Em 04/09/2020 16h37 , atualizado em 04/09/2020 16h37

Brasileiros mantêm planos de estudar no exterior, segundo pesquisa

Notícias

Canadá é o destino preferido dos estudantes brasileiros, que buscam principalmente cursos de idioma. Por Hotcourses Brasil
PUBLICIDADE

A Pesquisa Selo Belta 2020 divulgou na última quinta-feira (3), em coletiva online, os dados referentes ao mercado de intercâmbio brasileiro de 2019. Dos 2.837 estudantes respondentes, 64% viajaram para o exterior ano passado a fim de estudar e, dos 498 que ainda planejam a sua viagem, 33% continuam com a mesma intenção de antes da pandemia.

Na sua quinta edição, a pesquisa encomendada pela Associação Brasileira de Agências de Intercâmbio (Belta) ao Grupo de Pesquisa Mobilidades traz um panorama das agências de intercâmbio e programas de estudo no exterior a partir das respostas tanto dos agentes quanto dos próprios estudantes brasileiros. Em 2019, o setor movimentou US$ 1,3 milhão.

Canadá é o destino mais popular

O Canadá continua o destino de estudo mais procurado pelos brasileiros, seguido pelos Estados Unidos e a Irlanda, que desbancou o Reino Unido no terceiro lugar. Uma das consequências da grande popularidade do Canadá é a língua francesa aparecer em segundo lugar, atrás apenas do inglês, entre os cursos de idiomas mais procurados pelos estudantes em 2019, vencendo por pouco o espanhol. É a primeira vez que isso acontece.

Também foi a primeira vez que a África do Sul ficou no top 6 dos destinos mais populares, na frente de Malta e Nova Zelândia:

  1. Canadá
  2. Estados Unidos
  3. Irlanda
  4. Reino Unido
  5. Austrália
  6. África do Sul
  7. Malta
  8. Nova Zelândia.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Cursos de idioma e oportunidades de trabalho

Entre os tipos de programas mais procurados, os cursos de idioma seguem na frente. Por essa razão a duração de intercâmbio mais popular entre brasileiros é de até um mês ou entre quatro e seis meses.

As graduações cresceram em popularidade em relação à edição anterior, subindo uma posição para o terceiro lugar. No entanto, entre os brasileiros que buscam um bacharelado no exterior, Portugal foi apontado como o destino preferido, devido ao idioma nativo e à aceitação do ENEM no processo seletivo, embora ainda não se saiba se isso continuará assim após a pandemia.

Os cursos mais procurados no exterior pelos brasileiros em 2019 foram:

  • Curso de idioma
  • Curso de idioma com trabalho temporário
  • Graduação
  • High School (colegial)
  • Curso profissional, certificado ou diploma

A busca por oportunidades de trabalhar durante ou após os estudos tem crescido bastante, o que reforça a popularidade de países como Canadá e Irlanda, que possuem leis bem mais atraentes nesse quesito do que os Estados Unidos e Reino Unido.

Outros dados sobre os brasileiros que estudaram no exterior em 2019

Entre os 65% dos 2.837 estudantes que viajaram para estudar no exterior em 2019:

  • 81% fizeram o intercâmbio pela primeira vez;
  • 80% são solteiros;
  • 40,6% são de São Paulo;
  • 57% moram com os pais;
  • 62% são do gênero feminino;
  • 71% escolheram o programa de intercâmbio com a ajuda de uma agência.

Visite nossa seção sobre estudar no exterior

Intercâmbios no pós-Covid

Esse ano, o Selo Belta realizou uma pesquisa à parte entre julho e agosto de 2020 para identificar o cenário nacional de intercâmbios após o surgimento da pandemia do coronavírus. Com uma participação mais modesta, os 498 estudantes que pretendem ou pretendiam estudar no exterior indicaram que:

  • Desistiram do intercâmbio em um futuro breve: 13%
  • Desistiram definitivamente de um intercâmbio: 3%
  • Continuam com o mesmo plano 33%.

Mesmo com o otimismo entre os estudantes, 98% das 402 agências respondentes apontaram um impacto negativo nas vendas.

O principal fator que influencia a decisão de estudar no exterior no pós-Covid entre os brasileiros é a liberação do país de destino, em vista do ainda grande número de casos no Brasil, que pode atrasar a abertura das fronteiras. Esse é o caso da Espanha, por exemplo, que já liberou a entrada de estrangeiros no país, mas os brasileiros se encontram ainda no grupo de restrições.

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES