Topo
pesquisar
Em 24/01/2019 10h43, atualizado em 24/01/2019 11h00

SiSU 2019: balanço parcial mostra queda de mais de meio milhão de inscritos

Notícias

Estudantes reclamam de problemas no site desde o início das inscrições. MEC culpa grande quantidade de acessos simultâneos. Por Adriano Lesme
PUBLICIDADE

O balanço do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 2019/1 divulgado na noite de ontem, 23 de janeiro, mostra uma queda de mais de 600 mil inscritos em relação ao mesmo período do ano passado. Até as 20h do segundo dia de inscrições, 911.309 estudantes haviam feito a inscrição no sistema, contra mais de 1,5 milhão na noite do segundo dia do SiSU 2018/1.

Saiba tudo sobre o SiSU 2019

No ano passado, mais de 3 milhões de inscrições haviam sido registradas até a noite de quarta-feira. Em 2019, quase a metade: 1.646.168. No SiSU, o número de inscrições é maior que de inscritos porque cada candidato pode se inscrever em até dois cursos.

A edição do primeiro semestre do SiSU 2018 terminou 2,1 milhões de inscritos e 4,1 milhões de inscrições. Para alcançar esses números, mais de 1 milhão de estudantes precisam se inscrever na plataforma até amanhã, dia 25, quando encerram as inscrições.

Problemas no site

Uma dos motivos para a queda no número de inscritos pode ser a instabilidade do site do SiSU. Desde terça-feira, 22, quando as inscrições foram abertas, estudantes reclamam que o sistema fica lento ou inacessível por horas. O Brasil Escola atestou o problema durante a manhã e tarde de ontem, mas nesta manhã o site está estável.

Estudantes reclamam do site do SiSU pelo Facebook e Twitter

Segundo o Ministério da Educação (MEC), o problema foi causado pela alta quantidade de acessos simultâneos. “Durante o dia, em alguns momentos, foi registrada a lentidão do sistema em razão do enorme volume de acessos, que chegaram a 500 mil simultâneos. Na terça-feira, 22, os acessos simultâneos chegaram ao pico de 350 mil. Em edições anteriores, os picos não passavam de 30 mil acessos ao mesmo tempo.” - diz nota.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A recomendação da área técnica do MEC é que o estudante com dificuldade de acesso atualize a página de inscrição antes de preencher os dados. 

Notas de corte

Uma das novidades do SiSU 2019 é a divulgação das notas de corte em quatro novos horários: 7h, 12h, 17h30 e 20h. As notas de corte do SiSU também continuam sendo divulgadas à meia-noite. Em Medicina, por exemplo, é preciso ter média maior que 770 pontos para conseguir uma vaga na ampla concorrência.

Resultado

As inscrições para o SiSU 2019/1 encerram amanhã e, por enquanto, o MEC não cogita prorrogá-las. O resultado vai sair na segunda-feira, dia 28, e as matrículas serão feitas entre os dias 30 de janeiro e 4 de fevereiro.

Quem não for convocado em nenhuma das opções de cursos poderá participar da lista de espera do SiSU, manifestação que vai de 28 de janeiro a 4 de fevereiro. As chamadas da lista de espera serão realizadas pelas instituições a partir de 7 de fevereiro.

O SiSU 2019/1 oferece 235.476 vagas em 129 instituições públicas de ensino superior de todo o país. As universidades e institutos federais reservam metade das vagas para estudantes de escolas públicas, conforme determina a Lei de Cotas.

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola