Topo
pesquisar
Em 12/08/2015 17h34, atualizado em 12/08/2015 17h37

Qual Engenharia é a minha cara?

Orientação Vocacional

Os profissionais de Engenharia estão entre os mais bem pagos no Brasil Por Lorraine Vilela Campos
PUBLICIDADE

Entre as áreas que mais crescem no Brasil está a Engenharia, em diversas especialidades. Investimentos nacionais em infraestrutura reforçam a necessidade de profissionais capacitados para atuarem na construção civil. Os salários iniciais para engenheiros costumam ser altos, o que atrai a atenção de jovens vestibulandos.

Dados divulgados em 2014 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) mostram um aumento nas matrículas dos cursos de Engenharia, algo em torno de 52%. Em 2010, o Brasil contava com 33,1 estudantes de Engenharia para 10 mil habitantes, número que saltou para 50,6 após três anos. O curso de Engenharia Civil já é o terceiro em número de matriculados entre os homens, atrás apenas de Direito e Administração.

O aumento da oferta de cursos voltados à tecnologia em diversos setores, como é o caso da Engenharia Mecatrônica e Engenharia de Computação, estimula o aumento da procura por parte dos estudantes. 

Entre os melhores cursos de Engenharias, assim como mais concorridos, estão os do Instituto Militar de Engenharia (IME) e o Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), ambos integram as Forças Armadas, são públicos e realizam processos seletivos anuais.

Se você se interessou pelas possibilidades que os cursos de Engenharia apresentam, mas está em dúvida em qual área seguir, o Brasil Escola faz um resumo das características das principais áreas de atuação de engenheiros. Confira!

- Engenharia Civil:
O engenheiro civil pode atuar no planejamento e execução de obras como casas, edifícios, estradas etc. O profissional deve ser versátil, ter caráter de liderança para administrar uma equipe, assim como capacidade de planejamento de projetos. O conteúdo e as matérias variam conforme as instituições, mas a grade curricular geralmente conta com disciplinas como Desenho Arquitetônico, Física, Mecânica, Topografia, Cálculo e Álgebra, Tecnologia, Geologia, Química Geral e Inorgânica, entre outras. Saiba mais sobre o curso

- Engenharia da Computação:
O profissional da Engenharia da Computação pode atuar em empresas do ramo tecnológico ou em diversos setores. Entre suas funções podem estar o desenvolvimento de sistemas que interligam software e hardware, construção e desenvolvimento de computadores e seus periféricos, entre outros. A grade curricular possui disciplinas como Cálculo (e suas variações), Algorítimos, Estrutura de Dados, Linguagem de Programação, Física, entre outros. 

- Engenharia Mecatrônica:
O engenheiro que atua com Mecatrônica pode desenhar, desenvolver, operar e fazer a manutenção de equipamentos industriais que envolvam alta tecnologia. Muito conhecidos pela criação e operação de robôs, esses profissionais podem trabalhar no setor automobilístico, químico, petroquímico, empresas ou departamentos de tecnologia da informação, ou até mesmo no ramo alimentício. A grade curricular é semelhante ao curso de Engenharia da Computação, mas mais voltada para automação. Confira mais informações sobre Mecatrônica.

- Engenharia Mecânica:
O profissional de Engenharia Mecânica atua na elaboração de projetos, fabricação e manutenção de sistemas mecânicos. Ele supervisiona a produção da indústria mecânica, cria protótipos e testa os produtos obtidos. Geralmente trabalha em conjunto com outras áreas da Engenharia. Seu mercado de trabalho abrange montadoras de automóveis, fábricas de autopeças, linhas de produção de máquinas, entre outros. Entre as disciplinas do curso estão Desenho Técnico Assistido Por Computador, Vibrações de Sistemas Mecânicos, Termodinâmica, Resistência dos Materiais, entre outros.

- Engenharia de Telecomunicações:
O engenheiro desse setor participa de todas as etapas do processo das telecomunicações em uma empresa, desde o planejamento, implantação, operação e supervisão. O setor se mostra aquecido para esse profissional, pois com o crescimento da TV Digital no Brasil, assim como as empresas de telefonia, há uma grande demanda. Para quem se interesse pela carreira no setor público, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) é uma ótima oportunidade. As disciplinas vistas pelos estudantes da área são relacionadas princípios de comunicação, sistemas operacionais, técnicas digitais, telefonia, eletrônica, entre outros. Confira o que o curso de Engenharia de Telecomunicações oferece.

- Engenharia Ambiental:
Com a necessidade de uma sociedade mais sustentável, o Engenheiro Ambiental vem ganhando espaço nas empresas brasileiras, a exemplo do que já é executado em diversos países com maior consciência da necessidade do balanceamento entre o desenvolvimento econômico e tecnológico com a preservação do meio ambiente. Esse profissional atua na redução dos impactos causados ao solo, vegetação, recursos hídricos e até mesmo aos animais.

As indústrias são as principais responsáveis pela poluição de nascentes, contaminação do solo e transtornos causados por seus dejetos, assim como os problemas respiratórios causados pela fumaça liberada pelas chaminés. A Engenharia Ambiental tem como objetivo a minimização dos danos do exercício industrial, assim como outras áreas, inclusive a Construção Civil.

Entre as áreas de atuação estão empresas voltadas para a prestação desses serviços, prefeituras e demais órgãos públicos, assim como o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Além das disciplinas básicas dos cursos de Engenharia, o estudante tem acesso à Biologia Ambiental; Cultura, Ambiente e Desenvolvimento; Química Inorgânica e da Água; Microbiologia Ambiental; Química Orgânica; Direito e Sociologia Ambiental; Cartografia e Topografia, entre outros.

- Engenharia de Alimentos:
O graduado em Engenharia de Alimentos atua com a supervisão dos processos de produção alimentício, principalmente em indústrias do ramo. Ele estuda técnicas de conservação, fabricação, armazenamentos e transporte de tais produtos. O mercado de trabalho é composto em grande parte por multinacionais. A grade curricular é composta pelas disciplinas comuns a todos os cursos de Engenharia, mas com o acréscimo de matérias voltadas à nutrição e à química.

- Engenharia de Produção:
O Engenheiro de Produção é fundamental no desenvolvimento e execução das atividades de grandes empresas e indústrias. Ele administra recursos humanos, materiais e financeiros com o objetivo de aumentar a produtividade. Seu mercado de trabalho envolve indústrias de produtos alimentícios (inclusive bebidas), automobilísticas e eletrônicas. Ao longo do curso, os estudantes recebem aulas de disciplinas de exatas, matérias sobre produção e também outras voltadas para Administração e Economia.

- Engenharia Elétrica:
Essa área é responsável pelo desenvolvimento de sistemas de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica. Além disso, o Engenheiro Elétrico é capacitado para aplicar sistemas de automação. O mercado de trabalho mantém-se em alta, cujo principal local de atuação é a indústria. O estudante de Engenharia Elétrica vê disciplinas como matemática, física, sistemas elétricos, sistemas digitais e eletromagnetismo. 

Além das áreas da Engenharia citadas acima, há outros campos de formação e atuação. Confira mais sobre os cursos que formam engenheiros no Guia de Profissões.

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola