Topo
pesquisar
Em 26/09/2017 11h22, atualizado em 26/09/2017 11h30

UFRGS terá comissão de avaliação de cotas a partir do ingresso de 2018

Notícias

Instituição também passará a reservar 25% das suas vagas para pessoas com deficiência. Por Wanja Borges
PUBLICIDADE

O Conselho Universitário da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) aprovou na última sexta-feira, 22 de setembro, mudanças na sua Política de Ações Afirmativas. As alterações passarão a valer já nos próximos processos seletivos com ingresso em 2018.

Clique aqui e confira as mudanças na Política de Ações Afirmativas da UFRGS em detalhes

Uma das novidades diz respeito à implantação de uma Comissão Permanente de Verificação das Autodeclarações para evitar fraudes no ingresso de pretos, pardos e indígenas no Programa de Ações Afirmativas.

No caso dos indígenas, a comprovação da autodeclaração será feita por meio da apresentação de documentação com validação das lideranças da comunidade de origem ou das instituições da área.

Para autodeclarados pretos ou pardos, será considerada cor da pele e outras características fenotípicas, como tipo de cabelo, formato do nariz e dos lábios. A verificação será feita presencialmente e silenciosamente, diante de membros da comissão permanente.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Já a outra mudança garante o acesso ao Ensino Superior para pessoas com deficiência. A partir do ingresso de 2018, 25% das vagas serão destinadas para pessoas com deficiência física, auditiva, visual, intelectual, transtorno do espectro autista ou com deficiência múltipla.

Confira como será a divisão das vagas na UFRGS, a partir do ingresso de 2018:

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola