Topo
pesquisar
Em 26/01/2020 00h05 , atualizado em 25/01/2020 20h51

SiSU 2020/1: inscrições terminam neste domingo (26)

Notícias

Justiça determinou a suspensão do SiSU após o encerramento das inscrições. Governo recorreu ao TRF. Por Giullya Franco
PUBLICIDADE

Terminam às 23h59 deste domingo, 26 de janeiro, as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 2020 do primeiro semestre. A inscrição é gratuita.

Inscreva-se no SiSU 2020

A participação no SiSU 2020 é específica para os estudantes que fizeram as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. Os estudantes também não podem ter tirado nota zero na redação e devem ter concluído o Ensino Médio.

Os estudantes que já estão inscritos no SiSU 2020 também devem ficar atentos às atualizações que foram feitas nas notas de corte, já que o período para a mudança dos cursos escolhidos também termina hoje.

A nota de corte é a média mínima exigida no Enem para ser aprovado em um curso e variam conforme a modalidade de concorrência. Elas são alteradas de um dia para outro e é importante que o estudante esteja atento à nota para saber as possibilidades de aprovação. 

Saiba como funcionam as notas de corte

 

Veja como se inscrever no SiSU 2020:

  • Acesso do site: As inscrições são feitas exclusivamente no Site do SiSU. Você deve se cadastrar utilizando o número de inscrição e senha do Enem 2019 até as 23h59 de hoje;
  • Confirmação de dados: Após o login, você deve confirmar seus dados. Se tiver alguma informação errada é só alterar e confirmar os novos dados. Com os dados confirmados é hora de começar a inscrição;
  • Escolha do curso: Como o SiSU te oferece a opção de escolher dois cursos, você deve pesquisar a primeira opção inicialmente. A pesquisa é feita por cidade e instituição de ensino. Você também pode conferir a quantidade de vagas para ampla concorrência e sistema de cotas;
  • Opte por uma modalidade: Com a escolha do curso feita, é hora de você observar as informações sobre as modalidades de concorrência e selecionar em qual deseja concorrer. Os documentos exigidos para a matrícula também devem ser verificados para que já sejam providenciados até a data de matrícula;
  • Escolha a 2ª opção: Agora você deve repetir o procedimento para escolher o curso de segunda opção. Lembrando que os cursos só podem ser alterados até as 23h59 de hoje.

Resultado

Na noite da última sexta-feira, 24, a Justiça Federal em São Paulo determinou a suspensão do SiSU após o término das inscrições, o que impede que o resultado seja divulgado na próxima terça-feira, dia 28. O Governo Federal recorreu da decisão ao Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3).

A decisão pede ao MEC e ao Inep que comprovem documentalmente que a revisão das notas do Enem 2019 nas quais foram identificadas falhas foram consideradas para a readequação das notas de todos os participantes, em razão da Teoria da Resposta ao Item (TRI).

Caso o resultado seja divulgado na terça-feira, os aprovados deverão efetuar matrícula entre 29 de janeiro e 4 de fevereiro nas próprias faculdades. A lista de documentos exigidos estará no site do SiSU.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Lista de espera

A manifestação de interesse na lista de espera do SiSU deve ser feita entre 29 de janeiro e 4 de fevereiro. Só podem se cadastrar na lista de espera os candidatos que não forem chamados em nenhuma das duas opções de curso e deve ser escolhido um dos cursos da inscrição. As chamadas serão feitas realizadas pelas próprias universidades entre os dias 7 de fevereiro e 30 de abril.

Saiba mais sobre a lista de espera do SiSU

Vagas

O sistema está oferecendo 237.128 vagas em 128 instituições de ensino. Quase todas as universidades federais aderiram ao SiSU 2020. Algumas exceções são as federais do Pará (UFPA), Oeste do Pará (UFOPA), de Brasília (UnB) e de Rondônia (Unir). Todos os institutos e centros federais de educação tecnológica também estão no SiSU e algumas universidades estaduais também optaram por participar, como a Universidade de São Paulo (USP).

Veja todas as instituições que aderiram ao SiSU

Problemas com o SiSU 2020

O SiSU teve o prazo de inscrições alterado pelo MEC após os problemas na correção das provas do Enem 2019 que afetaram as notas de cerca de 6 mil estudantes. O período encerraria no dia 24, mas um dia antes da abertura das inscrições, que aconteceu no dia 21 de janeiro, houve a ampliação do prazo.

Mais: Enem 2019: notas erradas podem atingir até 30 mil estudantes

Quando as inscrições foram abertas outro problema foi detectado na plataforma. Até o início da tarde os estudantes não conseguiam abrir a página de inscrição, e o site chegou a apresentam uma mensagem de que o período estava encerrado, gerando transtornos e muitas reclamações, principalmente nas redes sociais.

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), do Ministério Público Federal (MPF), chegou a encaminhar uma solicitação ao Ministério da Educação (MEC) para a suspensão das inscrições do SiSU 2020, no dia 20. Dois dias depois, o MPF enviou uma recomendação ao Governo para a suspensão das inscrições e alteração do calendário do SiSU 2020.

Já na sexta-feira, 24 de janeiro, os estudantes começaram a denunciar os erros nas notas de corte do SiSU, alegando que as notas teriam aumentado muito de um dia para o outro. Segundo os estudantes, o sistema está contabilizando as duas opções de curso no cálculo da nota de corte. O correto seria contabilizar apenas a primeira opção se o estudante já estivesse se classificando. 

Com a situação o MPF pediu à Justiça Federa, no fim da tarde de sexta-feira, que determinasse a suspensão das inscrições do SiSU e consequentemente a alteração das datas do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) e do Programa Universidade Para Todos (ProUni).

Minutos depois, o Ministro da Educação, Abraham Weintraub, divulgou em sua página no Twitter que não estava tendo problemas nenhum no sistema e que as alegações de problemas com as notas estavam vindo de usuários vinculados aos partidos contrários.

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola