Whatsapp
Em 07/01/2021 16h00 , atualizado em 07/01/2021 16h06

Tocar na máscara não causará eliminação do Enem 2020

Notícias

Participantes também não são obrigados a trocar de máscara a cada três horas, embora seja recomendado. Por Adriano Lesme
PUBLICIDADE

Circula nas redes sociais uma imagem informando que tocar na parte frontal da máscara causará a eliminação do Enem 2020, o que não é verdade. Em relação à máscara, o participante só será eliminado se não usá-la.

A imagem foi publicada em alguns perfis do Twitter e compartilhada em grupos de Whatsapp. Ela contém a seguinte mensagem: "Importante lembrar que, a troca da máscara deve ser feite (sic) de 3 em 3 horas. Outra coisa, não há restrição quanto ao modelo, estampa e cor da máscara. É importante frisar, que se o candidato tocar na parte frontal da máscara (será automaticamente eliminado)".

A informação falsa é atribuída ao site Portal Nacional da Educação, mas não se sabe se foi realmente o site que produziu a imagem. O Brasil Escola tentou entrar em contato com o site, mas ainda não fomos respondidos. Também entramos em contato com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e aguardamos resposta.

Imagem compartilhada nas redes sociais traz informação falsa sobre uso de máscara no Enem

O que diz o edital

O Edital do Enem 2020, no item 12.6, informa: "Durante a identificação do participante, será necessária a retirada da máscara de proteção à Covid-19, sem tocar sua parte frontal, prosseguida da higienização das mãos com álcool em gel próprio ou fornecido pelo aplicador, antes de entrar na sala de provas". No entanto, o item 12 descreve os procedimentos de identificação, não de eliminação.

Dois itens do edital relacionam a máscara à possibilidade de eliminação. São eles:

14.1.2 Permanecer no local de provas sem documento de identificação válido, conforme itens 12.2 e 12.4, e sem a máscara de proteção à Covid-19.

14.1.29.1 O participante que não utilizar a máscara cobrindo totalmente o nariz e a boca, desde sua entrada até sua saída do local de provas, será eliminado do Exame, exceto para os casos previstos na Lei nº 14.019, de 2020, aos quais será dispensado o uso da máscara.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os profissionais da saúde recomendam não tocar na parte frontal da máscara, pois facilita o acesso das partículas virais ao nariz e à boca, mas o participante não será eliminado se tocar.

Os participantes também não serão obrigados a trocar de máscara a cada três horas, embora seja, de fato, recomendado pelos órgãos de saúde. Por isso, será permitido que o estudante leve uma ou duas máscaras reservas para troca durante o exame. As máscaras serão verificadas pelos fiscais para evitar possíveis infrações.

Como o edital do Enem permite ao participante levar lanche, será permitido tirar a máscara para se alimentar e/ou tomar água.

Qual máscara usar no Enem?

Segundo o edital, a máscara deve cobrir totalmente o nariz e a boca do participante. Não há instrução sobre o modelo, cor e material de fabricação da máscara.

A recomendação de médicos é que a máscara seja de tecido ou descartável, que se adeque bem ao rosto e não cause incômodo, pois o participante ficará várias horas com ela.

Orientações

Em julho, o Inep divulgou novos editais contendo algumas medidas de prevenção ao coronavírus e, desde então, tem liberado mais informações sobre novas medidas de proteção aos participantes e todo o público que envolve a aplicação das provas. Veja abaixo as principais informações:

1) Os participantes deverão, obrigatoriamente, usar máscara de proteção facial desde a entrada no local de prova até a saída, assim como os acompanhantes de mães que estiverem amamentando. A máscara deverá cobrir a boca e o nariz do participante, que poderá ser eliminado do Enem caso não respeite a determinação;

2) Os procedimentos de fiscalização, como identificação do participante, vistoria de materiais, lanches e artigos religiosos, serão realizados respeitando o isolamento entre as pessoas;

3) A ida ao banheiro será controlada e os estudantes terão que higienizar as mãos na entrada e saída dos banheiros;

4) Sala especial aos participantes que fazem parte do grupo de risco ao contagio do Covid-19. As salas especiais terão, no máximo, 12 pessoas. Se encaixam no grupo os seguintes participantes: gestantes, lactantes, idosos e pessoas com condições médicas preexistentes, como cardiopatias, doenças pulmonares crônicas, diabetes, obesidade mórbida, hipertensão, doenças imunossupressoras e oncológicas;

5) Haverá aumento na quantidade de locais de aplicação da prova e diminuição do número de pessoas em uma única sala de aula. A estimativa é que a aplicação seja feita em 205 mil salas, distribuídas por 14 mil pontos de aplicação em todo o país;

6) Pessoas que estiverem com Covid-19 ou outras doenças transmissíveis nos dias do Enem 2020 poderão solicitar a reaplicação das provas. O pedido será recebido antes do exame, pela Página do Participante.

As provas do Enem 2020

As provas do Enem 2020 serão aplicadas nos dias 17 e 24 de janeiro, versão impressa, e nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro, versão digital. Os portões dos locais de prova serão fechados às 13h, horário de Brasília, e as provas serão aplicadas a partir das 13h30.

Leia: Cartão com locais de prova do Enem 2020 já pode ser acessado

  • 1º dia: 5h30 de duração

- 45 questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (Língua Portuguesa, Literatura, Educação Física, Artes e Língua Estrangeira)
- 45 questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias (Filosofia, Geografia, História e Sociologia)
- Redação

  • 2º dia: 5h de duração

- 45 questões de Matemática e suas Tecnologias
- 45 questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias (Biologia, Química e Física)

Relacionados
O Inep liberou hoje o Cartão de Confirmação da Inscrição do Enem 2020 com as principais informações sobre a aplicação da prova. Acesse o documento!
O Inep informou hoje, 24/11, novas medidas de segurança para a aplicação do Enem 2020. Veja as informações!
A Defensoria Pública da União (DPU) fez novo pedido de tutela de uma ação cível pública para o adiamento do Enem 2020. Veja mais!
O Inep informou que os participantes do Enem 2020 com Covid-19 deverão solicitar a reaplicação do exame antes dos dias de prova. Veja as instruções!
O Inep informou que vai abrir os portões do Enem 2020 mais cedo. Medida visa evitar aglomerações em locais de prova.
O manual "A redação do Enem 2020: cartilha do Participante" foi divulgado pelo Inep para auxiliar os mais de 5,7 milhões de inscritos para as provas.
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES