Topo
pesquisar
Em 10/07/2019 13h57

Por que o personal statement é tão importante para a sua admissão no exterior?

Estudar no Exterior

Universidades internacionais valorizam o estudante estrangeira que saiba se apresentar e contar suas experiências. Por Hotcourses Brasil
PUBLICIDADE

No Brasil e em países que possuem provas seletivas oficiais para o ensino superior, existe uma nota de corte. Os candidatos estudam exaustivamente para atingir o resultado suficiente entre milhares de outros estudantes, por isso, a prova fica cada vez mais difícil e a concorrência assustadoramente acirrada, dependendo da universidade e da área de estudo. Se no dia da prova você tiver uma dor de cabeça muito forte ou ficar preso no trânsito e chegar atrasado, pode arruinar a sua chance de conseguir uma vaga no curso. 

Não parece nada justo, não é? Há anos, esse sistema tem sido motivo de estresse e ansiedade para estudantes brasileiros interessados em uma graduação em uma instituição pública do país. Em vários países, existe um modelo holístico mais justo, que avalia cada candidato de diferentes formas, além das notas em exames – apesar de ainda serem necessárias, como o SAT ou ACT nos Estados Unidos e os A-Levels no Reino Unido. 

O estudante precisa comprovar um excelente desempenho escolar, com altas médias no histórico do colegial, participação em atividades extracurriculares, desenvolvimento de interesses relacionados à área de estudo e, em alguns casos, até mesmo um portfólio ou audição (para cursos de artes e música, por exemplo).

Mas uma coisa é a mesma ao redor do mundo: os estudantes passam todo o ensino médio se preparando para a seleção universitária e para a vida acadêmica após a admissão, o que significa que as vagas também são disputadíssimas nos países com processos holísticos. Como destacar apenas os mais merecedores dentre tantos estudantes com as mesmas altas médias?

Carta de motivação

É aí que entra a sua personal statement! A “declaração pessoal” ou “carta de motivação”, como já explicamos aqui, será a sua chance de se destacar dentre todos os demais candidatos. Diferente de uma nota em uma prova ou um histórico escolar, documentos tão impessoais, esta redação é uma oportunidade de se apresentar aos recrutadores e falar um pouco de si mesmo, de uma maneira mais pessoal e elaborada.

E a melhor forma de fazer isso é escrever um texto com detalhes que sejam específicos e individuais. Informações genéricas como “eu gosto de matemática” não são suficientes para que a equipe de admissão internacional sinta como se estivesse te conhecendo um pouquinho melhor.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por que o personal statement é tão importante?

A importância do personal statement está na possibilidade de chamar a atenção dos recrutadores que lerão uma por uma a candidatura de todos os estudantes. O seu histórico escolar pode ser igualmente forte como o de dezenas de outros candidatos, mas ninguém é igual ao outro. Só você sabe tudo o que aconteceu para que escolhesse uma área de estudo específica. É para isso que seve a sua carta de motivação, quase uma carta de apresentação e também argumentativa, para convencer de que você é uma opção ideal para a universidade. 

Há diferentes assuntos que você pode explorar na sua carta de motivação. Durante um evento realizado em São Paulo sobre o processo seletivo para alunos internacionais, a gerente de recrutamento de estudantes da Universidade de Warwick, no Reino Unido, mostrou uma lista de coisas que você pode incluir em seu personal statement, sempre atento ao limite de palavras obrigatório:

  • Por que você escolheu especificamente este curso;
  • Quais são os seus interesses sobre a área de estudo;
  • Leituras relevantes e o que você aprendeu com elas;
  • O que você espera conquistar com o curso;
  • Objetivos de carreira;
  • Experiências de trabalho, atividades extracurriculares ou qualificações relevantes, e como elas estão relacionadas à área de estudo que você quer cursar;
  • Conquistas escolares, hobbies e interesses;
  • Habilidades e qualidades pessoais.

No entanto, não basta apenas discorrer sobre um ou mais desses assuntos. Será necessário afunilar os seus interesses para que não sejam tão abrangentes e genéricos. Por exemplo: se você quer estudar Economia, precisará identificar exatamente o que te faz interessar pela área de estudo. Macroeconomia ou microeconomia? Ou então a Economia Quantitativa? Como você desenvolveu o seu gosto por esse assunto? Aprendendo sobre inflação, teorias de consumo ou a curva de Phillips? E por que você gosta destes temas?

Deu para entender como afunilar um assunto e levá-lo do macro para o micro a fim de ser mais específico? Segundo a recrutadora, o propósito fundamental da carta de motivação é usar relatos pessoais, reais e significativos para demonstrar a sua paixão pela área de estudo e como você a desenvolveu. 

Leia também: Dicas de como escrever o seu personal statement/essay

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola