Em 02/03/2020 15h04 , atualizado em 02/03/2020 15h43

Atualidades Vestibular e Enem - fevereiro de 2020

Atualidades

Primeiros casos do coronavírus no Brasil e motim da PM do Ceará estão entre as principais notícias de fevereiro. Por Lorraine Vilela Campos
Anúncio do 1º caso de coronavírus no Brasil - Crédito da Foto: José Cruz/Agência Brasil
Anúncio do 1º caso de coronavírus no Brasil - Crédito da Foto: José Cruz/Agência Brasil
PUBLICIDADE

A paralisação da Polícia Militar (PM) no Ceará e os motins dos policiais, além da confirmação dos dois primeiros casos do Novo Coronavírus (Covid-19) no Brasil são alguns dos acontecimentos que marcaram o mês de fevereiro no país. Mundialmente, a doença continua avançando e cresce o número de mortos, o que reflete na economia de diferentes nações. 

Como temas da atualidade caem em vestibulares e no Enem, o Brasil Escola traz um resumo do que foi assunto nos noticiários do Brasil e do mundo. As informações completas podem ser conferidas nos links em negrito, basta clicar que você será redirecionado para as páginas do UOL e da Agência Brasil. 

Corona Vírus

Brasil

    • Operação Regresso

A Operação Regresso trouxe ao Brasil 31 repatriados que estavam em Wuhan, epicentro do coronavírus, e 3 diplomatas. Os brasileiros chegaram à base aérea de Anápolis em 9 de fevereiro e ficaram em quarentena até o dia 21/02. 

Além dos 34 brasileiros que vieram da China, 24 integrantes da equipe de apoio também ficaram em isolamento no hotel de trânsito. Durante o período de quarentena, todos passaram por três exames clínicos e o Covid-19 foi descartado

    • Primeiros casos do Covid-19 no Brasil

O primeiro caso do novo coronavírus no Brasil foi confirmado pelo Ministério da Saúde em 26 de fevereiro, tratando-se de um homem de 61 anos que veio da Itália recentemente. O paciente apresentou os sintomas e procurou um hospital em São Paulo para fazer o teste, o qual deu positivo. Para a confirmação, houve a necessidade de uma contraprova e o resultado também foi positivo. 

Saiba como o coronavírus pode cair no vestibular e Enem

Três dias após o primeiro caso de Covid-19 confirmado no Brasil, uma nova confirmação foi anunciada. O vírus foi adquirido na Itália, mas o homem de 32 anos teve seu diagnóstico ao procurar atendimento médico em São Paulo. 

Os dois brasileiros com o Covid-19 encontram-se em bom estado clínico e não estão internados. O Brasil foi o primeiro país da América Latina a registrar casos do Novo Coronavírus. O número de suspeitas pode mudar ao longo dos dias, mas o último balanço divulgado pelo Ministério da Saúde informa que 252 pessoas estão em monitoramento. 

Covid-19 pelo mundo

Mais de 89 mil casos de Covid-19 foram confirmados em cerca de 50 países. O número de mortes contabilizado até o momento é superior a 3 mil. Apesar do avanço mundial, o novo coronavírus tem baixa letalidade, cerca de 2%. Dos infectados, mais de 45 mil já se recuperaram. 

É possível acompanhar em tempo real o número de casos confirmados, o total de recuperados e quantidade de mortes no mapa do Centro de Ciência e Engenharia de Sistemas da Universidade Johns Hopkins. O painel traz dados atualizados da Organização Mundial de Saúde(OMS), dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), da Comissão Nacional de Saúde da República Popular da China e do Dingxiangyuan (rede social para profissionais de saúde). 

Origem do Coronovírus dos dois casos confirmados em brasileiros, a Itália é o país com maior registro da doença fora da Ásia: mais de 1,1 mil casos, sendo 50 pessoas recuperadas, enquanto 34 mortes foram confirmadas. 

Além da China (epicentro do vírus), o Irã é o país com maior número de mortes pelo Covid-19: são quase 50 mortos pelo novo coronavírus. Em 28 de fevereiro, os Estados Unidos ofereceram ajuda ao governo iraniano para o combate à doença, já que o país do Oriente Médio não conta com estrutura para enfrentar o surto.

Notícias no Brasil

Greve dos policiais no Ceará

Policiais militares fizeram motim por não concordarem com o pacote de reajuste salarial anunciado pelo Governo do Ceará. Durante o mês de fevereiro, manifestantes depredaram e queimaram carros oficiais, tentaram impedir outros PMs de trabalhar e invadiram batalhões. A greve é considerada ilegal entre policiais.

Em 19 de fevereiro, o senador licenciado Cid Gomes tentou furar com uma retroescavadeira um bloqueio de policiais amotinados no 3º Batalhão da Polícia Militar de Sobral. Em um megafone, ele pediu que os PMs saíssem do local com seus parentes e demais pessoas que ali estivessem, dando aos manifestantes cinco minutos para se retirarem. Ao avançar sobre o motim, Cid Gomes (PDT) foi baleado. Os dois tiros não atingiram órgãos vitais, o político passou a noite na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e posteriormente foi transferido para Fortaleza, não apresentando risco de morte. 

Motim de policiais no Ceará
Policiais encapuzados impedem outros policiais de trabalharem
Crédito: reprodução TV UOL

Com o aumento da violência no estado e a permanência do motim, o governador Camilo Santana (PT) solicitou ao Governo Federal o envio de tropas militares. O Exército Brasileiro chegou em Fortaleza em 21 de fevereiro e passaram a atuar na região por meio do decreto de Garantia de Lei e da Ordem. O Ceará também teve o apoio da Força Nacional, equipe comandada Ministério da Justiça e formada por policiais de outros estados.

Os três poderes se uniram e formaram uma comissão para encontrar a solução para o motim dos PMs. Antes do fim do mês, membros do executivo, legislativo e judiciário no Ceará fizeram propostas aos manifestantes, mas sem sucesso. O acordo veio somente em 1º de março, ocasião em que os policiais aceitaram encerrar a paralisação.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Bolsonaro ofende jornalista

O presidente Jair Bolsonaro ofendeu a jornalista Patrícia Campos Mello, repórter do jornal Folha de S.Paulo, em 18 de fevereiro. A fala sexista foi dada ao comentar o depoimento de Hans River, ex-funcionário da Yacows, agência de disparos de mensagens em massa por WhatsApp, na CPI das Fake News no Congresso. 

Em depoimento, Hans River alegou que a jornalista se insinuou para ele em troca de uma reportagem sobre o disparo de mensagens na campanha presidencial. Em contestação, o jornal Folha de S.Paulo divulgou mensagens de texto e áudios desmentindo Hans. Ao ser questionado sobre a declaração do ex-funcionário da Yacows, Bolsonaro disse, aos risos: “Ela queria um furo. Ela queria dar o furo a qualquer preço contra mim”. 

Pelas falas sexistas e misóginas, um grupo formado por 71 senadores e deputados entrou com uma representação contra Bolsonaro na Procuradoria-Geral da República. De acordo com a notícia da Agência Senado, a alegação foi de que o presidente “quebrou o decoro exigido para o cargo máximo do país ao se utilizar de declarações potencialmente falsas para fazer insinuações levianas, sexistas, machistas e misóginas contra a jornalista”. 

Chuvas 

As chuvas em São Paulo foram as mais volumosas para o mês de fevereiro em 77 anos, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O maior volume foi registrado em 10 de fevereiro, dia que um temporal causou estragos em São Paulo e região metropolitana. Marginais foram tomadas pelo transbordamento de rios, como foram os casos de Tietê e Pinheiros; alagamentos atingiram casas e prédios. A Ceagesp teve que descartar 7 mil toneladas por conta das inundações. 

O estado de Minas Gerais também foi afetado pelas chuvas de fevereiro. Belo Horizonte registrou 52% de volume acima da média para o mês. O período foi o mais chuvoso em 41 anos, de acordo com Inmet

Várias capitais sofreram com enchentes em fevereiro
Crédito: arquivo Marcelo Camargo/Agência Brasil

Notícias internacionais

Oscar

A 92ª edição do Oscar foi realizada em 9 de fevereiro, em Los Angeles/EUA. Pela primeira vez, a maior premiação do cinema mundial teve um longa estrangeiro como "Melhor Filme", ineditismo conquistado pelo sul-coreano Parasita (que também levou o prêmio de "Melhor Filme Estrangeiro". 

O Brasil esteve presente no Oscar 2020 pelo documentário Democracia em Vertigem, da diretora Petra Costa, que narra sua versão sobre o impeachment de Dilma Rousseff. No entanto, a vitória na categoria foi para “American Factory”. 

Protestos na Índia

Confrontos resultaram em centenas de feridos e mais de 30 mortos na Índia. O motivo é a medida adotada pelo governo do país para conceder cidadania somente às pessoas que não fossem muçulmanas, o que gerou um conflito religioso, já que os imigrantes beneficiados são oriundos de regiões majoritariamente muçulmanas. 

Os confrontos em Nova Délhi foram os mais violentos desde dezembro, época em que o governo anunciou a medida de exclusão aos imigrantes muçulmanos. No mesmo período dos protestos de fevereiro, o primeiro-ministro Narendra Modi recebeu o presidente Donald Trump na cidade de Ahmedabad, para assinar acordos militares. A recepção a Trump foi feita em um estádio com cerca de 100 mil pessoas e distante da capital indiana para abafar as manifestações. 

Morte de Hosni Mubarak

O ex-presidente do Egito, Hosni Mubarak, morreu em 25 de fevereiro, aos 91 anos. O ditador esteve no comando do país por 30 anos e foi deposto em 2011, após protestos que resultaram na Primavera Árabe. 

Acusado de conspirar para matar manifestantes, Mubarak ficou preso por seis anos, mas ganhou a liberdade posteriormente ao ser absolvido após um apelo da promotoria. 

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES