Topo
pesquisar
Em 05/09/2018 13h20, atualizado em 05/09/2018 13h20

Erasmus+: Estude na Europa com bolsas de estudo integrais

Estudar no Exterior

Programa contempla educação, treinamento profissional e apoio aos esportes. Por Hotcourses Brasil
Erasmus + vai além da bolsa voltada para a educação, contemplando o treinamento profissional e apoiando os esportes e cultura.
Erasmus + vai além da bolsa voltada para a educação, contemplando o treinamento profissional e apoiando os esportes e cultura.
PUBLICIDADE

O Erasmus é um programa de bolsas de estudo que celebrou o seu 30º ano de existência em 2017. Com oportunidades por toda a Europa, ele tem como objetivo a mobilidade individual para fins de aprendizado, permitindo que estudantes estrangeiros completem um curso no exterior com três propósitos principais para o bolsista: melhorar suas habilidades e conhecimentos; aumentar sua empregabilidade; e desenvolver uma consciência cultural.

Para a Europa, por outro lado, o programa proporciona a internacionalização do ensino; o desenvolvimento da sua imagem como um continente do conhecimento; e o crescimento inteligente, sustentável e inclusivo da região. Erasmus é o acrônimo de European Region Action Scheme for the Mobility of University Students (Esquema de Ação da Região Europeia para a Mobilidade de Estudantes Universitários).

Erasmus+

Originalmente Erasmus Mundus, no ano em que completou 30 anos, o programa evoluiu para a sua nova versão mais completa, o Erasmus+, a fim de apoiar a Estratégia Europa 2020 “para o crescimento, o emprego, a justiça social e a inclusão”. Com uma orçamento de € 14,7 bilhões, a iniciativa é a junção de sete programas já existentes, como o Erasmus Mundus, Tempus, Edulink, Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida, entre outros. Com isso, as oportunidades oferecidas são mais amplas, não se limitando apenas à educação, como também ao treinamento profissional e apoio aos esportes. 

Normalmente, cada país ou região tem um site oficial do Erasmus+, veja alguns exemplos:

Brasileiros podem participar?

Os requisitos para a seleção no programa Erasmus+ varia de acordo com o país de origem do candidato e também, na maioria do caso, da organização que participa do programa pela qual ele se candidatar. 

O Brasil é um país parceiro do Erasmus+, pertencente à “região 8” da América Latina, juntamente com Chile, Argentina, México, Uruguai e mais 13 países. Isto significa que, na hora de procurar por oportunidades e se candidatar, você deve ficar atento às regiões permitidas a participar.

As oportunidades

Entre as oportunidades para estudantes, estão estudar no exterior, estágios no exterior, mestrados conjuntos, empréstimos para mestrados e estudantes com necessidades especiais. Já as oportunidades do programa para jovens incluem serviço voluntário europeu e intercâmbio de jovens. Saiba mais sobre elas aqui e aqui.

Cada uma delas tem as suas próprias características, duração e regras de inscrição e admissão. O programa para Estudar no Exterior, por exemplo, dura entre três e 12 meses para estudantes de graduação, mestrado e doutorado. Os bolsistas podem receber apoio linguístico para aprender o idioma oficial de instrução do país e também há a possibilidade de combinar os estudos com um estágio no exterior. Cursos em áreas como Medicina e Arquitetura, que costumam ser mais longos, têm duração de 24 meses.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Requisitos para admissão

Geralmente, para estudar no exterior com uma bolsa da Erasmus+, o estudante precisa estar matriculado em uma instituição de ensino superior brasileira que possua algum acordo interinstitucional. De maneira geral, o estudante deve atender aos requisitos de admissão específicos da universidade estrangeira e estar cursando no Brasil um diploma que seja reconhecido no país de intercâmbio.

A melhor parte é que há oportunidades para todas as áreas de estudo, sem restrição. Os estudos no exterior deverão contar como parte integral do curso acadêmico.

A bolsa de estudo

A bolsa Erasmus+ varia de acordo com o custo de vida no país em que o bolsista estudará. Isto é algo decidido entre a instituição brasileira e a universidade europeia que receberá o intercambista e cabe a elas identificar quem pagará o montante ao estudante. 

Os bolsistas da Erasmus+ não pagam as taxas de ensino do curso, taxa de inscrição e provas, e têm acesso ilimitado aos laboratórios e bibliotecas da universidade estrangeira. No entanto, ainda precisarão bancar algumas despesas da viagem, como o seguro, por exemplo.

Em alguns casos, o bolsista ganha também um estipêndio para cobrir gastos mensais.

Algumas universidades europeias participantes

Há mais de 1.000 instituições participantes do esquema da Erasmus. A melhor forma de procurar por oportunidades do Erasmus+ é diretamente no site oficial das universidades europeias. Na página de bolsas de estudo das instituições participantes, você encontra informações sobre o programa e para quais cursos acadêmicos elas se aplicam. Os passos são os seguintes:

Encontrar universidades europeias que ofereçam oportunidades pelo Erasmus+ e verificar os requisitos de admissão de cada uma delas para saber se você se qualificaria;
Entrar em contato com a secretaria internacional da universidade que você escolheu;
Entrar em contato com a Erasmus+ pelas agências nacionais do programa no Brasil;
Começar a sua candidatura.

Veja alguns exemplos de universidades que oferecem oportunidades de bolsas de estudo pelo Erasmus+:

University of Glasgow, Reino Unido
University of East Anglia, Reino Unido
Leiden University, Holanda
Chalmers University of Technology, Suécia
Technical University of Munich, Alemanha
Université de Bordeaux, França

Aplicativo

Há um ano, o programa lançou um aplicativo chamado Erasmus+ que pode ser baixado gratuitamente na Google Play Store e iTunes App Store. Com ele, os candidatos acompanham todas as fases da inscrição e usam outras ferramentas que os ajudam a organizar a sua viagem, desde uma lista de tarefas essenciais (como participar da sessão de informações e entrar em contato com a Secretaria Internacional da sua universidade na Europa) até dicas, eventos e novidades sobre o seu país de intercâmbio.

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola