Topo
pesquisar
Em 17/04/2018 12h33, atualizado em 17/04/2018 12h33

Quantas questões tem o Enem e como funciona a prova

Enem

O Enem é aplicado em dois dias e é composto por 180 questões objetivas e uma redação Por Lorraine Vilela Campos
Enem conta com 180 questões divididas em quatro áreas do conhecimento e uma redação
Enem conta com 180 questões divididas em quatro áreas do conhecimento e uma redação
PUBLICIDADE

Vai participar do Enem 2018 nos dias 4 e 11 de novembro? Então fique por dentro de como são as provas do Exame Nacional do Ensino Médio, que completa 20 anos!

Veja também: Como estudar para o Enem 2018

O Enem é um exame que tem o conteúdo baseado na grade curricular das disciplinas do ensino médio. Suas provas trabalham com eixos temáticos e se dividem por áreas, podendo trazer questões de uma única matéria ou de forma interdisciplinar. 

Abaixo você confere como são divididas as áreas do conhecimento no Enem 2018:

Ciências Humanas e suas Tecnologias =>  História, Geografia, Sociologia e Filosofia
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias =>  Português, Língua Estrangeira - Espanhol ou Inglês, Artes, Literatura, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação
Ciências da Natureza e suas Tecnologias =>  Física, Química e Biologia
Matemática e suas Tecnologias => Matemática (álgebra, geometria etc)
Redação

Quantas questões tem o Enem?

O Enem é composto por 180 questões objetivas e uma proposta de redação. As perguntas objetivas são de múltipla escolha, com cinco alternativas de resposta para cada (representadas pelas letras A,B,C,D e E). 

=> 1º dia: 45 questões de Ciências Humanas
                 45 questões de Linguagens e Códigos
                 Redação

=> 2º dia: 45 questões de Matemática
                 45 questões de Ciências da Natureza

Os enunciados (perguntas) são formados por textos que contextualizam a questão para que o estudante possa escolher a alternativa. Algumas disciplinas contam com quadros, histórias em quadrinhos e gráficos em suas perguntas. O Enem exercita a capacidade de interpretação textual e visual do participante com esse formato de prova. 

Questão de Ciências Humanas exige a interpretação da Arte no contexto histórico
Clique para ampliar a imagem

Como é o caderno de provas?

O estudante receberá um caderno de provas no início de cada dia do Enem 2018. O material será composto da seguinte maneira:

Capa: Informações sobre o Enem; código de barras de identificação; informação sobre o número de questões e sua divisão; instruções para preenchimento do cartão-resposta; opção de cor a ser assinalada pelo estudante e frase de identificação para verificação ortográfica.

  • Dados pessoais: os dados pessoais do estudante estão presentes no caderno para evitar que as provas sejam trocadas e o exame seja fraudado. É importante verificar se todas as informações estão corretas. Se houver algum erro, o fiscal de sala deve ser informado para que o problema seja solucionado.
  • Cor: o Inep fabrica cadernos de provas do Enem em quatro diferentes cores. O estudante precisa marcar a cor da prova que recebeu para facilitar a correção do gabarito. As questões que constituem o exame são as mesmas para todos os participantes, mas elas mudam de ordem em cada uma das provas. A medida é para evitar que haja “cola” entre os estudantes. 
  • Frase: o caderno de provas do Enem tem uma frase em sua capa. Este texto deve ser transcrito pelo estudante. O objetivo é comparar a caligrafia com a da folha de redação, evitando assim que participantes possam fazer as provas nos lugares de outros ou que os cadernos sejam trocados. 


Provas: Os cadernos do Enem 2018 serão divididos pelas quatro áreas do conhecimento definidas para o exame. Cada prova contém 45 questões. 

  • Atenção para a Língua Estrangeira: somente as cinco questões de Língua Estrangeira estão presentes de forma duplicada na prova de Linguagens e Códigos. O estudante só responderá as cinco perguntas do idioma que escolheu (Inglês ou Espanhol), deixando a prova da outra língua em branco. 
  • O estudante que não informar a Língua Estrangeira no momento da inscrição fará a prova de Inglês, segundo o regulamento do Enem.
  • As questões de Linguagens e Códigos são do número 1 ao 45.
  • As questões de Ciências Humanas são do número 46 ao 90. 
  • As questões de Ciências da Natureza são do número 91 ao 135.
  • As questões de Matemática são do número 136 ao 180.
  • A prova de redação está presente após a última questão de Linguagens e Códigos e antes da parte de Ciências Humanas. 
  • Há uma folha somente para rascunho da redação.

Folhas de resposta

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Em cada um dos dias do Enem 2018, os estudantes receberão o cartão-resposta somente com os números das questões e as letras das alternativas. 
  • O cartão-resposta não pode ser rasurado. Se houver erro na marcação que dificulte a leitura óptica do corretor automático, a questão é anulada. 
  • Cada círculo deve ser preenchido totalmente (pintado) com caneta de tinta preta. 
  • A redação tem uma folha de resposta exclusiva para a transcrição do texto. A dissertação também deve ser escrita em caneta de tinta preta para que possa ser corrigida. 


Como é a redação do Enem?

A redação é a única parte discursiva do Enem 2018. O texto tem que ser transcrito na folha específica, a qual é identificada por um número de código de barras. 

O Inep exige que o texto tenha o mínimo de 7 linhas e o máximo de 30. Redações em branco ou abaixo do mínimo de linhas serão desclassificadas, dando zero automático para o participante. 

A redação do Enem não exige título, por isso, não será descontada nota de quem não colocá-lo. Se houver título, ele contará com uma linha da redação. 

O Inep disponibiliza textos de apoio ou materiais gráficos (mapas, infográficos, quadros, fotos ou charges) para que o estudante tenha uma base sobre o assunto. O tema da redação é sempre um “desafio”, sendo que o estudante deve escrever uma “proposta de intervenção”, ou seja, uma solução para o problema apresentado. 

Prova de redação do Enem 2017 – clique para ampliar

Como é corrigida a prova do Enem?

O número de acertos nas provas objetivas não corresponde à nota que o estudante terá no Enem 2018. O Inep utiliza um método chamado Teoria de Resposta ao Item (TRI), no qual a pontuação varia conforme o nível de dificuldade da pergunta, quantas pessoas acertaram a questão e qual a probabilidade de acerto com chute. 

Veja ainda: Como é a calculada a nota do Enem

Já a redação é corrigida por competências, sendo que cada uma vale o máximo de 200 pontos, o que possibilita que o estudante tire no máximo mil pontos. As competências da redação do Enem são:

1) Domínio da norma padrão da Língua Portuguesa;
2) Compreensão do tema proposto para a redação;
3) Forma como as informações são selecionadas e organizadas no texto;
4) Demonstração de conhecimento da língua para argumentação na redação;
5) Elaboração de uma proposta de solução para os problemas abordados, respeitando os valores e considerando as diversidades socioculturais.

Leia também: Como é corrigida a redação Enem?

Alguns critérios levam ao zero automático na redação:

=> Fuga total ao tema;
=> Desobediência à estrutura dissertativo-argumentativa;
=> Texto com até 7 linhas;
=> Palavrões, desenhos e outras formas propositais de anulação ou parte do texto que esteja desconectada do tema proposto;
=> Redação em branco, mesmo com texto em rascunho.
=> Cópia do texto motivador.

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola