Topo
pesquisar
Em 30/06/2015 00h01, atualizado em 30/06/2015 07h45

Fies 2015: prazo para renovação é prorrogado até 20 de julho

Notícias

Os estudantes devem renovar os contratos para que não haja a perda do financiamento. Por Lorraine Vilela Campos
PUBLICIDADE

Foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira, 30 de junho, a Portaria nº 251 do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que prorroga para o dia 20 de julho o prazo para a realização dos aditamentos de renovação de contratos de financiamento concedidos pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) 2015. Esta é a terceira vez que a data é alterada. 

Entenda o Fies

Também foi adiado, para a mesma a data, o prazo para realização de transferência integral de curso ou de instituição de ensino, de solicitação de dilatação do prazo de utilização do financiamento e para realização de aditamento de suspensão temporária do financiamento referente ao 2º semestre de 2013 e aos 1º e 2º semestres de 2014.

Segunda edição

O Ministro da Educação confirmou na sexta-feira, 26 de junho, a abertura de 61,5 mil novos contratos na segunda edição do Fies em 2015. O Edital com as datas e instruções será publicado em 3 de julho. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Mudanças

Serão priorizados os cursos com nota 4 e 5 nas avaliações do Ministério da Educação (MEC). De acordo com Janine Ribeiro, o objetivo é financiar graduações com maior qualidade. Entretanto, alguns com conceito 3 também terão novos contratos. 

Outra alteração é o aumento no número de financiamentos nas regiões Centro-Oeste, exceto Distrito Federal, Norte e Nordeste. A medida visa reduzir as desigualdades regionais. No entanto, Sul e Sudeste também contarão com novos contratos.

O MEC vai priorizar algumas áreas de formação, tais como Engenharia, Licenciaturas e cursos de Saúde. Segundo o ministro, a escolha tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento de tais setores no país. No entanto, outras graduações continuam recebendo financiamento do programa.

Juros

Os juros do Fies sofrerão um reajuste, passando de 3,4% para 6,5. De acordo com o ministro, o valor está alinhado à inflação atual. Além disso, o MEC conseguiu um desconto de 5% nos valores praticados pelas instituições.

Por Lorraine Vilela

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola