Topo
pesquisar
Em 18/01/2017 13h46, atualizado em 18/01/2017 14h36

Enem: Inep abre Consulta Pública para avaliar possíveis mudanças no exame

Notícias

A pesquisa está disponível para toda a sociedade, pela internet, e pode ser feita até 10/02. Por Lorraine Vilela Campos
PUBLICIDADE

O resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 foi divulgado no fim da manhã desta quarta-feira, 18 de janeiro, em entrevista coletiva com o ministro da Educação, Mendonça Filho. Na ocasião, foi lançada uma Consulta Pública para avaliar a possibilidade de mudanças nas provas do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O prazo se encerra em 10 de fevereiro.

Participe da Consulta Pública

Acesse o resultado do Enem 2016

A Consulta Pública é aberta à toda sociedade brasileira. Basta acessar o site do Inep, em formulário específico, e informar o nome completo, CPF e endereço de e-mail para responder as perguntas disponíveis. Os estudantes que participaram do Enem 2016 já receberam um e-mail em que são convidados para participar da pesquisa. 

Consulta Pública

A Consulta Pública quer avaliar a possibilidade de mudanças na estrutura do exame e em sua duração, além de recolher sugestões da população para as próximas edições do Enem. 

A Consulta é composta por três perguntas com opções para escolha e uma quarta voltada para sugestões. A primeira é sobre a quantidade de dias da aplicação do Enem, se será em dois dias ou em um único. A segunda questiona o formato da prova, com três alternativas, lembrando que a Redação será mantida em qualquer situação. A terceira levanta a possibilidade da realização do exame pelo computador. Confira na imagem abaixo a composição da pesquisa


Consulta Pública do Enem avalia a estrutura e outros critérios do exame 

Resultado do Enem 2016

Os candidatos que fizeram o Enem enquanto estavam no terceiro ano do ensino médio, assim como aqueles que já concluíram os estudos e os que pretendem obter a certificação já podem acessar suas notas. A Página do Participante, no site do Inep, pode apresentar instabilidade devido ao grande número de acesso simultâneos. 

O Enem 2016 foi realizado em 5 e 6 de novembro para a maioria dos inscritos, enquanto mais de 271 mil estudantes que foram realocados devido às ocupações escolares só participaram do exame em 3 e 4 de dezembro. Privados de liberdade e jovens que cumprem medidas socioeducativas também passaram pelos testes em 13 e 14/12. 

O que fazer com a nota?

As notas do Enem 2016 podem ser utilizadas para diversas possibilidades. De iniciativa do Ministério da Educação, a pontuação é usada como ingresso em universidade e institutos públicos por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSU); para obter bolsas de 50% ou 100% no Programa Universidade Para Todos (ProUni); financiar cursos de graduação pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e estudar em Portugal, entrando em instituições conveniadas com o Inep com base na pontuação do exame. 

Fim da Certificação Pelo Enem

O Enem 2016 é a última edição que concederá a certificação do ensino médio aos estudantes que fizeram a solicitação e atingiram a pontuação necessária. O certificado com base no exame do ano passado é emitido agora em 2017. Ontem (17) foi anunciado que o certificado não será mais pela prova do Inep e sim por meio do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). 

Próximas etapas

Na coletiva de imprensa realizada hoje (18), o MEC divulgou as datas de inscrições dos seus principais programas e a quantidade de vagas oferecidas no SiSU 2017/1. Confira o cronograma abaixo:

SiSU 2017/1 24 a 27 de janeiro
ProUni 2017/1 30 de janeiro a 2 de fevereiro
Fies 2017/1 6 a 9 de fevereiro

O SiSU 2017/1 terá a oferta de 238.397 vagas em 131 instituições públicas de ensino superior. A pesquisa de oportunidades por instituição começará amanhã (19), pelo site da própria Seleção.

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola