Whatsapp
Em 04/12/2008 11h32 , atualizado em 01/09/2021 14h32

Agroecologia

Guia de Profissões

Curso superior forma profissionais para desenvolverem a agricultura de forma sustentável Por Lorraine Vilela Campos
Demanda por alimentos orgânicos impulsiona a Agroecologia
Demanda por alimentos orgânicos impulsiona a Agroecologia
Crédito da Imagem: shutterstock
PUBLICIDADE

O curso de Agroecologia prepara o trabalhador rural para o desenvolvimento de uma agricultura que considere os impactos ambientais, a sustentabilidade dos recursos, as características culturais e as políticas para práticas ecológicas como a agricultura familiar. 

O estudante que deseja fazer o curso de Agroecologia precisará colocar a mão na massa, ou melhor, na terra! Então, é preciso estar disposto a participar das atividades práticas no campo ou em locais que simulem a zona rural.

O respeito pela natureza e o entendimento de que seus recursos são limitados são características fundamentais para o agroecólogo. Além disso, o futuro profissional terá que demonstrar disciplina, persistência e saber lidar com imprevistos. 

Curso 

O curso superior de Agroecologia pode ser encontrado como bacharelado ou tecnológico. Entenda a diferença entre os dois:

Bacharelado: com duração média de cinco anos (10 semestres/períodos), o bacharelado é uma modalidade de curso que aprofunda mais a parte teórica do conteúdo e amplia as áreas estudadas, dando maior base para futuras atuações no setor de ensino, por exemplo. O aluno vai além das disciplinas específicas do Agro, tendo contato com matérias de cunho linguístico, social, político e cultural. 

Tecnológico: com duração média de três anos, o curso superior tecnológico é mais prático, foca na preparação do tecnólogo para o mercado de trabalho. Apesar de focar nas disciplinas práticas, a grade contempla conteúdos voltados para questões sociais, culturais e políticas também, mas em menor quantidade e profundidade em relação ao bacharelado. 

O curso de Agroecologia é uma graduação bem regional e costuma abordar as disciplinas do ponto de vista das comunidades rurais das regiões em que as instituições de ensino estão instaladas. No entanto, também prepara o estudante para trabalhar em diferentes lugares do país. 

Na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), por exemplo, o curso dá prioridade a agricultores familiares e camponeses, assentados da reforma agrária, aquicultores e pescadores de base familiar, extrativistas, quilombolas e indígenas. 

Disciplinas 

O curso de Agroecologia tem base em disciplinas como Geografia, Biologia, Química e Física. O estudante começa estudando fundamentos da Agronomia, Ecologia, Botânica, Bioquímica, Ciência do Solo, Genética, Meteorologia, Microbiologia e Zoologia. O início do curso também tem uma base forte em cálculos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Depois da base teórica, o futuro agroecólogo tem aulas de disciplinas práticas e específicas do curso. Veja abaixo algumas disciplinas retiradas da grade curricular adotada pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (IFSudesteMG). 

  • Desenho Técnico
  • Topografia Básica
  • Máquinas e Mecanização Agrícola
  • Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas
  • Economia Rural
  • Zootecnia
  • Construções Rurais
  • Elaboração e Análises de Projetos
  • Geoprocessamento
  • Silvicultura Aplicada
  • Fruticultura
  • Manejo de Microbacias Hidrográficas
  • Melhoramento de Plantas
  • Cafeicultura
  • Manejo Ecológico de Fitopatógenos
  • Irrigação e Drenagem
  • Sistemas Agroflorestais
  • Saneamento Ambiental Rural
  • Extensão Rural e Agricultura Familiar
  • Produção e Tecnologia de Sementes
  • Recuperação de Áreas Degradadas
  • Paisagismo e Plantas Ornamentais
  • Processamento de Produtos Agrícolas

Mercado de Trabalho 

O mercado de trabalho para o profissional da Agroecologia cresce com a demanda da sociedade por uma alimentação que seja mais livre de agrotóxicos. Há, atualmente, uma pressão do mercado, principalmente no exterior, pela redução dos impactos ambientais causados pelo agronegócio. Além disso, os consumidores estão se conscientizando dos benefícios que a agricultura familiar e as práticas sustentáveis de comunidades tradicionais trazem. 

O agroecólogo pode trabalhar em propriedades rurais; associações e cooperativas rurais; organizações não governamentais (Ongs); empresas do agronegócio; indústrias alimentícias; órgãos governamentais, como agências de fiscalização; universidades e institutos de pesquisa.  

As competências do profissional da Agroecologia incluem:

  • Manejo ecológico da produção rural e da biodiversidade agropecuária.
  • Gestão de propriedade com técnicas sustentáveis.
  • Planejamento de propriedades rurais dentro dos parâmetros agroecológicos.
  • Condução de processos de certificação de sistemas agroecológicos.
  • Desenvolvimento de tecnologias que minimizem o impacto na produção da agricultura. 
  • Divulgação de conhecimento, tecnologia, serviços e produtos agroecológicos. 
  • Comunicação voltada para agricultores familiares e sua formação sobre os processos sociais. 
  • Conscientização sobre a importância da agroecologia. 
  • Participação em atividades de extensão e pesquisa.
  • Aulas voltadas para a Educação do Campo. 

Salário 

O salário do profissional de Agroecologia pode mudar de acordo com o local de trabalho e a modalidade de contrato. Segundo o site salario.com.br, um técnico agrícola ganha em média R$ 2.500 para uma jornada de 44 horas semanais. 

Instituições de ensino

Região Centro-Oeste
Distrito Federal: IFB
Mato Grosso do Sul: UEMS

Região Nordeste
Bahia: UFRB
Paraíba: UFPB; UEPB; IFPB
Pernambuco: IFSertão-PE (Petrolina)
Rio Grande do Norte: IFRN
Sergipe: IFS

Região Norte
Acre: IFAC
Amazonas: UEA; IFAM

Região Sudeste
Minas Gerais: IFSEMG
São Paulo: UFSCar.

Região Sul
Paraná: UFPR; IFPR

Artigos Relacionados
Manter a qualidade da matéria-prima, desde a recepção até a distribuição, é uma das funções deste tecnológo.
Saiba tudo sobre remuneração, mercado de trabalho, entre outros aspectos, do curso Técnico em Agroindústria!
Saiba mais sobre o curso técnico em agronegócio, que prepara profissionais para lidar com o mercado agrícola e agroindustrial!
Como a agricultura é um dos principais motores da economia brasileira, o mercado de trabalho está em expansão.
Saiba como é o trabalho do biólogo e entenda a formação. Veja o salário e as áreas de atuação do profissional formado em Ciências Biológicas.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES