Em 16/10/2020 14h20 , atualizado em 16/10/2020 14h20

Reino Unido: conheça novo sistema de pontuação para visto de estudante

Estudar no Exterior

Novo sistema substituiu as atuais regras para concessão do Tier 4 e faz parte das mudanças do Brexit. Por Hotcourses Brasil
PUBLICIDADE

Em outubro, o Reino Unido passou a usar um sistema de pontuação para conceder seus vistos de estudantes a estrangeiros interessados em um curso acadêmico no país. O novo sistema substituiu as atuais regras para concessão do Tier 4 e faz parte das mudanças acarretadas pela saída do Reino Unido da União Europeia, popularmente conhecida como Brexit.

Agora os estudantes europeus são considerados estrangeiros como qualquer pessoa de fora do Reino Unido. Antes, eles tinham os mesmos privilégios que os alunos nativos e não precisavam de visto para estudar no país.

A boa notícia é que não haverá um limite para o número de estrangeiros estudando no Reino Unido.

Os 70 pontos para conseguir o seu visto de estudante

Pontos para conseguir o visto de estudante para o Reino Unido

O novo sistema exige uma pontuação mínima de 70 para conseguir o visto de estudante, dividida em três partes:

1) Admissão: 50 pontos

O fator que contará mais na sua pontuação é conseguir ser admitido em uma instituição de ensino britânica aprovada pelo governo. Isso é comprovado com uma oferta de vaga oficial de uma universidade, escola ou faculdade.

Leia também: A inscrição em graduações no Reino Unido

2) Proficiência no inglês: 10 pontos

Você deve comprovar ser capaz de ler, escrever, falar e compreender a língua inglesa de acordo com os padrões da escala do Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas (CEFR):

  • Nível B2 ou equivalente para cursar um programa acadêmico no Reino Unido (que resulte em um degree);
  • Nível B1 para cursar um programa abaixo no nível de graduação.

O Reino Unido aceita uma nota apenas dos seguintes testes padronizados:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • IELTS (for UKVI ou Life Skills);
  • LanguageCenter (International ESOL SELT);
  • Trinity College London (ISE e GESE);
  • Pearson (Academic UKVI ou Home);
  • PSI Services (Skills for English UKVI).

Independente do exame que você escolhe prestar dentre a lista de aprovados, para conseguir os 10 pontos, você precisa atingir o nível adequado de proficiência segundo a escala do CEFR.

3) Requisito financeiro: 10 pontos

Para conseguir os últimos dez pontos necessários, o candidato estrangeiro precisa comprovar ter fundos suficientes para pagar as taxas de ensino do primeiro ano de estudos em sua instituição no Reino Unido e para cobrir o custo de vida por até nove meses.

Os valores dependem da instituição que você escolher, a localização e o tipo de curso. Por exemplo, quem morará em Londres precisa comprovar ter acesso a £ 1.265 para as despesas mensais; enquanto quem for morar fora da capital precisa de £ 1.015 por mês.

Por que mudou?

É importante notar que todos esses três fatores já existiam como requisitos para conseguir o Tier 4 anteriormente. O que muda é que agora há um sistema claro de pontuação para cada um deles e ele passa a valer também para europeus. O sistema também se aplica para quem gostaria de trabalhar no Reino Unido, embora nesse caso outros fatores adicionais influenciem na pontuação.

O governo do Reino Unido afirma que essas mudanças vêm para simplificar o processo de visto para todo mundo. Os estudantes internacionais agora podem solicitar um visto até seis meses antes do início do curso no Reino Unido – três meses a mais do que permitia o Tier 4 antes – e não será mais necessário reenviar ao governo com o pedido do visto todos os documentos usados para a admissão universitária.

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES