Topo
pesquisar
Em 19/09/2019 12h53

Enem 2019: 385 mil pessoas trabalharão nos dois dias de provas

Notícias

Balanço foi divulgado nesta quinta-feira, 19 de setembro, faltando 45 dias para o exame. Por Lorraine Vilela Campos
PUBLICIDADE

Com 45 dias para o início do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou que 385 mil colaboradores trabalharão nas provas que serão aplicadas para 5,1 milhões de estudantes em 3 e 10 de novembro.

Tire suas dúvidas sobre o Enem 2019

No Enem, cada sala de aplicação tem um chefe e um fiscal de provas. Além disso, há fiscais de corredor, coordenadores e assistentes de coordenação de prova. São 147 mil salas de aulas que recebem o exame, as quais estão em 10.134 locais de todos os estados brasileiros e o distrito federal. 

Veja também: Quando e como é elaborada a prova do Enem

De acordo com o Inep, foram impressos 10,3 milhões de cadernos de provas, material que foi enviado em 54 mil malotes destinados às 11.227 coordenações. O Enem mobiliza mais de 100 parceiros em sua logística, incluindo polícias federal, civil, rodoviária federal e militar; exército; corpo de bombeiros e secretarias de segurança pública.

Dos 5,1 milhões de inscritos, o Enem 2019 terá 50 mil participantes que farão as provas adaptadas. O atendimento especial se divide em específico (grávidas e lactantes, idosos e pessoas em classe hospitalar) e especializado (pessoas com algum tipo de deficiência que necessitem de adaptação dos cadernos de provas, auxílio com ledor ou intérprete, salas adaptadas e outros recursos). 

Quem pode trabalhar no Enem?

O Inep conta com a Rede Nacional de Certificadores (RNC), a qual é composta por servidores públicos federais e professores das redes estadual ou municipal de ensino. Os colaboradores do Enem também são constituídos de pessoas que integram os bancos das Fundações Cesgranrio e Getúlio Vargas (FGV), consórcio aplicador do exame. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Em 2019, o Inep conta com 60 mil certificadores a serem capacitados para a aplicação do exame. A certificação já começou e será feita para todos os servidores e professores participantes até o início de outubro. O treinamento é feito em ambiente online, em plataforma desenvolvida em parceria com o Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (CAEd/UFJF).

Como será o Enem 2019?

O Enem 2019 segue o modelo de provas dos últimos 10 anos: 180 questões objetivas e redação. 

  • 1º dia: 45 questões de Linguagens e Códigos + 45 de Ciências Humanas + Redação
  • 2º dia: 45 questões de Ciências da Natureza + 45 de Matemática

Os locais de prova serão disponibilizados em outubro, informações que serão detalhadas no Cartão de Confirmação de Inscrição (CCI). O documento não é obrigatório para os dias de prova, mas o Inep recomenda que o estudante leve-o impresso para se localizar nos dias do Enem 2019.

Uma novidade informada pelo Inep recentemente é que os participantes que estiverem com identidade ou outros documentos de identificação com foto vencidos poderão utilizar os originais da documentação nos dias de prova. 

Resultado do Enem

O resultado do Enem 2019 será publicado em janeiro de 2020. As notas poderão ser usadas como forma de ingresso no ensino superior Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 2020, pelo Programa Universidade Para Todos (ProUni) 2020 e pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).  

Assista às nossas videoaulas

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola