Em 17/03/2020 08h40 , atualizado em 17/03/2020 08h40

Enem 2019: espelho da redação e nota de treineiros estão disponíveis

Notícias

Para acessar as informações os participantes deverão se cadastrar no portal do Governo Federal. Por Giullya Franco
PUBLICIDADE

O Instituto Nacional de Ensino e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) liberou nesta terça-feira, 17 de março, o espelho da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 e o resultado da prova para os treineiros.

Acesse os resultados

O espelho da redação serve apenas para fins pedagógicos e os participantes não têm direito de apresentar recursos relativos aos resultados. Os candidatos treineiros (que não concluíram o Ensino Médio em 2019) não podem utilizar as notas do exame para ingresso em cursos de graduação.

Mudanças no acesso da Página do Participante

No dia 4 de março o Inep anunciou que os participantes precisam se cadastrar no Portal do Governo Federal para que possam acessar o espelho da redação. O portal deve ser acessado pelo link sso.acesso.gov.br/login ou pela Página do Participante do Enem 2019, no botão GOV.BR localizado no canto superior do site. O participante terá que informar CPF, nome completo, e-mail e telefone, além de cadastrar login e senha.

A medida do governo é para unificar todos os serviços digitais dos órgãos federais (incluindo o Inep/MEC) para facilitar as necessidades dos usuários do serviço público e, por isso, é necessário que o participante faça o cadastro.

Veja mais: Saiba tudo sobre o Enem 2020

Redação do Enem 2019

A redação foi aplicada no primeiro dia de prova, 3 de novembro, e neste ano o tema foi “Democratização do acesso ao cinema no Brasil”. Dos 3,9 milhões de participantes que chegaram a fazer a prova, entre os mais de 5 milhões de inscritos, apenas 53 estudantes tiraram nota mil e 143 mil zeraram a nota da prova.

A média dos participantes na redação do Enem 2019 foi de 592,9 pontos. Estudantes que optaram pela videoprova traduzida em Libras tiveram média de 459,3, enquanto a proficiência média dos surdos que utilizaram o intérprete foi 473,3. 

O Enem exigiu um texto com o mínimo de sete e o máximo de 30 linhas, não havendo a obrigação de título. Os participantes tiveram que desenvolver uma proposta de intervenção no texto, ou seja, a solução para possíveis problemas levantados pelo tema. 

Veja os estados com nota mil na redação do Enem 2019:

  • Minas Gerais = 13 participantes
  • Ceará = 6 participantes
  • Rio de Janeiro = 6 participantes 
  • Rio Grande do Norte = 6 participantes
  • São Paulo = 4 participantes
  • Goiás = 4 participantes 
  • Piauí = 2 participantes
  • Pará = 2 participantes
  • Distrito Federal = 2 participantes
  • Alagoas = 1 participante
  • Bahia = 1 participante
  • Maranhão = 1 participante
  • Mato Grosso do Sul = 1 participante
  • Paraíba = 1 participante
  • Pernambuco = 1 participante

Já os estudantes que tiveram as notas zeradas cometeram os seguintes erros:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Redação em branco = 56.945 participantes
  • Fuga ao tema = 40.624 participantes
  • Cópia do texto motivador = 23.265 participantes
  • Outros motivos = 22.902 participantes

Veja também: Estudantes e professores comentam tema da redação do Enem 2019

Como a redação do Enem é corrigida?

As redações do Enem são corrigidas por dois corretores, que dão nota de 0 a 200 em cinco competências para compor a nota final. As competências exigidas pelo Inep são as mesmas desde 2013. Veja:

1) Domínio da norma-padrão da língua escrita;
2) Compreensão do tema;
3) Organização das informações e argumentos;
4) Correta aplicação da lógica;
5) Apresentar uma proposta de intervenção para o problema.

Veja também: Como é a redação do Enem

Quando as notas de uma ou mais competências dos dois corretores têm uma diferença maior que 80 pontos, um terceiro corretor dá a nota daquela competência. O terceiro corretor também avalia quando a diferença da soma das cinco competências for maior que 100 e, no caso, a nota final será a média aritmética entre as duas notas totais que mais se aproximarem. Se o terceiro corretor e os outros dois examinadores não chegam a um acordo, a redação deverá ser corrigida por uma banca examinadora composta por três corretores e presidida por um doutor.

Quando uma redação recebe a nota mil após a avaliação, a banca examinadora também é acionada para avaliar as redações com nota máxima.

Mais: Conheça cada uma das competências da redação do Enem
Mais: Como fazer uma redação nota 1000 no Enem

Enem 2019

As provas do Enem 2019 foram aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro. As provas foram compostas por 180 questões de Linguagens e Códigos, Ciências Humanas, Redação, Ciências da Natureza e Matemática. Houve, ainda, a reaplicação do Enem para alguns participantes e a aplicação para pessoas privadas de liberdade. As provas foram realizadas em 16 e 17 de dezembro. 

Após a divulgação do resultado, o Ministério da Educação (MEC) admitiu erro nas notas de quase 6 mil dos 3,9 milhões de participantes. A justificativa do órgão para a falha foi um problema no momento da impressão do exame que resultou na troca entre cor da prova e gabarito (estudantes com caderno cinza tiveram suas questões corrigidas como se fossem da prova amarela).

Com a série de problemas envolvendo a correção o Ministério Público Federal (MPF) pediu a suspensão do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 2020/1 assim como dos Programa Universidade Para Todos (ProUni) e Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). 

Entenda o caso

Mais informações no especial Enem 2019 do Brasil Escola.

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES