Topo
pesquisar
Em 05/09/2014 12h08, atualizado em 05/09/2014 12h12

Abordagens de História Contemporânea no Enem

Enem

É necessário ficar atento à interpretação de textos das abordagens de História Contemporânea no Enem. Uma boa leitura pode ser decisiva. Por Cláudio Fernandes
Jeremy Bentham (1748-1832), filósofo inglês, elaborou um modelo de instituição de inspeção, chamado Panóptico.
Jeremy Bentham (1748-1832), filósofo inglês, elaborou um modelo de instituição de inspeção, chamado Panóptico.
PUBLICIDADE

Olá pessoal, como vai?!

Apresentamos neste texto dicas sobre as abordagens de História Contemporânea no Enem. Oferecemos também a análise de uma questão do Enem de 2013 sobre esse período histórico.

A questão que se verá abaixo aborda especificamente um modelo de sistema penitenciário que foi elaborado pelo filósofo inglês Jeremey Bentham (1748-1832), em fins do século XVIII, chamado panóptico. Esse nome significa: “olhar completo”, ou “observação total” (Pan = tudo; Óptico = Olho, Olhar). O panóptico era um modelo de prisão circular no qual os detentos ficavam em celas que podiam ser observadas por carcereiros (chamados por Bentham de inspetores) que se posicionavam em uma torre, no centro do edifício.  Segundo Bentham, esse modelo de penitenciária garantia o máximo de eficiência no que se refere à vigilância e poderia, inclusive, estender-se a outros tipos de edificações, como manicômios, fábricas e escolas. 

Vocês podem perceber que a escolha deste tema específico caracteriza as formas de abordagens da área de Ciências Humanas que o Enem estabelece. Há, neste tema, vários pontos que interessam ao Enem. Destacamos dois: 1) a aplicação do racionalismo do século XVIII no desenvolvimento de formas de controle do comportamento humano e 2) o problema das maneiras de instituir penas, de punir, sem ser cruel ou desumano – seja num sistema carcerário ou numa instituição escolar.

Esses pontos são importantes para entender a formação das sociedades de massas, nos séculos XIX e XX, que se aglomeraram nas grandes cidades e que, desde então, estão submetidas a diversas formas de controle e disciplina. Um exemplo básico que pode ser citado é o caso dos semáforos, barreiras eletrônicas, radares de um sistema de trânsito, todos atrelados a câmeras que registram as eventuais violações das regras de trânsito que alguém possa cometer. Isso constitui uma variação deste programa de controle do comportamento, idealizado inicialmente por Bentham. 

Percebam, então, que as abordagens que Enem faz em suas provas (seja no período aqui analisado, História Contemporânea, ou em outro) não estão necessariamente vinculadas a conteúdos, puros e simples, mas há problemáticas mais complexas. Passemos, então, à questão, que pode ser encontrada no caderno azul, número 1, do Enem de 2013 (questão 24) – a alternativa correta está marcada na cor verde:

Questão do Enem de 2013 que abordou o tema do Panóptico de Bentham

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Questão do Enem de 2013 que abordou o tema do Panóptico de Bentham

A questão, como pode ser observado, apresenta um trecho do livro Panóptico, do autor que já mencionamos acima, Jeremy Bentham, e exige que o candidato aponte, a partir da leitura do trecho, a alternativa que mais se adeque à proposta de mecanismos desse sistema de controle. Pois bem, o trecho do livro contém a descrição básica da estrutura do prédio, que, como já apontamos, era circular com o “alojamento do inspetor” em seu centro. Mas, além da descrição, nas frases do texto, Bentham defende sua proposta citando vários exemplos de instituições que poderiam adotá-la e obter, a partir da estrutura arquitetônica do panóptico, o máximo de eficiência. 

A partir de uma leitura atenta e cerrada do texto, podemos eliminar inicialmente as alternativas A e C. Isto porque o texto não aponta para influências religiosas no pensamento de Bentham (como sugere a letra A) e não argumenta a favor da repressão (como aponta a letra C) e da tortura, pelo contrário: até “suaviza” o nome dos alojamentos, substituindo “celas”, por “apartamentos”. A letra E é a próxima a ser elimina, haja vista que o texto não aponta para pactos ou quaisquer acordos entre as partes. O panóptico, apesar ter a intenção de condicionar, sem violência, as pessoas, não pressupõe considerar a opinião delas. 

De resto, pode haver uma dúvida entre as alternativas D e B, já que há, em dada medida, elementos ideológicos na proposta de Bentham (como aponta a letra B), porém esses elementos não implicam, necessariamente, em limitar as pessoas por meio da alienação. A alternativa D está correta por apontar o caráter sutil do controle do comportamento (“adestram os corpos no espaço-tempo por meio do olhar como instrumento de controle”) e se atém ao texto para sugerir isso. 

É isso aí, pessoal! Fiquem muito atentos aos textos apresentados nas questões de Ciências Humanas do Enem. As alternativas podem gerar ambiguidades e confusão se a leitura do texto for mal feita. Uma leitura bem feita pode garantir um bom desempenho na prova.

Bons estudos!

Assista às nossas videoaulas
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola