Topo
pesquisar
Em 20/03/2012 17h22, atualizado em 06/07/2018 11h15

10 passos para conseguir a sua bolsa de estudo no exterior

Estudar no Exterior

Pretendente deve comprovar bom desempenho escolar ou habilidade em esportes e artes. Por Hotcourses Brasil
PUBLICIDADE

A decisão de estudar no exterior vem acompanhada de uma série de dúvidas relacionadas ao preço desta experiência. Grande parte dos estudantes considera a opção de procurar um ajuda financeira. A melhor delas é a bolsa de estudo (ou em inglês, scholarship). E apesar de a maioria das instituições estrangeiras oferecer algumas opções especificamente para estudantes internacionais, existem certas regras e condições para se qualificar. 

Nem todo estudante que se inscreve é selecionado e a porcentagem de desconto, às vezes, cobre apenas uma parte das taxas. É por isso que, mesmo com uma bolsa de estudo, você deve analisar o seu orçamento cuidadosamente e planejá-lo com antecedência.

Apesar destas considerações, as bolsas de estudo, de fato, trazem grandes vantagens para o estudante estrangeiro. Além de ajudar a colocar em prática os seus planos de estudar no exterior, conseguir o financiamento estudantil de certas universidades impressiona empregadores após a graduação, porque prova que o estudante é determinado e interessado em seguir os seus sonhos – qualidades que podem refletir em seu estilo de trabalho.

Mas aí vem a importante pergunta...

Como conseguir uma bolsa de estudo no exterior?

Existem diferentes formas de encontrar bolsas de estudo no exterior e, por incrível que pareça, muitas vezes as universidades e organizações têm vagas sobrando por diferentes razões – falta de divulgação ou de candidatos que atendam aos requisitos, por exemplo. No entanto, não há um caminho certo, muito menos único de conquistá-la. O financiamento dos seus estudos no exterior pode estar por aí, te aguardando. 

A seguir, listamos alguns passos que, com certeza, te ajudarão a encontrar a sua bolsa de estudo no exterior!

1. Ter excelente desempenho escolar

Se o desejo de estudar no exterior despertar em você desde cedo, você terá a vantagem de começar a se preparar com antecedência. Quanto mais cedo melhor e, no caso, estamos falando de um, dois ou até mesmo três anos de preparo. Por que? Porque o desempenho escolar é um requisito muito importante para a seleção no exterior, tanto na sua graduação em si quanto em uma possível bolsa de estudo.

As universidade valorizam um boletim cheio de notas altas e um desempenho exemplar e constante no ensino médio. Por isso, o primeiro passo ideal seria caprichar na escola o máximo que puder para aumentar as suas chances de conseguir uma bolsa de estudo no exterior.

2. Participar de atividades extracurriculares

Outro fator bastante valorizado pelas universidades internacionais são as atividades extracurriculares. Durante o colegial, envolva-se com projetos e atividades que não só te interessem de verdade como também ajudem a desenvolver diferentes habilidades intelectuais, sociais e pessoais. 

Alguns exemplos são trabalhos voluntários, equipes esportivas, aulas de dança ou teatro, cursos de informática, grupos religiosos, grêmio estudantil, grupo de escoteiros, etc. A universidade se interessa em conhecer cada um dos candidatos individualmente e as atividades extracurriculares são uma ótima forma de se destacar e demonstrar sua personalidade, interesses e dedicação. 

Durante o processo seletivo, será importante saber explicar de que maneira fazer parte do curso, grupo, equipe, etc. te ajudou a se preparar para um curso acadêmico, de preferência para a área de estudo escolhida por você.

3. Melhorar a proficiência na língua inglesa ou outro idioma estrangeiro

Estude com afinco o inglês – ou qualquer outro idioma estrangeiro que será usado oficialmente para ministrar o seu curso de interesse no exterior. A admissão de estudantes estrangeiros em graduações de universidades internacionais exige o resultado mínimo oficial em um exame de proficiência na língua estrangeira, como o TOEFL e o IELTS. 

Portanto, não tem escapatória: você precisa treinar o idioma para aumentar as suas chances de conseguir uma bolsa de estudo no exterior (a não ser que a sua intenção seja fazer um curso de inglês ou um programa preparatório antes da graduação).

4. Saber onde pesquisar

A grande maioria das universidades que valoriza o multiculturalismo e a internacionalização da educação superior oferece algum tipo de bolsa de estudo especificamente para estudantes estrangeiros a fim de atraí-los ao seu corpo discente. 

Como encontrar estas bolsas?

Acesse o site das instituições internacionais de seu interesse e visite a página dedicada aos estudantes internacionais, geralmente chamadas de International Students, International Admissions ou outra variação similar. Nela, você encontrará uma seção dedicada às bolsas de estudo e outras formas de assistência financeira com todas as informações necessárias sobre os requisitos para a admissão e como se inscrever. Estas páginas costumam receber o nome de Scholarships & Financial Aid ou outras variações como Tuition Fees & Scholarships e Scholarships, Loans and Funding.

Procure também em sites de organizações externas de bolsas de estudo, como os exemplos a seguir:

Outras duas excelentes fontes: 

O site oficial do governo do país – que quase sempre tem algum tipo de assistência financeira para estudantes internacionais; 
Bancos de dados de bolsas de estudo, como o gratuito do Hotcourses Brasil.

Conheça 7 sites para procurar por bolsas de estudo no exterior

5. Entrar em contato com a universidade

Como as opções são muitas e diversificadas, somente a universidade estrangeira para informar os detalhes exatos do processo de admissão. O melhor deste contato é que, na maioria dos casos, as instituições têm serviços de orientação gratuitos para te guiar durante todo o processo. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Saiba como abordar universidades internacionais sobre bolsas de estudo no nosso artigo especial.

6. Fazer a sua inscrição cuidadosamente e com antecedência

O próximo passo do processo é preencher completa e corretamente o formulário de inscrição. Certifique-se de providenciar todos os documentos exigidos pela universidade que ajudarão a qualificá-lo à bolsa. Um formulário incompleto levará à rejeição imediata do candidato. Por isso, comece o processo de inscrição o quanto antes possível.

Antes de enviar a sua documentação, pesquise sobre o assunto, converse com pessoas que já conquistaram bolsas de estudo, tire dúvidas com a instituição. Reúna toda a informação necessária para ser um forte candidato. Provavelmente, você também precisará providenciar traduções oficiais dos seus documentos do português para o inglês. 

Este processo exige tempo, dedicação e também dinheiro (explicamos isto no próximo passo). Por isso, planeje-se para que tenha tempo suficiente de fazer tudo com calma e cuidado a fim de evitar erros pelo caminho.

Atenção: algumas bolsas de estudo oferecidas diretamente pelas universidades pedem que você passe primeiramente pelo processo geral de seleção e seja admitido em uma graduação da Universidade antes de tentar concorrer à bolsa. De fato, algumas instituições, inclusive, já avaliam cada um dos candidatos automaticamente para a concessão de suas bolsas, sem a necessidade de uma inscrição à parte.

7. Reservar um orçamento para este processo

É comum haver uma taxa de inscrição cobrada em dólares ou em outra moeda estrangeira, dependendo da organização ou instituição que estiver oferecendo a bolsa. Outras partes do processo incluirão gastos significativos, como a prova de proficiência no inglês, a tradução juramentada e o envio dos documentos por correio, se esse for o seu caso (felizmente, a maioria já tem inscrições totalmente online).

Revise o passo a passo da sua inscrição anotando todos os prováveis gastos para planejar o seu orçamento e reserve a quantia necessária para dar continuidade ao projeto. Assim você não será pego desprevenido por taxas ou cobranças inesperadas.

8. Verificar as exigências e requisitos 

Cada faculdade e universidade estrangeira tem as suas regras e requisitos específicos quando o assunto é bolsa de estudo. Para se ter uma ideia, as exigências diferenciam até mesmo entre as bolsas disponíveis pela mesma universidade.

Uma quantia considerável de universidades oferece bolsas de estudos específicas para estudantes estrangeiros, outras têm programas em parceria com o governo e empresas. Algumas irão ajudar apenas no custo do ensino, enquanto outras cobrirão também acomodação, alimentação e outras despesas. Ao pesquisar instituições internacionais do seu interesse, você deverá informar-se sobre estes programas, já que as exigências irão diferir entre cada uma delas.

As bolsas de estudo geralmente são concedidas de acordo com um dos três seguintes fatores: 

  • Necessidade financeira do candidato e de sua família ou responsáveis; 
  • Mérito escolar com base no desempenho geral excepcional do candidato; 
  • Desempenho excepcional do candidato em algum campo acadêmico específico, esporte, teatro, arte, música, trabalho comunitário, etc. 

Cada um desses fatores exige uma série diferente de documentos. As bolsas de acordo com necessidade financeira, por exemplo, normalmente chamadas de need-based scholarship, pedirão que o candidato comprove a situação financeira de sua família com extratos bancários ou uma carta oficial do banco. Já as bolsas por mérito acadêmico, chamadas de merit-based scholarships, darão foco ao boletim do estudante, cartas de referência e demais documentos que comprovem o seu excelente desempenho na escola.

Independente do caso, você precisará listar as escolas e universidades onde estudou previamente e apresentar documentos que comprovem suas conquistas educacionais; e também provar sua situação financeira atual e o histórico familiar, que poderão indicar a necessidade em conseguir a ajuda financeira. Procure saber também se a instituição oferece serviços de orientação que o ajudarão durante o processo de inscrição.

Se você já tem um histórico acadêmico, uma dica é checar se a sua universidade brasileira possui algum tipo de parceria com instituições estrangeiras. A conclusão de um curso acadêmico brasileiro pode ser o primeiro passo para a conquista de uma bolsa de estudo em pós-graduação no exterior, por exemplo.

Saiba mais: bolsas de estudo para atletas nos Estados Unidos

9. Atentar-se ao prazo de inscrição

De nada valerá todo o seu esforço se você não enviar a sua inscrição dentro do prazo correto. Marque no seu calendário a data de entrega do seu formulário e documentos de suporte; depois, faça um caminho reverso, planejando o tempo que você tem disponível para se organizar eficientemente. Se você seguir todos os passos anteriores, começando o seu processo de inscrição com antecedência, o prazo final não será um problema.

10. Após aprovado, manter um alto desempenho acadêmico 

Uma vez concedida a bolsa, todas as universidades irão exigir do estudante internacional um bom desempenho acadêmico – muitas vezes obrigatório para a renovação da bolsa de estudo. Por isso, você precisará dedicar-se aos estudos e atingir altas médias que o manterão no programa da bolsa da faculdade.

Faça por merecer a bolsa de estudo conquistada!

Bolsas de Estudo no Exterior

 

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola