Topo
pesquisar
Em 25/11/2016 16h24, atualizado em 25/11/2016 16h40

Treineiros podem ser excluídos do Enem a partir de 2017

Notícias

Certificação do ensino médio pelo exame do Inep também pode sofrer alterações. Por Lorraine Vilela Campos
Enem
Enem
PUBLICIDADE

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) estuda excluir, a partir de 2017, do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a participação de estudantes treineiros e pessoas que fazem as provas para obter o certificado de conclusão do ensino médio. As propostas foram discutidas ontem (24) e nesta sexta-feira (25), no Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). 

As propostas para as mudanças no exame estão em fase de análise e, de acordo com o instituto, não há nada definido até o momento. A decisão será anunciada após o fim da aplicação do Enem 2016.

Em nota, a assessoria de imprensa do Inep informou que os dados que alguns veículos de imprensa divulgaram como modificações confirmadas, na verdade ainda estão em estudo e foram apresentadas aos especialistas da área de educação. 

Novo Enem

As diretrizes estudadas para as possíveis modificações no Enem têm como objetivo a adequação ao "Novo Ensino Médio", previsto na Medida Provisória 746/2016.

Saiba mais sobre o novo ensino médio

A intenção é que quem busca a certificação do ensino médio, cerca de 11% dos inscritos, tenha um exame específico para a avaliação de tais competências. A proposta é que isso seja avaliado no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), prova que já é aplicada atualmente no Brasil. Já para os treineiros, que não podem utilizar a pontuação para ingresso em cursos superiores, a proposta é de um simulado nacional. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Segundo o Inep, a utilização do Enem para o Sistema de Seleção Unificada (SiSU), Programa Universidade Para Todos (ProUni) e Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) será mantida neste novo modelo de exame. 

Confira a nota na íntegra:

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) esclarece que as informações noticiadas pela imprensa como modificações já definidas para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) são apenas propostas apresentadas a especialistas da área de Educação por autoridades do Inep e do Ministério da Educação (MEC) e que permanecem em fase de estudo e elaboração pelo corpo técnico e gestores desses órgãos. Não há qualquer alteração definida, e sim diretrizes sobre pontos em que o Enem pode avançar para continuar garantindo a inclusão dos estudantes brasileiros no Ensino Superior, inclusive por meio de programas federais como o Sisu, Prouni e Fies. Após a conclusão da elaboração das propostas e sua aprovação, estas serão apresentadas pelo MEC à sociedade brasileira, o que só ocorrerá depois da finalização do processo de aplicação do Enem 2016. 

Com informações do Inep e Agência Brasil

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola