Topo
pesquisar
Em 18/12/2018 08h58, atualizado em 18/12/2018 09h05

Confira a provas e a análise da 2ª fase do Vestibular 2019 da Unesp

Notícias

Questões discursivas e redação foram aplicadas nos dias 16 e 17 de dezembro para mais de 44 mil candidatos. Por Lorraine Vilela Campos
PUBLICIDADE

Os cadernos das provas da segunda fase do Vestibular 2019 da Universidade Estadual Paulista (Unesp) já estão disponíveis. Esta etapa da seleção foi realizada domingo, 16 de dezembro, e ontem (17), no período da tarde. Dos 50.499 candidatos classificados para a última parte do processo seletivo, 5.800 não compareceram.

Confira as provas da 2ª fase da Unesp

A segunda etapa do Vestibular da Unesp foi realizado em 31 cidades paulistas e Brasília (DF), Campo Grande (MS), Curitiba (PR) e Uberlândia (MG).

No primeiro dia desta segunda fase, os candidatos tiveram que responder 12 perguntas de Ciências Humanas (História, Geografia, Filosofia e Sociologia) e 12 de Ciências da Natureza e Matemática (Biologia, Física, Matemática e Química). Já o segundo trouxe uma redação e 12 perguntas de Linguagens e Códigos (Língua Portuguesa e Literatura, Língua Inglesa, Educação Física e Arte). 

Como foi a segunda fase?

Para o diretor pedagógico do colégio e cursinho Oficina do Estudante, Célio Tasinafo, a segunda fase da Unesp decepcionou por não trazer inovações no conteúdo cobrado.

"Uma prova sem qualquer surpresa e, podemos mesmo dizer, sem qualquer criatividade. A exemplo da primeira fase, a banca optou por cobrar temas clássicos do ensino médio" - Célio Tasinafo

O diretor pedagógico acredita que há pouca margem de erro para os participantes, já que os temas abordados eram recorrentes no ensino médio. "Considerando que o repertório dos alunos que chegaram à segunda fase é vasto e que a grande maioria conhecia os temas cobrados, a dificuldade ficou por conta da organização formal das respostas e da administração do tempo de prova". Para Tasinafo, o Vestibular se divide em conteúdo e estratégia. 

  • Primeiro Dia

De acordo com Célio, as questões de Filosofia e Sociologia foram as mais exigentes da parte de Ciências Humanas, já que cobraram maior repertório, habilidade de escrita e argumentação dos estudantes.

Em História, Tasinafo considera que a disciplina teve temas batidos, como a canção "Mulheres de Atenas" para perguntar sobre a condição da mulher na cidade-estado grega e o quadro "Tiradentes Esquartejado", de Pedro Américo, para questionar as condições econômicas, sociais e políticas dos primeiros anos da república brasileira. No entanto, o diretor pedagógico chama a atenção para a questão que teve um texto de Henfil, publicado em 1977, com uma metáfora de um divórcio para "reivindicar" o fim do Ato Institucional 5 (AI-5).

Em Geografia, o educador dá destaque para a questão sobre a fusão entre Bayer e Monsanto e o controle de mais de um quarto da produção de pesticidas e sementes no mundo, o que deu um tom atual para esta etapa do Vestibular. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Sobre Matemática e Ciências da Natureza, Tasinafo considera que as provas fugiram da realidade dos estudantes. Diferente de exames como o Enem, a Unesp não apresentou para os candidatos temas contextualizados com o contidiano, o que leva os participantes a questionarem o motivo de estudarem tais assuntos se não há uma aplicação prática. 

  • Segundo Dia

A disciplina que se destacou neste segundo dia de provas, na opinião de Tasinafo, foi Inglês. Presente em Linguagens e Códigos, as perguntas abordaram temas como os monstros e o imaginário em diferentes épocas históricas. 

Esperada por muitos, a redação abordou o consumismo. "Com uma coletânea óbvia e que não abria espaço para reflexões mais significativas, os candidatos foram levados a produzir um texto, que, na melhor das hipóteses, pode ser classificado de protocolar", ressalta Tasinafo. 

Como foi a etapa anterior?

A Unesp aplicou a primeira fase do Vestibular em 25 de outubro, contando com 98.435 inscritos no Vestibular. As provas foram compostas por 90 questões objetivas de conhecimentos gerais. 

Acesse as provas e gabaritos

Em 3 de dezembro, a relação dos classificados para segunda etapa foi divulgada pela Unesp. As provas de habilidades específicas para os cursos de Arte-Teatro, Artes Cênicas, Artes Visuais, Música, Artes Visuais, Design e Arquitetura e Urbanismo foram aplicadas de 9 a 15 seguintes. 

Resultado

O resultado da Unesp será publicado em 1º de fevereiro e as matrículas serão feitas até o dia 4 seguinte. Outras chamadas serão realizadas nos dias 6, 11, 20, 22, 26 e 28 de fevereiro e 7 e 13 de março.

Vagas

A Unesp oferece 7.365 vagas na Unesp, sendo 3.698 para estudantes de escolas públicas (por meio do Sistema de Reserva de Vagas para Educação Básica Pública (SRVEBP). Destas, 1.300 vagas são para os autodeclarados pretos, pardos e indígenas (PPI). 

As oportunidades da Unesp são para Araçatuba (170 vagas), Araraquara (855), Assis (405), Bauru (1.045), Botucatu (600), Dracena (80), Franca (410), Guaratinguetá (310), Ilha Solteira (310), Itapeva (80), Jaboticabal (280), Marília (475), Ourinhos (90), Presidente Prudente (640), Registro (40), Rio Claro (490), Rosana (80), São João da Boa Vista (40), São José do Rio Preto (460), São José dos Campos (120), São Paulo (185), São Vicente (80) e Tupã (120).

Mais informações no Manual do Candidato ou pelo site do Vestibular da Unesp.

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola