Topo
pesquisar
Em 11/11/2019 15h24, atualizado em 11/11/2019 17h08

Enem 2019 registra menor abstenção da história

Notícias

Dos 5 milhões de inscritos, 23,06% se ausentaram no primeiro domingo e 27,19% não comparecem no segundo dia de provas. Por Giullya Franco
Estudantes fazem segundo dia de provas do Enem 2019 (Crédito: Fernando Frazão/Agência Brasil)
Estudantes fazem segundo dia de provas do Enem 2019 (Crédito: Fernando Frazão/Agência Brasil)
PUBLICIDADE

A aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 terminou no último domingo, 10 de novembro, com o menor índice de abstenção da história. Dos 5.095.388 inscritos, 23,06% (1.174.750) se ausentaram no primeiro domingo e 27,19% (1.385.579) não comparecem no segundo dia.

Opinião: qual foi a prova mais difícil do Enem 2019?

O recorde anterior era da edição do Enem de 2015 que havia tido o menor percentual de participantes ausentes no 2º dia de aplicação de provas, com 27,33%.

Confira como foi a participação no Enem dos últimos 10 anos:

Crédito: Divulgação/Inep

As provas do Enem foram aplicadas em 1.727 municípios de todo o país e o Piauí foi o estado com o menor percentual de ausentes (22%). Já o Amazonas teve o maior número de faltas (36,5%).

Veja como foi o 2º dia do Enem 2019

Veja como foi o 1º dia do Enem 2019

Apesar de ser a edição com o menor índice de ausentes, o Enem 2019 também teve o menor número de participantes desde 2010. Ao todo, 3,9 milhões de estudantes compareceram às provas. No ano passado, foram 4,1 milhões.

Eliminados

Este ano, 747 participantes foram eliminados das provas do Enem 2019. No primeiro domingo (03/11), 376 participantes descumpriram as regras e foram eliminados, assim como aconteceu com mais 371 inscritos no segundo dia de provas.

De acordo com o Inep, a maioria das eliminações foi causada por porte de equipamentos eletrônicos, ausência das salas de aplicação antes do horário permitido, não atendimento das orientações dos fiscais de prova e recusa de identificação por meio da biometria.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Vazamento da prova

No primeiro dia de provas, uma foto da redação do Enem começou a circular nas redes sociais poucos minutos após o início de aplicação do exame. De acordo com o MEC, o vazamento da imagem não gerou prejuízo para os participantes, já que todos haviam passado pelos procedimentos de segurança e estavam em sala de aula.

Imagem da prova de reação do Enem que
circulou na internet (Crédito: Reprodução)

Mais: Estudantes e professores comentam tema da redação do Enem 2019

O caso está sendo investigado pela Polícia Federal e, no último sábado (9), houve busca e apreensão na casa de duas mulheres do Ceará, suspeitas de terem fotografado a prova de redação. Elas participaram da aplicação do exame. 

Durante coletiva de imprensa no domingo, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, comentou o vazamento da imagem.

“Tem uma pessoa no Ceará... essa pessoa, sim, a gente tem que escangalhar a vida dela. O que ela tentou fazer é terrorismo", disse Weintraub.

O ministro também afirmou que a polícia vai continuar cuidando do caso.

Já no segundo dia, fotos da prova foram divulgadas em um aplicativo de mensagens às 16h30, sendo que os candidatos só poderiam se ausentar dos locais de aplicação com a prova após as 18h. A veracidade das imagens foi comprovada pelo MEC. O ministro também minimizou o ocorrido, alegando que não houve danos ao exame, mas que o responsável seria um homem de 18 anos que já havia sido identificado e que deve responder processo.

Reaplicação 

Os participantes que se sentiram prejudicados por problemas logísticos na aplicação das provas têm até o dia 18 de novembro para solicitar a reaplicação do Enem 2019. A reaplicação é voltada aos participantes que tiveram problemas com desastres naturais, falta de energia elétrica, estrutura imprópria para a prova ou erro em procedimento do aplicador que tenha prejudicado a prova. 

A solicitação não significa que o participante terá direito à reaplicação das provas, mas os casos serão avaliados pela Comissão de Demandas do Inep. A reaplicação será feita nos dias 10 e 11 de dezembro e as provas seguem o mesmo modelo do exame regular.

Solicite a reaplicação do Enem 2019

Gabarito

O Brasil Escola, em parceria com o Oficina do Estudante, realizou a correção comentada dos dois dias de prova do Enem 2019. Clique aqui para conferir o gabarito extraoficial do exame.

Na próxima quarta-feira, 13 de novembro, o gabarito oficial do Enem será divulgado pelo Inep. Já o resultado do exame é esperado para janeiro de 2020.

Para mais informações acesse a Página do Inep ou consulte o Especial Enem 2019 do Brasil Escola.

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola