fundação Armando Alves Penteado (FAAP), a Fundação Getúlio Vargas (FGV) e o Insper vão realizar suas seletivas exclusivamente on-line.

A Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) optou por cancelar as provas do seu vestibular de inverno tradicional e para o ingresso de novos alunos para o segundo semestre de 2020, abriu inscrições via notas do Enem dos anos de 2018 e 2019.

Universidades públicas SP e vestibulares 2021

Mesmo com a incerteza causada pelo novo coronavírus, as principais e mais importantes instituições de ensino superior públicas de São Paulo divulgaram algumas datas de seus Vestibulares 2021. É o caso, por exemplo, da Universidade Estadual Paulista (Unesp), a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), a Universidade de São Paulo (USP), o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) ea  Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Esta última inclusive anunciou algumas mudanças em seu processo seletivo 2021. A primeira delas foi o adiamento do cronograma das solicitações de isenção de taxa de inscrição, sendo esse adiado do primeiro prazo definido anteriormente. Logo depois, foi a diminuição no número de obras literárias exigidas no certame, passando de 12 para sete.

A Unicamp também informou que as provas do Vestibular 2021 serão adaptadas ao contexto da pandemia do coronavírus e que elas terão menos conteúdo e vão valorizar mais a interpretação de texto, leitura e raciocínio lógico.

A primeira fase do Vestibular 2021 da Unicamp também terá mudanças, com a quantidade de questões reduzida de 90 para 72 e a duração de cinco para quatro horas. A etapa será realizada em dois dias, um sábado e um domingo, de acordo com a área de curso escolhida pelo candidato.

Já os demais vestibulares citados, apesar das incertezas, afirmam que as datas e cronogramas continuam mantidos até segunda ordem.

Enem

Todos os estudantes que vão fazer o Enem 2020 já esperavam ansiosos por essas datas. Contudo, a questão do país estar “virado de cabeça para baixo” e com as preparações para as provas sendo adaptadas para novos formatos on-line, deixou os futuros candidatos ao Exame divididos.

De um lado, aqueles que estavam aliviados, certos de que as provas irão acontecer este ano, já que elas seguiam agendadas para os dias 1º e 08 de novembro, podendo então seguir firme na preparação. 

Do outro lado, aqueles que não achavam justo, já que a preparação de muitos estaria prejudicada, por não haver como saber os rumos e o tempo em que a pandemia do coronavírus estaria no país.

Depois de muitas polêmicas e entidades educacionais e jurídicas envolvidas, as datas das provas do Enem 2020 acabaram sendo adiadas e até o momento não foram divulgados novos dias de prova. O que tem também deixado muitas instituições e seus respectivos vestibulares “encurralados”, sem poderem definir seus cronogramas, já que não sabem as datas do Exame e temem que as datas possam inclusive ser as mesmas.

A torcida continua para que estudantes não saiam prejudicados e consigam se preparar e realizar as provas dos vestibulares, quando estas acontecerem, da melhor forma possível. Que os órgãos competentes pela educação em nosso país sejam sensíveis a este momento em que a sociedade está passando.

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES