gameofarcade.com seo statistics
Topo
pesquisar
Em 29/10/2013 13h53, atualizado em 30/10/2013 15h43

Revalida

Especial

Médicos com diplomas obtidos no exterior precisam ser aprovados nessa prova para poderem exercer sua profissão no Brasil. Por Adriano Lesme
PUBLICIDADE

Ingressar na carreira de Medicina não é nada fácil. O curso é o mais concorrido da maioria dos vestibulares, seja de universidade pública ou particular, e possui um dos custos mais altos. Pensando em driblar a concorrência e as altas mensalidades do curso no Brasil, vários vestibulandos optam por fazer Medicina no exterior. Os principais destinos são Argentina, Bolívia e Cuba.

Mas se engana quem pensa que o diploma de Medicina obtido no exterior é válido no Brasil. As vantagens em conseguir o diploma de médico em outras terras podem não pesar muito quando se comparadas ao Revalida. O Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) é obrigatório para médicos (brasileiros ou estrangeiros) com diploma no exterior que desejam exercer a profissão no Brasil.

O Revalida tem o objetivo de unificar o processo de revalidação em consonância com as diretrizes curriculares nacionais dos cursos de Medicina. Ele cobra habilidades e competências das cinco grandes áreas da carreira: Cirurgia; Medicina de Família e Comunidade (MFC); Pediatria; Ginecologia-Obstetrícia; e Clínica Médica.

Com relação à estrutura, o Revalida é realizado em duas etapas, sendo a primeira composta por uma prova objetiva, com questões de múltipla escolha, e uma prova discursiva. Na segunda etapa é realizada a avaliação de habilidades clínicas.

O índice de aprovação do Revalida é baixo. Na edição de 2013, por exemplo, entre os 1.595 inscritos, apenas 155 (menos de 10%) conseguiram ser aprovados no exame e tiveram seus diplomas revalidados. O nível de dificuldade do exame é alto e os médicos formados em universidades de baixa qualidade têm dificuldades em ser aprovados. Por isso, a facilidade de ingresso e as mensalidades acessíveis podem não valer a pena se a instituição não tiver estrutura boa o suficiente para preparar seus alunos para o Revalida.

Atualmente, 36 universidades estão autorizadas a aplicar o Revalida. As inscrições geralmente são realizadas em setembro, no site do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais ), e no ato de inscrição o médico deve indicar em qual instituição pretende revalidar seu diploma. A taxa é de R$ 100 para a primeira etapa do exame e os classificados para a segunda etapa precisam pagar mais R$ 300. Veja abaixo as instituições que aderiram ao Revalida:

Centro-Oeste
- Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)
- Universidade Federal de Goiás (UFG)
- Universidade de Brasília (UNB)
- Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)

Nordeste
- Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
- Universidade Federal do Ceará (UFC)
- Universidade Federal do Piauí (UFPI)
- Universidade Federal de Alagoas (UFAL)
- Universidade Federal da Bahia (UFBA)
- Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)
- Universidade Federal de Sergipe (UFS)
- Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
- Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
- Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (UNCISAL)
- Universidade Estadual do Ceará (UECE)
- Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC)

Norte
- Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
- Universidade Federal do Acre (UFAC)
- Universidade Federal de Roraima (UFRR)
- Universidade Federal de Rondônia (UNIR)
- Universidade do Estado do Amazonas (UEA)

Sudeste
- Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
- Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
- Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)
- Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)
- Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)
- Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)
- Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)
- Universidade de Taubaté (UNITAU)

Sul
- Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFGRS)
- Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
- Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
- Universidade Federal do Paraná (UFPR)
- Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
- Universidade Estadual de Londrina (UEL)
- Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE)
- Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB)

  • Relacionados
Medicina é uma profissão que oferece prestígio social e salário elevado
Guia de Profissões
Medicina
PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola