Topo
pesquisar
Em 12/11/2019 17h26

Após Enem, estudantes voltam atenção para as provas de vestibular

Notícias

Por Adriano Lesme
Maria Eduarda vai fazer as provas da Unesp, Unicamp, Fuvest e Unifesp. Crédito da Foto: Oficina do Estudante
Maria Eduarda vai fazer as provas da Unesp, Unicamp, Fuvest e Unifesp. Crédito da Foto: Oficina do Estudante
PUBLICIDADE

As provas do Enem 2019 encerraram no último domingo, 10 de novembro, mas para muitos estudantes a jornada de provas está apenas começando. Unesp, Unicamp, USP, UERJ, UFRGS, UFSC, ITA, UFAM, UnB e outras grandes universidades do país têm provas agendadas para as próximas semanas.

A primeira fase do Vestibular 2020 da Universidade Estadual Paulista (Unesp) é nesta sexta-feira, 15, feriado da Proclamação da República. Mais de 95 mil candidatos disputam 7.725 vagas.

No próximo domingo, 17, começa o Vestibular 2020 da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Os 72,8 mil inscritos concorrem a 3.340 vagas nos cursos em Campinas, Limeira e Piracicaba.

Ainda neste mês, no dia 24, mais de 130 mil candidatos iniciam as provas da Fuvest, considerado o maior vestibular do país. O processo seletivo oferece 8.317 vagas em cursos da Universidade de São Paulo (USP). 

Veja as datas dos principais vestibulares do Brasil:

Novembro
Dia 15: 1ª fase Unesp; 1ª fase Uece
Dia 17: 1ª fase Unicamp; Acafe; Unespar; UPE
Dias 23 e 24: UFRGS; UFLA
Dia 24: 1ª fase Fuvest; 2ª fase UEMA; Cederj; UFGD; UFRR
Dias 24 e 25: 2ª fase UFPR; UENP
Dia 30: UFRGS

Dezembro
Dia 1: UFRGS; 1ª fase ITA; PUC-SP; UFAM; UFMS; UnB
Dias 4 e 5: Mackenzie
Dias 7 a 9: UFSC e UFFS
Dia 8: Fatecs
Dias 8 e 9: UEM
Dias 12 e 13: 2ª fase ITA; Unifesp
Dia 15: Etecs; UEG
Dias 15 e 16: 2ª fase Unesp; 2ª fase Uece; Uneb

O que fazer na reta final?

Maria Eduarda Xavier, de 18 anos, fez as provas do Enem e agora se prepara para encarar os vestibulares da Unesp, Unicamp, Fuvest e Unifesp. A estudante do Curso Oficina do Estudante, de Campinas, conta que estuda o dia todo durante a semana. “Eu saio do cursinho às 16h e depois estudo até as 23h.” 

Nesses dias que antecedem às provas, Maria Eduarda diz gosta de fazer mapas mentais e resolver exercícios. “Estou revendo todos os exercícios da Unesp e Unicamp nesta semana, depois vou fazer o mesmo com Fuvest e Unifesp”, relata a vestibulanda de Medicina.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Resolver provas de vestibulares anteriores também é uma das estratégias adotadas pela estudante Tainara Azevedo, de 19 anos. “Minha preparação está sendo basicamente resolver exercícios. Conforme faço o exercício, eu reviso uma matéria”, conta a estudante do Cursinho da Poli. Ela vai tentar uma vaga no curso de Engenharia Mecânica nos vestibulares da Unesp, Fuvest, Unicamp e Mauá.

Tainara Azevedo
Tainara resole exercícios antes das provas
Crédito: arquivo pessoal

Preparo mental

Gustavo Eufrásio
Gustavo pratica esportes para controlar a ansiedade
Crédito: arquivo pessoal

A parte psicológica é importante para conseguir superar a maratona de provas de vestibular. Gustavo Ferreira, de 19 anos, sabe disso e procura ter uma preparação mais tranquila antes das provas. “Como já estudei bastante durante o ano inteiro, preferi dar uma diminuída no ritmo de estudo agora para chegar 100% nas provas.”

Gustavo, que é estudante do cursinho Objetivo, de São Paulo, gosta de praticar esportes como forma de relaxar e diminuir a ansiedade. Também procura dormir bem e cuidar da alimentação. Todo esse cuidado é para chegar com a cabeça tranquila nas provas da Unesp, Unicamp, Fuvest, Unifesp, Famerp e Famema e conseguir uma vaga no curso de Medicina.

Tainara também sabe da importância de preparar a mente para as provas. “Se você vai com a cabeça lá na lua de tanto nervosismo, não vai conseguir colocar em prática tudo que estudou no ano”. A estudante conta que entende que não vai conseguir resolver todas as questões, mas que isso não deve ser encarado como um problema.

“Eu entendo e aceito que não vou dar conta de tudo, que tudo bem em pular uma questão, pois fazer uma prova de vestibular não é questão de honra, mas de técnica”. (Tainara Azevedo).

Como forma de controlar a ansiedade, Tainara e Maria Eduarda contam que, apesar dos estudos, procuram conseguir tempo para sair com a família e amigos. “Ano de vestibular é puxado, mas não podemos ultrapassar nossos limites”, alerta a estudante de Campinas.

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola