Topo
pesquisar
Em 04/12/2007 01h44, atualizado em 15/10/2019 14h49

Como fazer uma boa redação

Dicas de Vestibular

Fazer uma boa redação não é tão simples e ainda traz insegurança e alguns medos a estudantes que precisam fazer o texto em provas como a do Enem Por Érica Caetano
Boas redações exigem prática e leitura
Boas redações exigem prática e leitura
PUBLICIDADE

Temida por grande parte dos estudantes, a redação tem peso importante em vestibulares concorridos e no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Ler o tema e se deparar com a folha em branco faz com que candidatos fiquem tensos, nervosos, perdendo muito tempo até iniciar a construção do texto. 

E é pensando nas maiores dificuldades em escrever e fazer uma redação que bolamos um resumo para auxiliar você a saber por onde começar. Vamos lá?

- Determine o gênero textual

Antes de tudo é preciso saber que a proposta de redação precisa ser escrita no gênero textual cobrado, podendo este ser narração, carta, descrição e, a mais comum, cobrada em vestibulares e Enem, que é a dissertação

Para escrever uma dissertação argumentativa é preciso que o texto exponha uma opinião pessoal, mas que possua argumentação de maneira impessoal, utilizando verbos na terceira pessoa do singular. 

É muito importante que o título da redação, quando exigido, seja atraente, inteligente e objetivo. O título tem que retratar o conteúdo da redação e não pode ficar confuso para o corretor. Cuidado para não inventar demais e optar por um título que só você vai entender.

Para não ter problemas, muitos preferem deixá-lo para o final, após concluir o texto. Mas cuidado para não esquecê-lo. No caso da redação do Enem, o título não é obrigatório.

- Anote as primeiras ideias

Ao ler o tema da redação, já anote as primeiras ideias que venham a sua cabeça. Faça tópicos com o que veio nesse primeiro momento em sua mente e os reserve. Depois parta para os textos de apoio fornecidos e selecione, risque, destaque o que mais te chamar a atenção baseado no que o tema pede. 

Veja o passo a passo para escrever uma boa redação!

A partir do material oferecido pela banca faça o maior número de associações possíveis com leituras prévias e fatos importantes e anote tudo num rascunho. O uso exclusivo do material da prova pode denotar total desconhecimento sobre o tema proposto. As informações que você trouxer no seu texto têm peso maior quando vindas de outros meios que não o oferecido na prova.

- Faça o esqueleto do seu texto

Uma redação bem feita conta com introdução, desenvolvimento e conclusão, tudo isso obedecendo o limite de linhas exigido, que é geralmente 30 linhas. Esse esqueleto precisa ser mantido à risca.

    • Introdução

A introdução é uma etapa muito importante na construção da redação e, por isso, precisa ser bem abrangente. Comece o texto fornecendo ao leitor o entendimento do que você iá defender nas próximas linhas. 

Depois de deixar sua introdução não muito extensa mas com o objetivo claro do que você defenderá, inicie o desenvolvimento da sua argumentação. Nessa parte você vai usar aqueles tópicos que levantou lá no início da leitura da proposta e dos textos de apoio de construção ao texto.

Desenvolva um parágrafo trabalhando as frases colocadas nos tópicos. Se tiver dados, números relevantes para fazer a relação com o assunto, melhor ainda. Para estabelecer essas relações é muito importante estar bem informado e atualizado sobre tudo o que acontece no país e no mundo, mesmo que nem tudo seja do seu interesse.

O tema da redação é bem imprevisível e pode cair algo que você não domine. Por isso, é importante manter o hábito da leitura de livros, jornais e revistas. Pode parecer chato, afinal de contas, todo mundo diz a mesma coisa, mas para escrever bem é preciso ler, e ler muito. Só assim é possível aperfeiçoar um bom vocabulário.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

    • Desenvolvimento

No desenvolvimento é preciso continuar escrevendo a redação de forma articulada, convencendo o leitor que seu ponto de vista é coerente. É importante que opiniões não sejam dadas se realmente não estiverem bem embasadas. Utilize argumentos concretos e evite todo tipo de “achismo”.

Não seja redundante, diga tudo o que tem que dizer de uma vez só, sem rodeios. Isso é fácil quando se estrutura os parágrafos de maneira correta, sem cortar as ideias.

É importante também lembrar das regras gramaticais, cuidar da ortografia das palavras e com as concordâncias nominal e verbal, principalmente evitando o gerundismo. 

Leia: Coesão textual na redação do Enem

Leia também: Coerência textual na redação do Enem

Não use palavras estrangeiras e gírias e não pense que escrever “bonito” conta ponto. O importante é ser bem compreendido. Um texto simples não é um texto pobre e não vai o trair na hora de usar corretamente o significado das palavras.

Não generalize, não use siglas desconhecidas e evite repetir palavras. Nesse caso, utilize sinônimos. Fuja de períodos muito curtos ou muito longos. Evite também usar a letra de forma porque ela dificulta a distinção entre maiúsculas e minúsculas. 

Capriche na caligrafia e, antes de passar o texto a limpo, revise uma, duas ou até mais vezes. Um pequeno acento pode te tirar um décimo e uma vaga na lista dos aprovados. 

Confira 10 dicas para caprichar na caligrafia da redação no Enem

    • Conclusão

Uma boa conclusão de uma redação geralmente retoma aquilo que já foi discutido de forma nova, diferente e, de preferência, propondo uma solução para o assunto.

Na redação do Enem, por exemplo, os avaliadores gostam de ver na conclusão as propostas para resolver o problema que o participante descreveu durante a redação.

Apesar de muitos acharem que os corretores das redações do Enem e de outros vestibulares buscam textos extraordinários, o que eles querem na verdade é que o candidato organize suas ideias de forma concisa e se expresse de forma adequada por meio da escrita.

- Pratique sua redação

E não basta saber o que fazer, é preciso saber como fazer. E só consegue um bom texto praticando muito, ou seja, escrevendo para treinar. O ideal é fazer uma redação toda semana, já que a prática pode levar à perfeição.

O Brasil Escola conta com o Banco de Redações que pode te ajudar bastante a treinar o seu texto. Todo mês um tema novo é disponibilizado e você pode escrever sobre ele e enviar a sua redação para a correção. A corretora irá avaliar a sua redação de acordo com as competências exigidas pelo Enem. Assim, você saberá onde está com maior dificuldade e no que precisa se aperfeiçoar mais.

- Peça que leiam sua redação

Uma outra opção para quem deseja treinar a redação é pedir para que outras pessoas leiam os textos que você produziu. Muitas vezes, acabamos nos acostumando com o nosso texto, deixando passar batido algum erro ou vício de escrita. Outras pessoas que ainda não tiveram contato com o texto poderão observar detalhes que não foram vistos por você.

Assista às nossas videoaulas
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola