Topo
pesquisar
Em 04/01/2019 09h00, atualizado em 04/01/2019 13h47

Primeiro lugar no Vestibular 2019 do ITA conta como foi sua preparação

Notícias

Goiano de 20 anos passou no vestibular mais difícil do Brasil na sua quarta tentativa. "Não sou um gênio, minha aprovação é fruto de muita dedicação." Por Silvia Tancredi
Luciano fez três anos de cursinho para passar no vestibular 2019 do ITA
Luciano fez três anos de cursinho para passar no vestibular 2019 do ITA
PUBLICIDADE

Depois de dois anos tentando ingressar no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), Luciano Jacob Filho colocou-se uma meta: ou passava no vestibular em 2018 ou deixava o sonho de lado. Resultado: o sonho não só se realizou, como ele conseguiu ser selecionado em primeiro lugar. 

O resultado do vestibular 2019 do ITA saiu no dia 20 de dezembro de 2018. Mais de 10 mil candidatos de todo o País fizeram as provas. Ao todo, foram oferecidas 110 vagas em cursos da área de Engenharia. Luciano escolheu a carreira de Engenharia Aeroespacial.

Jornada

O goianiense de 20 anos decidiu que queria fazer o vestibular do ITA, considerado o mais difícil do país, quando estava no segundo ano do ensino médio em Goiânia. “Percebi que a maioria das pessoas não conseguia resolver as questões e eu conseguia”, comenta. O jovem, então, convenceu seus familiares que seria melhor mudar de cidade e fazer a preparação no Poliedro, cursinho de São José dos Campos (SP) específico para o ITA.

Luciano relata que quando começou a preparação no novo colégio se deu conta do tamanho do desafio. “Antes de fazer o vestibular, achei que seria fácil, que não seria isso tudo que as pessoas falavam. Mas, durante a preparação, percebi que era completamente diferente, que eu era só mais um. Pensei que nunca daria certo.”

No seu primeiro vestibular, Luciano ficou bem próximo da nota de corte dos selecionados. Ele chegou a passar em outros vestibulares, mas estava realmente focado no ITA.

O jovem relembra que, depois que concluiu o ensino médio, voltou para Goiânia, fez um ano de cursinho, quando recebeu uma bolsa de estudo para estudar em Fortaleza. "Era uma proposta boa, com moradia, alimentação e escola. Além disso, vi que muitos aprovados no ITA são de Fortaleza, então achei uma boa me mudar novamente", explica Luciano.

No entanto, Luciano não se adaptou à capital do Ceará. “Não tive sintonia com a cidade, minhas notas pioraram no terceiro vestibular e cheguei a falar para os meus pais que desistiria.” Estava desestimulado, mas contou com o apoio da namorada, que ressaltou os bons resultados do rapaz. Resolveu insistir mais um ano, pela quarta e última vez, e voltou para o cursinho em São José dos Campos.

“Coloquei na minha cabeça que seria meu último vestibular do ITA, independente do resultado."

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Preparação

Luciano passou em primeiro lugar no
vestibular 2019 do ITA

Segundo o jovem, a preparação para as provas foi árdua. No ano passado, teve que se adaptar à mudança pela qual passou o vestibular do ITA. A partir desta edição, o processo seletivo contou com duas etapas, sendo uma objetiva e outra discursiva. 

“Com a mudança no vestibular, tive que alterar minha estratégia de estudos também. Fiz simulados começando por provas objetivas de disciplinas diferentes. Percebi que, iniciando com inglês, em meia hora estava livre para mandar bala nas outras provas da área de exatas”, explica. 
 
Luciano comenta que praticamente fez todas as provas anteriores de vestibulares do ITA. “Resolver questões anteriores é essencial. Se o cursinho me indicava uma lista de exercícios, fazia também. Fui criando um modelo de estudo muito bom na minha cabeça”.

Veja também: 10 dicas para passar no Vestibular do ITA

Em 2018, ele afirma que deixou tudo de lado, se dedicou ao máximo à preparação, estudando todas as horas possíveis. 

“Não vou falar em horas por dia. Todas as horas estava estudando. Estudei muito, muito mesmo."

Apesar do primeiro lugar, Luciano não se considera um gênio. Ele faz questão de contar para estudantes que desejam passar no ITA que sua conquista é resultado de muita dedicação.“A minha aprovação é muito mais fruto da dedicação do que genialidade. Não sou gênio, quero deixar isso bem claro. Eu sou um cara que estudei muito, muito mesmo, dei a minha vida e eu passei.”

Aprovação

Luciano relembra que, no dia do resultado, soube primeiro da aprovação de dois amigos próximos. Chegou a ficar triste, achando que não havia passado, quando a mãe dele o aconselhou a ficar tranquilo, que logo ligariam. Em seguida, o telefone tocou. “Quando vi que o DDD era 12 (São José dos Campos), já atendi comemorando”, relata Luciano. A notícia do primeiro lugar só veio horas depois.

No dia 13 de janeiro, Luciano vai se apresentar ao ITA. Em seguida, fará a prova de saúde e terá aulas para entender a hierarquia militar. “Minha vida está realizada. Estou muito feliz. Penso em seguir carreira militar. Me dou bem com hierarquia. Gosto disso”, ressalta. 

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola