Whatsapp
Em 09/07/2021 09h12

Temas para a redação do Enem 2021

Enem

Assuntos ligados à educação, internet, saúde pública e direitos humanos são apostas. Por Lorraine Vilela Campos
Apostar em temas da atualidade e de cunho social auxilia no treinamento da redação
Apostar em temas da atualidade e de cunho social auxilia no treinamento da redação
Crédito da Imagem: shutterstock
PUBLICIDADE

Se você vai fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 é possível que já tenha pensado em qual pode ser o tema da redação, não é mesmo? Acertar em cheio o tema é uma tarefa complicada, mas é possível praticar a redação escrevendo sobre alguns assuntos.

Uma dica é observar quais já foram os temas das redações do Enem, pois a possibilidade de repetição é quase nula. Além disso, o Enem costuma abordar temas que envolvam grupos sociais, direitos humanos, aspectos econômicos ou ambientais e saúde pública do Brasil.

Tire suas dúvidas sobre a redação do Enem

Pensando nisso, ouvimos a professora Vanessa Bottaso, do Curso Pré-Vestibular da Oficina do Estudante, e a equipe de Redação do Colégio Poliedro de São José dos Campos sobre as suas apostas de temas para a redação do Enem 2021. Confira!

1) Acesso à internet

No Brasil, o acesso à internet é considerado direito de todo cidadão desde 2014, mediante a sanção da Lei 12.956. Mundialmente, a Organização das Nações Unidas (ONU) reconhece a internet como um dos direitos humanos, por ser fundamental para o acesso à informação e agente da globalização. 

O Enem pode trabalhar a democratização do acesso à internet, já que a prova aborda temas sob a ótica dos Direitos Humanos e no que rege a Constituição Federal. Um outro ponto a ser destacado é a importância que a internet ganhou como ferramenta de estudo durante a pandemia, considerando a migração das aulas presenciais para as virtuais, o que evidenciou o abismo social ainda existente no Brasil. 

2) Evasão escolar e domiciliar

A pandemia de Covid-19 fechou escolas mundialmente. No Brasil, um país com dimensões continentais e tantas diferenças sociais e econômicas, unificar uma rotina de aulas e atividades escolares em casa é algo difícil, já que grande parte da população não tem acesso à internet ou não possui um computador, por exemplo. 

Com essa dificuldade em acompanhar os colegas ou a necessidade de ajudar a família no sustento da casa, a evasão escolar cresceu bastante. Além disso, a tramitação do projeto que visa regulamentar a educação domiciliar, o chamado homeschoolling, contribui para que familiares retirem seus filhos das escolas. 

A evasão escolar é um tema que pode ser amplamente discutido na redação do Enem. O viés adotado na prova pode trabalhar a pandemia em si, pode focar no contexto histórico da dificuldade de acesso à educação e também propor uma discussão sobre algo atual que é o homeschooling

3) População em situação de rua

A crise econômica gerada pela pandemia de Covid-19 causou um aumento da população de pessoas em situação de rua. A redação do Enem pode abordar não só o contexto atual, mas propor uma reflexão sobre os problemas estruturais da sociedade como desigualdades sociais e falhas na democratização do acesso à educação. 

O tema envolve a negação às pessoas em situação de rua a garantia de direitos básicos, tais como moradia e saneamento básico, por exemplo. 

4) Desafios para a proteção da infância e da adolescência no Brasil

A pandemia trouxe a necessidade de ficar em casa e, com isso, crianças e adolescentes ficaram mais vulneráveis à violência doméstica. É notável o crescimento dos casos cometidos, apesar da subnotificação às autoridades competentes. 

Geralmente, os professores desconfiam da agressão e fazem a denúncia. Com o fechamento das instituições, conseguir ajuda ficou mais difícil. A temática é atual e pode cair na redação do Enem 2021. 

Uma outra vertente do tema é o aliciamento de crianças e adolescentes para o mundo do crime ou para a prostituição. A pandemia aumentou a crise econômica, deixou muitas famílias desempregadas e sem renda, o que fez com crianças e adolescentes ficassem mais vulneráveis para a ação de criminosos. 

5) Saúde e medicina preventiva

O Enem pode trabalhar a medicina preventiva para abordar a situação da Saúde no Brasil e de que maneira o brasileiro pode ter uma melhor qualidade de vida. A discussão envolve a democratização do acesso ao acompanhamento médico, a prática de exercícios físicos e uma rotina alimentar que foque na prevenção de doenças como diabetes, hipertensão, colesterol e alguns casos de obesidade.
 
Quando seguida corretamente, a medicina preventiva diminui a sobrecarga do Sistema Único de Saúde (SUS) por várias doenças que podem ser evitadas com mudança na qualidade de vida. Com a pandemia, o SUS ganhou destaque pela sua importância no atendimento aos casos de Covid-19 e ao possibilitar a campanha nacional de vacinação contra o novo coronavírus

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

6) Sedentarismo na vida dos brasileiros

Ainda na linha da necessidade de uma melhor qualidade de vida, uma temática que pode aparecer na redação do Enem é o sedentarismo entre os brasileiros. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é um dos países com mais sedentários no mundo, o que foi intensificado pela reclusão da pandemia e pela migração em massa para o home office. 

O tema pode ser tratado abordando as consequências do sedentarismo para a Saúde Pública, como as mortes de milhares de pessoas por doenças cardiovasculares ao ano, assim como discutir a ausência de infraestrutura pública própria para a prática segura de atividades físicas e de esportes no ambiente urbano.

7) Efeitos da superexposição aos recursos digitais e à internet

A internet está cada vez mais presente nos lares brasileiros. A pandemia aumentou o tempo de tela (permanência em frente ao computador ou no celular), seja para estudo, trabalho ou lazer. Mas, quais os riscos que essa superexposição traz para o usuário da rede?

O Enem pode abordar o excesso de exposição aos recursos digitais e à internet do ponto de vista social, levando em consideração a qualidade das relações estabelecidas e como isso pode afetar as interações "reais"; os efeitos para a saúde física (problemas articulares, como tendinite por esforço repetitivo; má-postura; quebra de rotina diária) e psicológica (comparação; cobrança excessiva; sensação de impotência; insônia; dependência). 

8) Mau uso de recursos hídricos e não renováveis

A escassez de chuvas somada ao mau uso da água coloca em risco a disponibilidade dos recursos hídricos. Em consequência, a energia elétrica – que no Brasil é majoritariamente oriunda de hidrelétricas – corre o risco de racionamento. Como medida preventiva (e dolorida) a conta de luz tem vindo mais cara. 

Em detrimento ao mau uso de tais recursos, medidas de proteção ambiental crescem pelo mundo, tendo uma forte participação da iniciativa privada na chamada "Economia Verde". E para o Brasil, como isso pode ser adotado? E enquanto cidadão, como posso fazer a minha parte? São questionamentos que podem ser levantados na redação do Enem. 

9) Infraestrutura e saneamento básico

O acesso ao saneamento básico é um direito social garantido por lei. No entanto, não é o que grande parte da população brasileira encontra em seu dia a dia. 

O Enem pode abordar o tema com base na aprovação do Novo Marco do Saneamento Básico, em 2020, que mostrou a defasagem da rede de atendimento pelo país. É possível fazer um levantamento histórico da situação sanitária e propor alternativas para a infraestrutura de água e esgoto.

10) Educação financeira

Uma aposta para tema da redação vem das reclamações em redes sociais: a escola não prepara a pessoa para lidar com a educação financeira. As indagações, muitas vezes em tom humorístico, crescem na época da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física

Conheça a matemática financeira

O Enem pode abordar a educação financeira como a necessidade de ensinar as pessoas, ainda na escola, o básico da Economia, visando fugir do endividamento, por exemplo. A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do Novo Ensino Médio prevê o ensino de conceitos básicos em diferentes faixas etárias, tratando temas como taxa de juros, inflação, impostos e aplicações financeiras.

Treine sua redação

E você? Já tem sua aposta de tema? Anote o que considera importante, veja nos noticiários quais os assuntos recorrentes e fique por dentro dos direitos básicos da população. Com isso em mãos, aproveite para treinar sua redação!

Além do seu treino com os temas escolhidos, você também pode mandar o seu texto para o Banco de Redações do Brasil Escola. Veja qual a temática mensal, leia os textos de apoio e envie a sua dissertação pelo nosso site! A correção é feita por uma corretora profissional, gratuitamente!

Bons estudos e bom Enem 2021!

Artigos Relacionados
Professora Fabiana Gomes de Camargo lista um passo a passo de como conseguir a nota mil na redação do Enem 2019. Clique e confira!
Saiba como fazer citação na redação do Enem e entenda a importância do mecanismo de linguagem para a pontuação.
Redação nota mil: Entenda alguns aspectos importantes sobre a correção da Redação no Enem.
O Enem 2021 registrou o menor número de inscritos desde a reformulação de 2009. Dados foram divulgados pelo Inep hoje, 15 de julho.
O Inep liberará a consulta do resultado para atendimento especializado hoje (27). Confira!
Estão abertas as inscrições para certificadores do Enem 2021. Servidores federais e docentes da rede pública em exercício podem se inscrever até 9 de agosto.
A partir de 1º de setembro, o Brasil Escola dará início ao Pré-Enem 2021, um preparatório on-line e gratuito para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
A UEMS anunciou que vai oferece mais de 2,3 mil vagas, oportunidades que serão divididas igualmente entre Vestibular e SiSU 2022.
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES