Topo
pesquisar
Em 16/04/2018 14h30, atualizado em 16/04/2018 18h31

Unicamp registra aumento de calouros negros, pardos e indígenas

Notícias

Segundo a instituição, o número de matriculados é recorde entre todos os vestibulares. São quase 24% dos estudantes. Por Silvia Tancredi
PUBLICIDADE

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) anunciou que 3.327 estudantes se matricularam neste ano letivo. Desse total, 794 são autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, o que representa quase 24% dos inscritos. 

De acordo com a instituição, o número de ingressantes como cotistas é o maior de todos os vestibulares. Em 2017, foram 715 matriculados. 

Ainda conforme dados da Unicamp, também houve aumento na quantidade de vestibulandos que foram beneficiados com isenção de taxa de inscrição. Neste ano, foram 12,5% de candidatos, enquanto, no ano passado, 10,7%.

Em relação à quantidade de calouros oriundos da rede pública de ensino, foi praticamente o mesmo do vestibular anterior (49,2%), conforme a universidade.

Atualmente, 25% das vagas da Unicamp são reservadas a negros e a pardos por ordem decrescente de notas. Desse total, 10% são pelo Enem e 15% pelo vestibular. Saiba mais.

Unicamp 2018

O processo seletivo contou com 83.783 inscritos, os quais concorreram a 3.340 vagas, em 70 opções de cursos de graduação. Assim como nas edições anteriores, Medicina foi o mais procurado, com 279 candidatos por oportunidade.

As provas da 1ª fase foram aplicadas em 19 de novembro. Já da 2ª etapa, em 15 e 16 de janeiro. O resultado saiu em 7 de fevereiro. 

Unicamp 2019

As datas do Vestibular 2019 da Unicamp ainda não foram divulgadas, mas você já pode conferir as obras literárias que serão cobradas. Veja:

  • Sonetos - Luís de Camões;
  • Poemas Negros - Jorge Lima;
  • A teus pés - Ana Cristina Cesar;
  • Amor (do Livro Laços de Família) - Clarice Lispector;
  • A hora e a ves de Augusto Matraga (do Livro Sagarana) - Guimarães Rosa;
  • O Espelho - Machado de Assis;
  • O bem amado - Dias Gomes;
  • Coração, cabeça e estômago - Camilo Castelo Branco;
  • Caminhos Cruzados - Érico Veríssimo;
  • História do Cerco de Lisboa - José Saramago;
  • Quarto de despejo - Carolina Maria de Jesus;
  • Sermões de Quarta-feira de Cinzas (1972, 1973 e Para a Capela Real) - Antonio Vieira

Para mais informações, acesse a página da Comvest, organizadora do vestibular.

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola