Topo
pesquisar
Em 21/11/2019 17h41

Conheça 3 escolas de verão no exterior

Estudar no Exterior

Brasileiros podem fazer cursos de uma a seis semanas no verão dos países dos Hemisférios Norte e Sul Por Hotcourses Brasil
Na capital dos Estados Unidos tem a George Washington University
Na capital dos Estados Unidos tem a George Washington University
PUBLICIDADE

As escolas de verão, normalmente, são programas de estudos de curta duração de uma a seis semanas oferecidos por universidades internacionais durante os meses das férias de verão. Em países do Hemisfério Norte, como Estados Unidos, Canadá e Reino Unido, isto significa de junho a agosto.

Em inglês, são chamadas de Summer Schools ou Summer Camps. Os cursos são focados em áreas de estudo específicas e costumam atender a um público jovem interessado em se preparar para uma graduação.

Há várias vantagens de optar por um curso em uma escola de verão no exterior:

  • Ter uma experiência internacional sem precisar passar um período longo longe de casa;
  • Ganhar créditos acadêmicos transferíveis para uma graduação no exterior;
  • Estudar em uma universidade estrangeira e ter acesso a todas as suas instalações e recursos, como acomodação, bibliotecas, laboratórios, etc.;
  • Melhorar a proficiência no inglês (ou outro idioma estrangeiro) enquanto estuda, principalmente as habilidades necessárias para propósitos acadêmicos;
  • Fazer amizades com pessoas do mundo inteiro;
  • Por ser de curta duração, o investimento necessário é bem mais acessível;

Caso a sua intenção seja fazer uma graduação no exterior, um curso de verão é um excelente “test drive” e uma maneira de aprender a se adaptar antes de mudar-se definitivamente para um curso de vários anos.

3 escolas de verão no exterior

Não sabe por onde começar a sua busca por um curso de verão no exterior? Nós te ajudaremos! A seguir, conheça três escolas de verão internacionais bastante populares.

1. Verão Internacional da George Washington University

A George Washington University (GWU) está localizada em Washington, D.C., a capital dos Estados Unidos. Ela oferece um programa chamado Summer International (Verão Internacional) para jovens estudantes do mundo inteiro interessados em uma experiência pré-universitária em uma instituição norte-americana.

Com duas sessões ao ano – de 18 a 27 de maio e de 29 de junho a 8 de agosto –, o curso é formado por uma diversa comunidade intelectual e oferece quatro formatos:

  • Mais de 650 programas de Estudos Gerais;
  • Inglês para Propósitos Acadêmicos;
  • Experiência de Pesquisa;
  • Política Externa dos EUA na Era Global.

Graças à sua localização, o Summer International da GWU proporciona uma experiência imersiva neste centro político dos Estados Unidos, incluindo atividades extracurriculares, como visita a museus e locais históricos, e projetos práticos com organizações internacionais, agências do governo e embaixadas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Entre em contato com a George Washington University.

2. Escola de Verão da London School of Economics

A LSE Summer School é o programa de verão de uma das universidades mais renomadas do Reino Unido, a London School od Economics and Political Science. Localizada bem na área central de Londres, ela oferece acomodações estudantis e mais de 115 opções de cursos agrupadas em oito áreas:

  • Contabilidade;
  • Negócios e Gestão;
  • Economia;
  • Língua Inglesa;
  • Finanças;
  • Relações Internacionais, Governo, Psicologia e Sociedade;
  • Direito;
  • Métodos de Pesquisa, Ciência de Dados e Matemática.

As sessões de estudos acontecem em três períodos diferentes: 22 de junho a 10 de julho; 13 a 31 de julho; e 3 a 21 de agosto. 

Além das aulas, os mais de 8.700 estudantes do mundo inteiro da LSE Summer School também participam de um programa social extracurricular que inclui tours turísticos por Londres, excursões para outras cidades, passeios de barco no rio Tamisa, prática de corrida, shows, entre outras atividades.

Visite o site oficial da LSE Summer School.

3. Estudos de Verão na University of Sydney

No caso da Austrália, as estações são as mesmas que as brasileiras. Portanto, os cursos de verão acontecem entre dezembro e fevereiro. A famosa University of Sydney, por exemplo, tem programas de estudo tanto nas férias de verão quanto nas de inverno, durante o mês de julho.

Estas opções são oferecidas primeiramente a estudantes já matriculados em graduações da Universidade, mas também estão abertas a alunos internacionais à procura de uma experiência intercultural.

As três sessões acontecem de 6 de janeiro a 9 de fevereiro, 20 de janeiro a 1º de março, e 22 de junho a 2 de agosto. Cada uma delas inclui dezenas de opções de áreas de estudo. Entretanto, as aulas não valem créditos acadêmicos para os alunos não matriculados em graduações.

Entre em contato com a University of Sydney.

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola