Topo
pesquisar
Em 19/01/2018 07h49, atualizado em 19/01/2018 08h33

O que vem depois do resultado do Enem 2017?

Blog da Redação

O artigo não representa a opinião do site. A responsabilidade é do autor do texto.

Depois de comemorar a aprovação do Enem, é preciso ficar atento aos prazos de inscrições dos programas e processos seletivos Por Érica Caetano
A aprovação do Enem traz muita euforia aos estudantes
A aprovação do Enem traz muita euforia aos estudantes
PUBLICIDADE

Foi divulgado ontem, 18 de janeiro, o resultado da edição de 2017 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), cujas provas foram aplicadas aos candidatos nos dias 05 e 12 de novembro de 2017.

Não é novidade para ninguém que o Enem é a porta de entrada no ensino superior para milhares de estudantes. Mas muitos ficam perdidos sem saber qual o próximo passo a ser dado após ter o resultado do maior exame educacional do país em mãos.

Agora que já sabe que foi aprovado, é hora de agir, já que muitos programas e processos seletivos que utilizam o Exame já estão com inscrições abertas ou abrirão nos próximos dias. Confira:

- Vestibulares

Você já pode ingressar em instituições que aceitam o desempenho no Enem. Para isso, é preciso ficar atento ao período de inscrições dos processos seletivos das Universidades. Muitas aceitam o ingresso integral, outras de forma parcial, sendo usado somente na primeira fase ou como parte da nota ou ainda para o preenchimento de vagas remanescentes.

Você também pode entrar na universidade do seu interesse ao participar de programas educacionais do governo. Nesse caso, também é necessário apresentar as notas do Enem. Mas, antes, para avaliar se tem essa possibilidade, é sugerido que seja calculada antes a sua média no Enem. 

Veja quais são esses programas:

SiSU

Grande parte das universidades federais adotam o Sistema de Seleção Unificada (SiSU) como forma de ingresso. São realizadas duas edições, sendo uma em janeiro e outra em julho. O prazo de inscrições costuma ser curto, por isso é necessário acompanhar o cronograma divulgado pelo MEC.

Para participar, é preciso ter feito as provas do último Enem sem ter zerado a redação. É necessário fazer o cadastro no site do programa e candidatar-se à vaga do seu interesse. Se as suas notas forem maiores que a nota de corte do SiSU, você será selecionado. 

As inscrições para a 1ª edição de 2018 começarão a ser recebidas no próximo dia 23, seguindo até o dia 26. Esta edição ofertará 239.601 vagas, as quais já podem ser consultadas a partir deste link.  Pela consulta é possível ver quais as vagas por curso, cidade ou instituição de ensino.

Durante o período de inscrição, os candidatos poderão escolher duas opções de graduação e terão a possibilidade de mudar sua escolha até o último dia do cadastro no SiSU. 

ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) oferta bolsas de estudo em universidades particulares. Somente podem se inscrever os candidatos que fizeram a última edição do Enem e tiraram, no mínimo, 450 na média das cinco provas e não zeraram a redação.  

As inscrições são feitas em período estipulado pelo MEC e em site próprio. A edição de 2018 já divulgou o seu cronograma. O prazo de cadastros será de 06 a 09 de fevereiro. 

Para candidatos com renda familiar mensal de até 1,5 salário-mínimo a inscrição pode ser feita para bolsas integrais. Já as bolsas parciais podem ser solicitadas por aqueles cuja renda familiar não exceda 3 salários-mínimos.

Fies

Quem fez as provas do Enem também pode utilizar o desempenho alcançado para financiar sua graduação por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). São exigidas as mesmas médias que o ProUni e o cadastro também é feito no site do programa. 

É necessário que curso desejado seja autorizado pelo MEC e a comprovação do estudante de possuir renda familiar mensal de até três salários-mínimos por pessoa. 

As regras do Novo Fies foram sancionadas no final de 2017 e as inscrições para a oferta de 310 mil vagas para este ano a juros zero devem ser abertas no mais tardar no mês de fevereiro. De qualquer forma, é bom ficar alerta durante o mês de janeiro para que nenhuma informação passe batida.

No Novo Fies, os participantes terão três opções de financiamento, os quais são separados por requisitos. Dentro das categorias do novo modelo, estudantes de baixa renda poderão concorrer às vagas com juros zero. 

Portugal com o Enem

O Enem também é uma das formas de seleção de estudantes brasileiros em algumas instituições portuguesas. São Universidades e Institutos que celebraram um convênio interinstitucional com o Inep para viabilizar o ingresso dos estudantes brasileiros em seus cursos de graduação. Veja aqui quais são elas!

Para concorrer às vagas disponibilizadas, os candidatos precisam ter média dentro das expectativas do curso ao qual se deseja candidatar. Para saber se a nota obtida no exame brasileiro está dentro dos critérios, os estudantes podem acessar os sites das Universidades e tomar conhecimento do processo de cálculo dos resultados alcançados nas provas.

Programe-se e não perca a oportunidade de ingressar no ensino superior e no curso desejado!

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola