Topo
pesquisar
Em 27/05/2014 16h13, atualizado em 05/06/2014 10h09

Abordagem da Globalização no Enem

Enem

A globalização no Enem pode ser cobrada de diferentes formas, exigindo do candidato a capacidade de interpretação e a avaliação crítica. Por Rodolfo F. Alves Pena
A globalização e suas inter-relações podem estar presentes na prova do Enem
A globalização e suas inter-relações podem estar presentes na prova do Enem
PUBLICIDADE

Olá, pessoal! A dica de hoje é sobre a Globalização no Enem. Vamos lá!?

O Enem apresenta uma tendência de abordar temas que possuam certa atualidade, ou seja, que se relacionem com eventos ou acontecimentos que sejam de relevância para o contexto atual da sociedade. Por esse motivo, além de estudar os temas básicos da Geografia, é preciso sempre estar informado através do acompanhamento de notícias tanto na mídia televisiva quanto na impressa e, também, na internet. 

Nesse sentido, a Globalização emerge como um dos principais temas a serem abordados pela banca examinadora, haja vista que todos os seus conceitos e efeitos podem ser visualizados direta ou indiretamente nas sociedades do mundo contemporâneo. Portanto, a globalização no Enem é uma oportunidade de compreender as relações geopolíticas e sociais à luz dos estudos da Geografia. 

Mas o que é a Globalização?

A globalização é, de modo geral, vista como o processo de integração e inter-relação mundial envolvendo a economia, a cultura, a informação e, claro, os fluxos de pessoas. Esse fenômeno instrumentaliza-se pela difusão e avanço dos meios de transporte e comunicação, haja vista que regiões distantes, antes tidas como isoladas umas das outras, integram-se plenamente.

O termo Globalização, apesar de ser considerado por muitos um processo gradativo que se iniciou com a expansão marítima europeia, difundiu-se no meio intelectual apenas a partir da década de 1980. Assim, a sua consolidação ocorreu na segunda metade do século XX em diante, com a difusão do neoliberalismo, a propagação de tecnologias, a integração econômica e comercial entre os países, a formação e expansão dos blocos econômicos e o fortalecimento das instituições internacionais, tais como a OTAN e a ONU. Além disso, os principais agentes da globalização são, sem dúvidas, as empresas transnacionais, também conhecidas como multinacionais ou globais.

Como pode ser cobrada a Globalização no Enem?

A globalização no Enem é um daqueles temas que surgem na prova e, muitas vezes, o candidato nem percebe. Quem estuda esperando uma pergunta mais direta, sobre o que é e quais são os efeitos da Globalização tende a frustrar-se. Os seus conceitos principais, no entanto, podem aparecer mesclados a outras questões, inclusive de outras matérias além da Geografia, como Português e História.

Outra noção importante a ser apreendida envolve as críticas realizadas à Globalização, o que também costuma ser cobrado pela banca examinadora. Isso não significa que os professores que elaboram a prova do Enem sejam contra a globalização, mas sim que eles desejam saber se você está ou não por dentro do debate, bem como avaliar a sua capacidade de compreender criticamente esse processo. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Confira um exemplo de questão sobre Globalização no Enem de 2013:

Disneylândia
Multinacionais japonesas instalam empresas em Hong-Kong
E produzem com matéria-prima brasileira
Para competir no mercado americano
[...]
Pilhas americanas alimentam eletrodomésticos ingleses na Nova Guiné
Gasolina árabe alimenta automóveis americanos na África do Sul
[...]
Crianças iraquianas fugidas da guerra
Não obtêm visto no consulado americano do Egito
Para entrarem na Disneylândia
ANTUNES, A. Disponível em: www.radio.uol.com.br. Acesso em: 3 fev. 2013 (fragmento).

Na canção, ressalta-se a coexistência, no contexto internacional atual, das seguintes situações:
a) Acirramento do controle alfandegário e estímulo ao capital especulativo.   
b) Ampliação das trocas econômicas e seletividade dos fluxos populacionais.   
c) Intensificação do controle informacional e adoção de barreiras fitossanitárias.   
d) Aumento da circulação mercantil e desregulamentação do sistema financeiro.   
e) Expansão do protecionismo comercial e descaracterização de identidades nacionais.   
__________________________
Nesse caso, o candidato, além de compreender o fenômeno da globalização em si, precisa também exercer a sua capacidade de interpretação textual, algo que se faz necessário em praticamente todos os momentos da prova. 

O fragmento da canção em destaque, primeiramente, destaca o papel das grandes multinacionais que possuem a total liberdade de utilizar matérias-primas de um local, produzindo suas mercadorias em outro lugar para serem comercializadas no mercado americano. No entanto, essa liberdade não é gozada por crianças iraquianas que fugiram da guerra promovida pelos próprios efeitos da globalização ao terem os seus vistos de entrada nos Estados Unidos negados, sendo impedidas de conhecerem a Disneylândia.
 
Por isso, temos em evidência dois aspectos da globalização: o aumento das trocas econômicas e o controle dos fluxos populacionais, realizado principalmente pelos países desenvolvidos sobre populações oriundas de países subdesenvolvidos, o que é contemplado pela letra B do exercício. 

Portanto, podemos notar que a globalização é um importante tema que tende a ser abordado nos próximos anos na prova do ENEM, sendo cobrado tantos os seus conceitos quanto as suas críticas. Ao mesmo tempo, a globalização também apresenta uma grande possibilidade de ser encarada em interdisciplinaridade com outras áreas do conhecimento. 

Clique aqui e aqui para resolver alguns exercícios sobre globalização e prepare-se para a prova!

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola