Whatsapp
Em 13/11/2014 10h58 , atualizado em 14/11/2014 10h43

Inep nega que tema da redação do Enem 2014 tenha vazado

Notícias

Estudante do Piauí afirma ter recebido a imagem com o assunto em seu celular antes da prova. Por Dayse Luan
PUBLICIDADE

O Instituto Nacional de Estudos Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou na noite de ontem, 12 de novembro, uma nota negando a existência de indício de que o tema da redação da edição 2014 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tenha vazado.

Após a prova do último domingo, 9 de novembro, o estudante Jomásio Barros, de 17 anos, do Piauí, divulgou um vídeo (veja abaixo) afirmando ter recebido naquela manhã, atavés de um grupo do aplicativo WhatsApp, a imagem com o assunto que seria abordado na produção textual do exame.

Segundo o jovem, após a repercussão da postagem, com incentivos e também com xingamentos, ele decidiu prestar queixa na sede da Superintendência da Polícia Federal (PF) de seu estado relatando o suposto vazamento. O órgão recolher o celular do garoto para perícia.

Jomásio afirmou não ter dado importância para a mensagem antes da prova, visto que é comum estes tipos de boatos precederam grandes exames. Porém, ao perceber a vericidade da publicação, ele se viu desmotivado a continuar o teste. Após sua denúncia, outros estudantes também relataram terem recebido a mesma imagem.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

De acordo com o Inep, o fato será apurado (confira a nota na íntegra abaixo). Já a PF afirmou que abriu um inquérito policial para apurar a veracidade dos fatos. "Foi solicitada a perícia do celular do aluno denunciante e todos os envolvidos no caso já estão sendo ouvidos neste estado" - diz a nota da PF.

Nota do Inep
“Na noite dessa quarta-feira, 12, três dias após a aplicação do Enem, o Inep recebeu mais uma denúncia, entre várias outras que se mostraram infundadas, sobre um estudante que supostamente teria recebido o tema da redação do Enem 2014 via celular minutos antes da prova. Dentro dos rigorosos procedimentos de segurança e de controle de sigilo do Enem 2014, não existe qualquer indício de tal fato. A Polícia Federal, que trabalha em parceria com o Inep para garantir a segurança do Exame, apreendeu o aparelho e está realizando a perícia no celular. O Inep esclarece que toda e qualquer denúncia será apurada com rigor.”

Por Dayse Luan

Relacionados
Esclareça suas dúvidas sobre gabarito, cálculo das notas, critérios para correção e eliminação das provas e outras etapas do Enem 2014.
Quadrilha também agia em outros vestibulares, principalmente para Medicina. Inep solicitou informações sobre o caso.
Boletim de desempenho é esperado apenas para janeiro. Confira a correção comentada feita pelo Vestibular Brasil Escola.
Eles tiveram acesso ao gabarito do 1º dia de provas, via celular. Crime de fraude em certames de interesse público prevê pena mínima de um ano de reclusão.
Órgão está investigando a denúncia e enviou um ofício ao Inep cobrando providências. Resposta deve ser dada em 24h.
A Polícia Federal deflagrou uma quadrilha acusada de fraudar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e vestibulares na Região Nordeste.
Perícia atestou veracidade da imagem divulgada por aplicativo de celular. Investigações ainda não terminaram.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES