Em 07/10/2014 12h28 , atualizado em 07/10/2014 14h01

Equações no Enem

Enem

É constante a ocorrência de questões sobre equações no Enem, sejam elas do 1°grau, do 2° grau ou mesmo de 3° ou 4° grau. Por Amanda Gonçalves Ribeiro
Relembre como se resolvem equações e não tenha dúvidas no Enem!
Relembre como se resolvem equações e não tenha dúvidas no Enem!
PUBLICIDADE

Olá, galera! Vocês já observaram a quantidade de questões envolvendo equações na prova de Matemática e suas Tecnologias do Enem? As equações estão sempre presentes, sejam elas do 1°, do 2° ou de outro grau, o certo é que você vai encontrá-las em várias questões! Que tal então relembrar esses dois tipos de equações? 

As equações do 1° grau podem aparecer explícitas, envolvidas em algum problema ou em meio a tabelas e gráficos. Mas independentemente de como elas vierem, a forma de resolvê-las não varia muito. Em geral, a equação de 1° grau é do tipo ax + b = 0, em que a e b são os coeficientes da equação (a ≠ 0), e x é a variável. Uma equação do 1° grau pode ter apenas uma solução ou nenhuma.

As equações do 2° grau também podem aparecer de diversas formas, mas sempre obedecerão a um mesmo padrão:  ax² + bx + c = 0 (a, b e c são os coeficientes da equação (a ≠ 0), e x é a variável). Uma equação do 2° grau pode ter duas soluções, uma ou nenhuma.

Existem formas alternativas para resolver uma equação do 2° grau incompleta, mas, em geral, podemos sempre utilizar a fórmula de Bhaskara ao nos depararmos com equações do 2° grau. Utilizando Bhaskara, basta substituir os coeficientes na seguinte equação:

Em sua prova, podem ainda aparecer questões que envolvam equações de 3° grau, de 4° grau (biquadradas) e outras. O ideal é que você procure aproximá-las de uma equação de 2° grau para facilitar seu desenvolvimento.
Vamos ver a resolução comentada de questões anteriores do Enem que apresentaram equações:

Questão com Equações no Enem de 2010

Desde 2005, o Banco Central não fabrica mais a nota de R$ 1,00 e, desde então, só produz dinheiro nesse valor em moedas. Apesar de ser mais caro produzir uma moeda, a durabilidade do metal é 30 vezes maior que a do papel. Fabricar uma moeda de R$ 1,00 custa R$ 0,26, enquanto uma nota custa R$ 0,17, entretanto, a cédula dura de oito a onze meses.
Disponível em: http://noticias.r7.com. Acesso em: 26 abr. 2010.

Com R$ 1 000,00 destinados a fabricar moedas, o Banco Central conseguiria fabricar, aproximadamente, quantas cédulas a mais?
a) 1 667.
b) 2 036.
c) 3 846.
d) 4 300.
e) 5 882.

Resolução:

De acordo com o texto, gasta-se R$ 0, 26 para produzir uma moeda de um real e apenas R$ 0,17 para produzir uma nota de mesmo valor. Para saber quantas moedas ou cédulas podem ser produzidas com determinado valor, basta fazer o quociente entre o valor empregado e o custo da moeda ou da cédula. Claramente podemos ver que, com um mesmo investimento, podem ser produzidas mais cédulas do que moedas. 

Para determinar quantas cédulas seriam produzidas a mais (x), vamos determinar a diferença entre o quociente das cédulas e das moedas. De forma simplificada, temos a seguinte equação:

x =  valor empregado  –  valor empregado 
        custo por cédula      custo por moeda 

O enunciado informa que o valor empregado é de R$ 1 000,00. Já sabemos que o custo por moeda é de R$ 0,26 e por cédula é de R$ 0,17. Sendo assim, temos:

x =  1 000  –  1 000 
        0,17        0,26 
x ≈ 5 882,34 – 3 846,14
x ≈ 2 036,2
 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Portanto, com R$ 1 000,00, podem ser produzidas cerca de 2 036 cédulas a mais do que moedas de um real. A alternativa que indica a resposta correta é a letra b.

Questão com Equações no Enem de 2010

Um laticínio possui dois reservatórios de leite. Cada reservatório é abastecido por uma torneira acoplada a um tanque resfriado. O volume, em litros, desses reservatórios depende da quantidade inicial de leite no reservatório e do tempo t, em horas, em que as duas torneiras ficam abertas. Os volumes dos reservatórios são dados pelas funções V1(t) = 250t³ - 100t + 3000 e V2(t) = 150t³ + 69t + 3000.

Depois de aberta cada torneira, o volume de leite de um reservatório é igual ao do outro no instante t = 0 e, também, no tempo t igual a
a) 1,3 h.
b) 1,69 h.
c) 10,0 h.
d) 13,0 h.
e) 16,9 h.

Resolução:

Para descobrir em qual momento será igual o volume de leite nos dois reservatórios, basta igualar V1(t) e V2(t). Sendo assim, temos:

250t³ – 100t + 3000 = 150t³ + 69t + 3000
250t³ – 100t = 150t³ + 69t + 3000 – 3000 
250t³ – 100t = 150t³ + 69t 

Temos aqui uma equação do 3° grau, pois o maior índice da variável t é 3. Como dissemos anteriormente, o ideal é tentar transformar essa igualdade em uma equação do 2° grau. Para tanto, observe que todos os termos estão acompanhados de t. Podemos então dividir toda a equação por t:

250t³100t = 150t³ + 69t
 t          t             t         t
250t² – 100 = 150t²+ 69
250t² – 150t² – 100 –  69 = 0
100t² – 169 = 0

Podemos resolver essa equação do 2° grau de duas formas diferentes. Primeiramente vamos utilizar a fórmula de Bhaskara, lembrando que a = 100, b = 0 e c = – 169:

∆ = b² – 4.a.c
∆ = 0² – 4.100.(– 169)
∆ = 67600


t = – b ± √∆
      2.a
t = – 0 ± √67600
      2.100
t =  ± 260
      200
t1 = 260 = 1,3
      200        
t2 = – 260 = – 1,3
      200      
  

Como estamos falando de tempo, podemos descartar o resultado negativo. Sendo assim,  t1 = 1,3 h. Portanto, a resposta correta é a letra a

Vamos resolver essa equação incompleta do 2° grau de uma forma alternativa, sem utilizar a fórmula de Bhaskara:

100t² – 169 = 0
100t² = 169
t² = 169
       100

t = √169 
    √100
t = 13
      10
t = 1,3

Observe que obtivemos o mesmo resultado, logo, como dito anteriormente, não há uma única forma de resolver uma equação do 2° grau.

Se você deseja aprender um pouco mais sobre equações, confira os exercícios que selecionamos para você: 

- Equação do 1º grau com Duas Incógnitas
- Equação do 1º Grau com uma Incógnita;
- Problemas Envolvendo o Uso de Equações;
- Exercícios sobre Equações e os problemas matemáticos.


Bons estudos!

Artigos Relacionados
Confira dicas de como normalmente as operações frações são cobradas nas questões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
Confira nossas dicas sobre proporção no Enem para não errar na hora de resolver as questões sobre esse tema!
Você sabia que haverá pelo menos uma questão sobre Equação Logarítmica no Enem deste ano? Confira nossas dicas para não restar dúvidas na hora da prova!
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES