Patrocínio:

Whatsapp
Em 28/06/2017 14h05 , atualizado em 28/06/2017 14h10

Universidade da China cria curso para ensinar a ser digital influencer e celebridade virtual

Estudar no Exterior

Proposta da instituição é tornar os estudantes bem-sucedidos no meio digital Por Hotcourses Brasil
Curso ensina como ser um influenciador digital e obter sucesso trabalhando online
Curso ensina como ser um influenciador digital e obter sucesso trabalhando online
Crédito da Imagem: Shutterstock
PUBLICIDADE

Hoje em dia, ser “digital influencer” – influenciador digital – se tornou uma profissão e, quando bem feita, pode ser bastante lucrativa. O termo é recente e se refere a pessoas formadoras de opinião no mundo virtual, usando suas redes sociais e blogs como meio de comunicação e marketing para divulgar conteúdo e produtos e ditar tendências e comportamentos. 

Mas o que significa ser bem-sucedido neste ramo? Ter muitos seguidores? Patrocinadores? Brindes de marcas? Pessoas imitando o seu estilo? Ter conteúdo?

As respostas para estas perguntas são encontradas em um curso oferecido pela Yiwu Industrial & Commercial College (YWICC), na China, localizada próxima a Shanghai. Fundada em 1993, a instituição tem cursos nas áreas de artes liberais, gestão, economia e design. Este seu curso específico tem como propósito ajudar os estudantes a se tornar celebridades nas redes!

Com as aulas, você aprende a tirar a selfie perfeita, a se vestir de forma fashion, a se maquiar, a usar recursos do celular e da câmera, a se expressar oralmente, etc. As aulas acontecem em estúdios de dança, de maquiagem e passarelas.

A grade curricular, que dura três anos, tem matérias como performance, modelagem de maquiagem, moda e estética, conscientização cultural e etiqueta das relações públicas, marketing de network, entre outras. Os estudantes aprendem desde aspectos da economia e marketing até moda, dança e fotografia.

Obviamente, ter um celular será essencial! Na China, há mais de 700 milhões de usuários de aparelhos celulares. Uma das celebridades virtuais mais famosas do país, Wang Hong, uma jovem de 29 anos, compartilha a sua vida nas redes sociais – jantando em restaurantes chiques, participando de festas e eventos sociais, viajando, saindo com as amigas – e consegue ganhar, atualmente, até $ 46milhões por ano sendo digital influencer.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dá para entender agora o porquê da criação do curso, né?

Outros cursos internacionais na área de “mídias sociais”:

Mídia Social e Estratégia Digital, da Columbia College Chicago, nos EUA: o curso é uma resposta à crescente demanda por profissionais de mídias sociais e estratégia digital nas áreas de artes, mídia, entretenimento, moda, varejo, empreendimento, ONGs, agências governamentais e muito mais. Os estudantes conduzem pesquisas digitais, exploram as motivações dos consumidores, interpretam e gerenciam análises, desenvolvem estratégias de conteúdo, criam materiais jornalísticos e publicitários multimídias, etc. O bacharelado tem quatro anos de duração.

Comunicação Digital e Mídias Sociais, da University of Technology Sydney (UTS), na Austrália: com três anos de duração, este bacharelado busca preparar profissionais com conhecimento e consciência tecnológica e cultural, inovadores, que saibam trabalhar com diferentes recursos, e que tenham habilidades analíticas, sintéticas e imaginação. Os estudantes conquistarão prática em comunicação digital em uma variedade de plataformas e ambientes.
 

Artigos Relacionados
Quem disse que só é possível conhecer uma universidade visitando-a pessoalmente?
Veja as sete melhores instituições chinesas para estudantes internacionais.
A universidade canadense Centennial College inaugurou um campus na China, tornando-se a primeira instituição a ser aprovada pelo Ministério de Educação Chinês
O concurso de redação “Eu e a China” está com inscrições abertas até o dia 31 de julho.
O termo National Key Universities foi inventado na China em 1959 para referir-se às universidades nacionais reconhecidas como as mais prestigiosas.
A faculdade chinesa Zhen­jiang College criou um curso para ensinar as estudantes a serem mulheres e esposas perfeitas. As aulas ensinam às universitárias regras de etiqueta, como se vestir, se comportar e agir. A sociedade chinesa coloca muita pressão nas mulheres para se casarem antes dos 27 anos.
Conheça os dois vistos de estudante para a China e os diferentes tipos de documentação exigidos para a solicitação de cada um deles.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES