Em 14/04/2020 16h36 , atualizado em 14/04/2020 17h21

Psicólogas dão dicas para estudantes manterem a saúde mental durante isolamento

Notícias

Manter uma rotina, equilibrar prazer com dever e ter pensamentos positivos consigo e com os outros são algumas recomendações. Por Silvia Tancredi
PUBLICIDADE

Há praticamente um mês estudantes não estão frequentando escolas e cursinhos por causa da pandemia do novo coronavírus. Embora grande parte deles esteja assistindo às aulas via Ensino a Distância (EaD), a mudança de rotina e o medo de serem prejudicados no ano escolar têm gerado preocupação entre os jovens.

Especialistas da área de Psicologia analisam que é esperado que as pessoas tenham, neste momento, crises de ansiedade, depressão, aumento da agressividade e da irritabilidade e até sentimento de solidão.

Mas, para evitar que pensamentos negativos invadam ainda mais a cabeça neste período de isolamento, é importante que os estudantes cuidem da sua saúde mental, aprendendo a lidar com adversidades e reconhecendo seus limites e potencialidades.

Psicóloga Isadora Samaridi
Crédito: arquivo pessoal

Sentir-se vulnerável, ansioso, apreensivo, às vezes ter raiva, medo são reações esperadas na situação do isolamento ocasionado pela pandemia do covid-19. Porém, a psicóloga Isadora Samaridi  alerta que isso não significa fraqueza, mas que somos humanos e temos as nossas limitações. 

Saiba mais: quais os riscos que a ansiedade pode trazer para os alunos

Vestibular e Enem

Para Isadora, é comum que jovens que vão fazer vestibulares e o Enem neste ano estejam preocupados com a perda de tempo para uma preparação mais adequada. Entretanto, ela recomenda que os vestibulandos encarem esse isolamento como uma oportunidade de rever a estratégia de estudo e encontrar uma que se adapte ao atual momento.

"Antes do isolamento, reclamávamos tanto que não tínhamos tempo para nada, então a dica é que aproveite, olhe para seus hábitos, reveja, faça um novo planejamento e não pare", aconselha a psicóloga

A psicóloga Graciana Assunção também aconselha ao estudante tentar viver o presente sem deixar se dominar por pensamentos antecipatórios de o que pode acontecer. "Fazer o que for possível sem se cobrar demais por produtividade também ajuda, já que essa situação que estamos vivendo provoca mais desgaste de energia e, com isso, é comum nosso rendimento ficar baixo", analisa a psicóloga.

Leia também: dicas para estudar em casa durante a pandemia do coronavírus

 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Como manter a saúde mental?

Psicóloga Graciana Assunção
Crédito: arquivo pessoal

Pra manter a saúde mental em dia nesta época de estudos durante a pandemia do coronovírus, é importante adotar medidas e atitudes, mesmo que sejam em casa. Confira algumas dicas das psicólogas:

  • Mantenha uma rotina, pois ela ajuda o cérebro a se organizar e ter melhor rendimento;
  • Equilibre prazer com dever;
  • Tenha pensamentos positivos consigo e com os outros;
  • Reconheça e aceite seus limites e possibilidades;
  • Mantenha hábitos alimentares e de sono;
  • Faça atividades físicas dentro de casa (mesmo que seja apenas um alongamento ou dançar na frente do espelho!);
  • Pratique exercícios de respiração e meditação.

Ambas as profissionais indicam, ainda, acompanhamento psicológico. Por causa da quarentena do coronavírus, estão sendo feitos atendimentos on-line, por exemplo. 

Saiba mais: como a psicologia ajuda estudantes no período pré-vestibular e Enem

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES