Topo
pesquisar
Em 06/06/2018 09h13, atualizado em 06/06/2018 09h13

Temas de História que mais caem no Enem

Enem

Alguns assuntos são essenciais na preparação para a prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias. Por Rafael Batista
Para estudar História para o Enem é necessário relacionar os fatos com outros conteúdos.
Para estudar História para o Enem é necessário relacionar os fatos com outros conteúdos.
PUBLICIDADE

No Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), além de conhecer os temas que podem cair no exame, os estudantes devem estar preparados para relacionar os assuntos entre si. As questões são elaboradas avaliando competências e não conteúdos, assim uma mesma pergunta pode ter assuntos relacionados à Geografia e História, por exemplo.

Na prova de Ciências Humanas são 6 competências e 20 habilidades avaliadas. A área é dividida em questões de História, Geografia, Filosofia e Sociologia. Sobre a primeira disciplina, o Brasil Escola conversou com o professor de Alexandre Chada, do Colégio Mopi, no Rio de Janeiro, que destacou alguns temas de História que merecem atenção no Enem.

História do Brasil:

- O período colonial no Brasil merece atenção na preparação para o Enem, desde os primeiros contatos dos portugueses com os nativos, passando pelo ciclo do ouro, até chegar na crise do sistema colonial. Um outro assunto que merece destaque nesse período é a questão da escravidão dos negros, que repercute até hoje.

Escravidão
A escravidão dos negros no Brasil e o processo de abolição são recorrentes em provas do Enem.
Crédito: Morphart Creation/Shutterstock

- Dentro do período imperial, vale destacar o Segundo Reinado, com D. Pedro II assumindo o império com apenas 14 anos. Além disso, o processo de abolição da escravidão, formalizado em 1888, é outro tema recorrente deste período.

- As estruturas políticas da Primeira República ou República Velha são outros aspectos da História do Brasil que podem cair nas provas. A adoção do presidencialismo e do federalismo, com a Proclamação da República em 1889, é o grande marco dessa era que, no primeiro momento, contou com os militares no poder.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

- A Era Vargas ou Período Getulista também tem sua relevância para as provas, seja pelo tempo que Vargas permaneceu no poder, ao todo 19 anos divididos em dois períodos, seja pelos impactos das medidas tomadas pelo então Presidente da República. Sabe-se que a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) foi um dos feitos desse período.

- Entre 1964 e 1985 os militares voltaram a comandar a república no período da Ditadura Militar. As repercussões deste regime podem cair tanto nas questões de história, como de outras disciplinas.

História Geral

- Por ter fortes relações com a formação cultural e étnica do Brasil, a História da África deve ser estudada com atenção para as provas. Neste caso, merece destaque o Período Pré-colonial, a Escravidão na África e o Comércio de Escravos.

- Todos os elementos que envolvem a Revolução Industrial (primeira e segunda) também são importantes para as provas do Enem. Desde os fatores que causaram tal revolução até as consequências deste movimento.

revolução industrial
A Revolução Industrial e todas as suas consequências podem ser um dos assuntos da prova de humanidades.
Crédito: Everett Historical/Shutterstock

- Os aspectos políticos, econômicos e geográficos da Guerra Fria, ao final da Segunda Guerra Mundial, merecem destaque nos estudos. Os reflexos deste conflito entre os Estados Unidos e a União Soviética foram sentidos também no Brasil.

Dica

Para o Professor Alexandre Chada, o importante é a capacidade do candidato relacionar os conteúdos das disciplinas e não simplesmente decorar datas e fórmulas. É preciso saber que os assuntos no Enem são ferramentas para se explorar as habilidades e competências.

Assista às nossas videoaulas
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola