Topo
pesquisar
Em 07/11/2016 07h51, atualizado em 07/11/2016 09h01

Enem 2016: PF deflagra operações para reprimir fraudes

Notícias

No total, 50 mandados judiciais serão cumpridos em oito estados pelas duas operações. Por Wanja Borges
PUBLICIDADE

A Polícia Federal (PF), com o auxílio do Ministério Público Federal e do Inep, deflagrou as Operações Embuste e Jogo Limpo para reprimir fraudes no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016, que foi aplicado neste fim de semana, dias 5 e 6 de novembro, em mais de 16 mil locais de prova.

Veja outros episódios de fraudes no Enem

Confira a correção comentada do Enem 2016

Deflagrada na tarde de ontem, 6, em Minas Gerais, a Operação Embuste consiste no cumprimento simultâneo de quatro mandados judiciais de prisão temporária, quatro de condução coercitiva, 15 de busca e apreensão e cinco de sequestros de bens. 

Neste caso, os envolvidos já teriam fraudado vestibulares que aconteceram em Mineiros/GO, nos dias 15 e 16 de outubro, e em Vitória da Conquista/BA, nos dias 22 e 23, este segundo para ingresso no curso de Medicina. Agora, as investigações apontaram repasse dos gabaritos do Enem, por celular. 

Já a Operação Jogo Limpo pretende cumprir 22 mandados de busca e apreensão nos estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Paraíba, Tocantins, Amapá e Pará de pessoas que teriam apresentado respostas suspeitas de fraude e que fariam a prova do Enem novamente este ano. 

Eliminações

Este ano, 768 candidatos foram eliminados do Enem 2016, sendo 567 no primeiro dia e 201 no segundo. Destes, 7 se recusaram a realizar a coleta do dado biométrico e 120 apontaram irregularidades no detector de metais, que passou a ser utilizado em todos os participantes, na entrada e na saída dos banheiros.

Outros 641 foram desclassificados por portar equipamento eletrônico, ausentar-se antes do horário permitido, utilizar impressos ou não atender orientações dos fiscais, dentre outros casos de descumprimento das regras gerais.

Um candidato foi preso em flagrante neste domingo, em Fortaleza/CE, pelo uso de equipamentos eletrônicos presos ao corpo com pontos de escuta nos ouvidos. Na mesma cidade, outro estudante foi retirado do local de prova por suspeita de documento falso.

Já em Capitão Poço/PA, uma estudante foi flagrada com celular escondido em um pacote de biscoito, durante a aplicação do primeiro dia de provas. 

Provas

O Enem 2016 foi encerrado com a participação de 5.848.619 dos 8.356.215 inscritos habilitados a fazer a prova. A abstenção desta edição foi de 30,01%, sendo menor no Piauí (22,71%) e maior no Amazonas (37%). 

Os portões de acesso aos locais de prova foram abertos às 12h e fechados às 13h, conforme o horário oficial de Brasília, mas o Exame começou às 13h30. No primeiro dia, os candidatos tiveram 4h30 para responder as 45 questões objetivas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e outras 45 de Ciências Humanas e suas Tecnologias. 

Ontem, foi concedida uma hora de acréscimo para resolução de 90 questões de múltipla escolha de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias e produção da Redação, cujo tema foi “Os caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil”.

Por conta das ocupações em 405 locais de prova, 271.033 candidatos realizarão o Enem 2016 nos dias 3 e 4 de dezembro. Já para as pessoas privadas de liberdade e jovens em medida socioeducativa, o Exame acontece nos dias 13 e 14 seguintes.

O Vestibular Brasil Escola, em parceria com o Colégio Oficina do Estudante, de Campinas/SP, disponibilizou, gratuitamente e em tempo real, a resolução comentada dos dois dias de prova. O gabarito oficial será publicado na quarta-feira, 9, e a divulgação do resultado final está prevista para 19 de janeiro de 2017.

*Com informações da Agência Brasil

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola