Topo
pesquisar
Em 18/09/2017 07h27, atualizado em 18/09/2017 11h03

Nutricionista X Nutrólogo

Orientação Vocacional

Nutrição e nutrologia apresentam diferenças que vão desde a formação acadêmica até o exercício da profissão. Por Wanja Borges
Tanto a nutrição, quanto a nutrologia, atuam no âmbito alimentar
Tanto a nutrição, quanto a nutrologia, atuam no âmbito alimentar
PUBLICIDADE

Apesar de atuarem no âmbito alimentar, principalmente com desequilíbrios nutricionais, e de terem semelhanças, inclusive no nome, as profissões de nutrólogo e nutricionista possuem diferenças que devem ser consideradas pelos vestibulandos na hora de escolher qual carreira seguir. 

As particularidades vão desde a formação acadêmica até o exercício da profissão, portanto, nada melhor do que conhecê-las para, então, decidir qual atividade se encaixa melhor no seu perfil, preferências e habilidades.

Pensando em facilitar esse processo de compreensão e, principalmente, de definição para os estudantes que ainda estão indecisos entre nutrição e nutrologia, o Brasil Escola conversou com profissionais da área para entender suas semelhanças e diferenças.

Nutrólogo

Nutrólogo
O nutrólogo diagnostica e trata doenças relacionadas à alimentação, a exemplo da anemia

Segundo a Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN), a nutrologia é a especialidade médica que estuda, pesquisa e avalia os benefícios e malefícios causados pela ingestão dos nutrientes, aplicando este conhecimento para a avaliação de nossas necessidades orgânicas, visando a manutenção da saúde e redução de risco de doenças, assim como o tratamento das manifestações de deficiência ou excesso.

Isso significa que, para atuar como nutrólogo, o estudante precisa cursar o bacharelado em Medicina, cuja duração média é de seis anos, se especializar na área de nutrologia e optar por uma das três áreas de atuação reconhecidas: Nutrição Parenteral e Enteral, Nutrição Parenteral e Enteral Pediátrica, Nutrologia Pediátrica. Além de estudar alterações metabólicas e investigar doenças relacionadas ao excesso ou falta de nutrientes, o nutrólogo também é o profissional responsável por prescrever medicações.

O nutrólogo e membro da ABRAN, Dr. Ribamar Cruz, reitera que o nutrólogo é o único profissional que está habilitado a receitar medicamentos para ajudar no tratamento da disfunção nutricional. “Existem algumas pessoas que possuem doenças crônicas, ou seja, patologias que precisam de tratamento contínuo e não se resolverão apenas com alimentação saudável e atividade física”, explica.

“É muito comum que um primeiro contato seja com o nutricionista, mas quando boa alimentação e exercícios físicos não resolvem, é preciso um algo a mais para resolver o problema”. (Dr. Ribamar Cruz)

Nutricionista

Nutricionista
Já o nutricionista tem um conhecimento mais específico sobre os alimentos

Já a nutrição visa a promoção, manutenção e recuperação da saúde por meio da assistência dietética e da educação nutricional, segundo o Conselho Federal de Nutricionistas (CRF). Neste caso, o profissional é graduado em Nutrição, curso de bacharelado ministrado em cinco anos, e também pode ser especializado em Alimentação Coletiva, Nutrição Clínica, Saúde Coletiva, Nutrição em Esportes ou Fitoterapia, especialidades reconhecidas pelo órgão.

Beatriz Amorim, nutricionista pós-graduada em Nutrição Clínica, conta que a área de nutrição é ampla. “O profissional nutricionista está capacitado a atuar desde a segurança alimentar até prescrição dietética, abrangendo todas as áreas do conhecimento que a alimentação e nutrição possam ser aplicadas”, define Beatriz.

“A Nutrição é essencial no processo de prevenção de doenças, tanto na atuação coletiva como na individual”. (Nutricionista Beatriz Amorim)

Vale ressaltar, ainda, que o nutricionista é o único profissional habilitado para a prescrição dietética e que, por isso, assim como o médico, ele também pode solicitar exames laboratoriais necessários ao acompanhamento dietoterápico ou prescrever suplementos nutricionais e fitoterápicos necessários à complementação da dieta. Além disso, ele é o profissional habilitado para calcular calorias e estipular o que e quanto cada paciente deve comer, conforme cada caso, enquanto o nutrólogo é habilitado apenas para dar orientações alimentares gerais.

Atuação conjunta

Apesar das especificidades de cada profissão, o nutricionista e o nutrólogo também podem atuar em parceria para potencializar os resultados buscados pelo paciente, quando necessário. Cruz lembra que as competências dos dois profissionais se complementam e, por isso, “não só podem, como devem trabalhar juntos” em muitos casos.

Um deles é quando o paciente apresenta patologia nutricional. “Nesses casos, os profissionais devem trabalhar em conjunto, pois o médico é habilitado para fechar o diagnóstico, direcionar a terapêutica para a doença e, então, encaminhar o paciente para o nutricionista, que é habilitado para prescrever a dieta adequada para a patologia específica”, complementa Amorim.

Confira as principais diferenças entre as duas profissões:

 

  • Relacionados
A profissão de Psicologia analisa o comportamento e pensamentos das pessoas
Orientação Vocacional
Psicólogo x Psiquiatra
A procura por engenheiros aquece o mercado para esses profissionais
Orientação Vocacional
Qual Engenharia é a minha cara?
Apesar de diferentes, muitos estudantes ainda têm dúvidas se prestam vestibular para Medicina ou Direito
Orientação Vocacional
Medicina ou Direito?
Medicina é uma profissão que oferece prestígio social e salário elevado
Guia de Profissões
Medicina
O nutricionista atua desde a segurança alimentar até a prescrição dietética
Guia de Profissões
Nutrição
PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola