Whatsapp
Em 04/08/2017 10h35 , atualizado em 04/08/2017 10h36

Brasileiros estão cada vez mais interessados em graduação no exterior, diz pesquisa

Estudar no Exterior

Divulgada nesta semana, Pesquisa Selo Belta 2017 foi realizada entre março e maio e contou com 1.145 respondentes Por Hotcourses Brasil
Danilo Martins Torini, do Grupo de Pesquisa Mobilidade Acadêmica, responsável pela pesquisa
Danilo Martins Torini, do Grupo de Pesquisa Mobilidade Acadêmica, responsável pela pesquisa
Crédito da Imagem: Divulgação
PUBLICIDADE

A Pesquisa Selo Belta 2017, sobre o mercado de intercâmbio nacional no ano de 2016, foi divulgada esta semana. Realizada entre março e maio, a pesquisa contou com 1.145 respondentes, dentre eles, 43,5% eram estudantes que já tiveram uma experiência de viagem educacional, e os demais planejam partir em breve. 

Segundo os resultados da pesquisa, que foi novamente encomendada pela BeltaBrazilian Educational & Language Travel Association e realizada pelo Grupo de Pesquisa Mobilidade Acadêmica, aumentou o número de brasileiros interessados em cursar uma graduação no exterior. Em 2016, 25,5% dos intercambistas respondentes estudaram um bacharelado em outro país. E a média de interessados em cursos de duração de no mínimo 12 meses cresceu 6,7%.

As 106 agências de intercâmbio que participaram da pesquisa, responsáveis por 618 pontos de vendas por todo o Brasil, identificaram que de 12ª, a graduação no exterior passou para 10ª entre os produtos mais procurados pelos seus clientes.

Cursos de idioma

Mesmo assim, os vencedores ainda são os cursos de idioma. Entre os que já realizaram o intercâmbio, 39,2% estudaram uma segunda língua no exterior, principalmente o inglês (88,5%) e o espanhol (6%). 

No entanto, dos que ainda querem ir, 33,9% procuram por um curso de idioma que inclua um trabalho temporário. Por isso, os países que permitem que estrangeiros trabalhem com um visto de estudante continuam a atrair cada vez mais intercambistas.

Destinos de estudos mais populares

O Canadá ainda é o país mais procurado pelos estudantes brasileiros, aparecendo pela segunda vez consecutiva em primeiro lugar, com 20,9% de preferência. De fato, os destinos de estudo mais populares são os mesmos de 2015: Canadá, Estados Unidos, Reino Unido, Nova Zelândia, Irlanda e Austrália.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os prováveis motivos para a atração pelo Canadá são câmbio favorável, custo de vida mais acessível, localização do país, população multicultural e, principalmente, qualidade de vida – fator apontado na pesquisa como o principal influenciador na hora de escolher o destino de estudo.

Crescimento no mercado de intercâmbio nacional

Um dos dados mais importantes identificados pela pesquisa foi o aumento de 12% na média de produtos comercializados em 2016 por agências, franqueados, gerentes e donos ou representantes de marcas de intercâmbio.

No total, foram movimentados R$ 2,2 bilhões pelo setor de intercâmbio no Brasil no ano passado. Além disso, os estudantes brasileiros estão dispostos a investir mais na experiência: em média R$ 27.864, um número 82% maior do que em 2015.

Outros dados interessantes da Pesquisa Selo Belta 2017

  • 37,9% dos que ainda planejam a viagem acreditam que realizarão o intercâmbio em 2017;
  • Espanha passou França e Portugal, conquistando a 7ª posição entre os destinos mais populares;
  • Os principais objetivos para a viagem educacional foram: “Interesse em investir em uma formação internacional”, “Poder realizar o sonho de conhecer países e culturas diferentes; e “Vivenciar uma experiência internacional capaz de conciliar estudos, trabalho e turismo”;
  • As duas principais fontes financiadoras são “poupança própria” e “ajuda de familiares”.
Artigos Relacionados
Confira 3 opções de países não tão convencionais e pouco conhecidas que merecem a atenção de quem pretende realizar os estudos no exterior.
Confira quatro dicas essenciais e uma dica extra para quem quer estudar no exterior. Desempenho escolar e orçamento devem ser considerados.
Confira 6 dicas para aproveitar a experiência de estudar no exterior sem ter a sua namorada ou o seu namorado ao seu lado.
O projeto é da University of San Diego, na Califórnia, e recebe inscrições até 9 de janeiro de 2018.
Há um ano em Londres, Ingrid Tremura fala sobre adaptação na Inglaterra, matérias, professores e até os seus planos de fazer uma graduação no exterior.
A Pesquisa Selo Belta 2020 divulgou os dados referentes ao mercado de intercâmbio brasileiro de 2019. O Canadá continua o destino de estudo mais procurado pelos brasileiros.
Os resultados da Pesquisa Selo Belta 2018 mostraram que a maioria dos brasileiros continua a se interessar pelo Canadá e por cursos de inglês no exterior.
Saiba onde encontrar informações importantes para o seu intercâmbio visitando os sites das universidades do exterior. Ao entrar no site oficial, você precisa descobrir se há uma página específica para estudantes internacionais.
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES