Em 12/08/2020 16h53 , atualizado em 12/08/2020 17h08

Enem 2020 terá quase 50 mil participantes com atendimento especializado

Notícias

Adaptações valem para as provas impressas e digitais. Edição tem recorde de participantes com atendimento pelo nome social. Por Adriano Lesme
PUBLICIDADE

A edição de 2020 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terá a participação de 47.847 estudantes que receberão algum tipo de atendimento especializado. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) recebeu 55 mil solicitações de atendimento especializado e aprovou 87% deles.

Saiba mais sobre atendimento especializado no Enem

A partir do Enem 2020, todas as necessidades adicionais para fazer as provas são consideradas como atendimento especializado, que inclui gestantes, lactantes, idosos, tratamento pelo nome social e estudantes em classe hospitalar e/ou com outras condições específicas. Antes, o atendimento era dividido em específico e especializado.

O Inep informou que 508 participantes travestis e transsexuais tiveram o pedido de atendimento pelo nome social aceito, um recorde desde 2014, quando o Enem permitiu seu uso. No ano passado, foram 394.

2014: 102 participantes
2015: 278 participantes
2016: 407 participantes
2017: 303 participantes
2018: 251 participantes
2019: 394 participantes
2020: 508 participantes

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Como novidade do Enem 2020, os participantes com cegueira, surdocegueira, baixa visão e visão monocular passarão a contar com um programa que possibilita a leitura de textos na tela do computador.

Veja as adaptações para os participantes que pediram atendimento especializado:

Surdocegueira, visão monocular e baixa visão: aplicativo vai possibilitar a leitura de textos no computador, por meio de voz sintetizada, que descreve o que aparece escrito no monitor. Há também ledor, transcritor, prova com letras e figuras ampliadas, e sala de fácil acesso. O participante poderá fazer o uso de alguns materiais próprios, como caneta de ponta grossa, tiposcópio, óculos especiais, lupa, telelupa e luminária. 

Gestantes e idosos: sala de fácil acesso e apoio para pernas e pés.  

Lactantes: tempo adicional de 60 minutos por dia para amamentação e direito de levar um acompanhante para ficar com o bebê durante as provas.

Estudante hospitalizado: poderá fazer as provas no hospital com instalações adequadas para aplicação do exame.

Cegueira: prova em braile, ledor, transcritor e sala de fácil acesso. O deficiente visual também pode ter o auxílio de materiais próprios. São eles: máquina Perkins, punção, reglete, assinador, tábuas de apoio, sorobã e cubaritmo – instrumentos que auxiliam na escrita e em cálculos para pessoas cegas. Também é possível fazer a prova acompanhado de cão-guia. 

Surdocegueira: haverá três guias-intérpretes para atendimento ao participante surdocego, prova em braile, transcritor e sala de fácil acesso. 

Deficiência auditiva e surdez: tempo adicional de 120 minutos por dia de prova, tradutor-intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras), leitura labial e videoprova em Libras. 

Autismo, discalculia, deficit de atenção e dislexia: ledor, transcritor e tempo adicional de 60 minutos por dia de prova.

Deficiência intelectual: ledor, transcritor e sala de fácil acesso.

Deficiência física: transcritor, sala de fácil acesso e mobiliário adaptado (mesa e cadeira sem braços e mesa para cadeira de rodas).

Travesti/transexual: atendimento pelo nome social e possibilidade de escolher o banheiro que deseja utilizar nos dias das provas..

Enem 2020

As provas do Enem 2020 foram adiadas devido à pandemia de coronavírus (covid-19). As provas impressas serão aplicadas nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 e a versão digital nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

A estrutura das provas permanece a mesma, tanto para a versão impressa quanto digital, com 180 questões objetivas e uma redação.

1º dia do Enem: 45 questões de Linguagens e Códigos; 45 de Ciências Humanas; uma redação
2º dia do Enem: 45 questões de Ciências da Natureza; 45 questões de Matemática

Ao todo, 5.783.357 participantes tiveram a inscrição confirmada no Enem 2020. Todos eles deverão usar máscara desde a entrada no local de prova até a saída.

Entre as inscrições confirmadas, 5.687.271 são para a prova impressa do Enem e 96.086 para o Enem Digital. Neste ano, do total de inscritos confirmados, 83% receberam a gratuidade da inscrição.

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES