Topo
pesquisar
Texto-A+A

Banco de Redações

abril

Tema: Uso de armas químicas e biológicas: até que ponto pode chegar a capacidade humana de destruição?
PUBLICIDADE

Na última terça-feira, dia 04 de abril, pelo menos 80 pessoas foram mortas após um ataque com armas químicas na Síria. Esse lamentável fato traz à tona um sentimento de incredulidade na humanidade e também uma reflexão sobre a terrível capacidade do homem de matar a todo custo por uma causa. Inúmeros questionamentos podem ser levantados. Até que ponto uma guerra é legítima? Matar a população civil indiscriminadamente e com armas químicas não teria que ser algo inimaginável? 

No mês de abril, o tema do Banco de Redações do Brasil Escola é o seguinte:  Uso de armas químicas e biológicas - até que ponto pode chegar a capacidade humana de destruição?

Para satisfazer a proposta de redação do mês de abril, você deverá construir um texto dissertativo-argumentativo respondendo ao questionamento da proposta, demonstrar domínio da norma culta da língua, mobilizar diversas áreas do conhecimento, ou seja, seu conhecimento de mundo para desenvolver o tema, respeitando a estrutura do texto dissertativo-argumentativo e apresentando uma proposta de intervenção. Além disso, você deve levar em consideração os textos apresentados na coletânea.

Saiba como fazer uma boa dissertação e conheça também as características deste gênero textual​.

ATENÇÃO: as redações serão corrigidas de acordo com os critérios do ENEM, seguindo seu método de análise e pontuação, assim como suas regras. 

Atenção aos motivos que podem zerar sua redação:
1) Fuga total ao tema;
2) Não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa;
3) Texto com até 7 linhas;
4) Impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação ou parte do texto deliberadamente desconectada do tema proposto;
5) Desrespeito aos direitos humanos;
6) Redação em branco, mesmo com texto em rascunho.
7) Cópia do texto motivador

Cronograma para envio de redações:
1º período: 6 a 13
2º período: 15 a 20
3º período: 22 a 29

Evite enviar a redação pelo celular. A estrutura do texto pode ficar comprometida e o corretor ortográfico do celular pode trocar as palavras.

As correções estarão disponíveis a partir das do dia 3 de maio.

Enviou seu texto em março de 2017? Acesse aqui a correção.

Não sabe como começar seu texto? Então confira algumas dicas aquiaqui e aqui.

Elabore sua redação considerando as ideias a seguir:

“(…) atualmente, o uso de armas químicas, bem como de quaisquer tipos de armas de destruição em massa, é expressamente proibido por convenções internacionais, apoiadas pela ONU. Os principais motivos dessa proibição são, além da destruição em massa, o tipo de morte provocado, que vai desde a asfixia até a deformação completa do corpo, e o possível uso desse tipo de arma contra a população civil. (…) Os ataques com nuvens tóxicas produziam efeitos diferentes de acordo com o tipo de gás empregado. O mais devastador era o do gás à base de iperita ou “gás mostarda.” Tinha esse nome por causa do cheiro picante de mostarda que ele provocava. Além de asfixia e ressecamento das vias respiratórias, esse tipo de gás provocava também erupções na pele, cegueira instantânea e ruptura dos vasos sanguíneos, dando aos soldados uma aparência disforme e monstruosa.” (Cláudio Ribeiro – Guerras Brasil Escola)

“Qualquer guerra é um espetáculo sangrento e abominável. Mas até para matar há limites: as armas não devem causar ferimentos supérfluos, cruéis, desumanos ou degradantes. Isso em teoria. Pois o homem inventa, produz, armazena e está pronto para usar um arsenal tão perverso que até a tênue ética da mortandade fica manchada. São as armas químicas, chamadas “bomba atômica dos pobres”, pois podem ser preparadas em qualquer país que disponha de uma indústria de fertilizantes químicos ou pesticidas medianamente desenvolvida.” (Fátima Cardoso - Superinteressante)


Redações corrigidas



BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola