Topo
pesquisar
Em 27/05/2019 13h55

Pela primeira vez na história, Oxford aceita notas menores para aumentar diversidade

Estudar no Exterior

A partir de 2020, 250 estudantes de escolas estaduais serão admitidos com bolsas de estudo integrais, incluindo também o preço da acomodação. Por Hotcourses Brasil
PUBLICIDADE

A Oxford University, uma das instituições mais renomadas do mundo, admitiu que oferecerá vagas a estudantes de origens sociais desfavorecidas com notas mais baixas como parte dos seus esforços para aumentar a diversidade do seu corpo discente. Esta é a primeira vez que isso acontece nos mais de 900 anos de história da Universidade!

Segundo o site The Telegraph, esta é uma mudança radical no processo de admissões competitivo da Oxford, que reconhecidamente só seleciona os candidatos mais brilhantes com os melhores resultados possíveis. A notícia logo causou um furor no meio acadêmico e a principal crítica é que, para colocar o novo esquema de diversidade em prática, a Oxford terá de eliminar estudantes qualificados, principalmente da classe média e com formação em escolas particulares.

Admissão de alunos desfavorecidos na Oxford

A partir de 2020, 250 estudantes de escolas estaduais serão admitidos com bolsas de estudo integrais, incluindo também o preço da acomodação, como parte do novo esquema multimilionário de recrutamento de “alunos desfavorecidos”. 

Entre estas admissões, 50 serão direcionadas a candidatos com notas mais baixas contextuais em A-Levels, ao invés das ofertas padrões da Universidade e incluirá refugiados e jovens cuidadores (menores de 18 anos que ajudam a cuidar de algum parente com necessidade especial, doença, condição de saúde mental ou problemas com drogas ou álcool).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Isto significa que a Universidade passa a aceitar notas ABB dos estudantes que se qualificarem pelo novo esquema, enquanto normalmente o padrão rígido só admite candidatos com notas A*A*A* ou AAA em A-Levels, equivalente ao ensino médio britânico. A medida é inédita em toda a história da Oxford!

Oportunidade Oxford

Serão dois novos programas totalmente financiados pela Universidade, a Foundation Oxford (Fundação Oxford) e o Opportunity Oxford (Oportunidade Oxford). O primeiro selecionará 50 estudantes de “alto potencial acadêmico” que vivenciem pessoalmente “desvantagens severas ou ruptura educacional”.

Já o segundo programa admitirá 200 estudantes de origens socioeconômicas mais desfavorecidas que estão no caminho certo para atingir as notas exigidas pela Universidade, mas que “precisam de um apoio adicional para fazer a transição bem-sucedida da escola para a Oxford”, de acordo com o The Telegraph.

Com os novos esquemas, a Oxford University espera que 25% dos seus novos estudantes venham de classes sub-representadas do Reino Unido até 2023, um aumento de 10% em relação ao número atual.

Viste o site oficial da Oxford University.

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola