Whatsapp
Em 01/04/2021 13h15 , atualizado em 01/04/2021 13h24

5 razões para estudar na Escócia

Estudar no Exterior

Excelentes universidades e boas oportunidades profissionais e de bolsas de estudo estão entre os motivos. Por Hotcourses Brasil
Edimburgo, na Escócia
Edimburgo, na Escócia
Crédito da Imagem: Hotcourses Brasil
PUBLICIDADE

Quando se fala em Reino Unido, provavelmente você pense primeiro na Inglaterra, por causa de Londres e outras cidades estudantis como Liverpool e Manchester. No entanto, hoje queremos focar na Escócia, um país acolhedor com estudantes internacionais e com o multiculturalismo. De fato, a população acadêmica estrangeira dobrou de tamanho no país – são 23.000 estudantes que escolhem a Escócia como destino de estudo.

Segundo uma pesquisa divulgada pelo grupo Universities UK, quatro em cada cinco escoceses – 83% dos respondentes gostariam que os graduados internacionais tivessem chances de permanecer no país depois de concluírem os estudos. Além disso, quase 70% também desejam que as universidades intensifiquem a admissão de estrangeiros.

Isso mostra como o governo, as instituições e a população da Escócia valorizam a sua presença no país, tanto como estudante quanto no mercado de trabalho após os estudos.

Quere saber mais? Então leia mais cinco razões para estudar na Escócia a seguir!

1. Universidades renomadas

A Escócia tem algumas das universidades mais renomadas do Reino Unido e também do mundo. Três delas, inclusive, ficaram entre as 200 globais no famoso ranking da Times Higher Education:

O país tem 19 universidades no total. Além das três acima, há ainda outras que merecem a sua atenção:

Além da qualidade do ensino, 91% dos estudantes internacionais que se formaram na Escócia se disseram satisfeitos com a experiência de aprendizado na mais recente pesquisa International Graduate Outcomes.

Não é à toa que 58% de todos os estudantes de mestrado e doutorado integrais nas universidades escocesas são estrangeiros!

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

2. Cultura outdoor

Você já viu imagens da Escócia? Além dos grandes castelos e catedrais, o país tem maravilhosas paisagens rurais, com campos verdes, montanhas, penhascos, parques, jardins botânicos, lagos e muito mais, independente de qual cidade você escolher. Então talvez esse seja um destino mais recomendável para quem ama atividades ao ar livre.

Inclusive eventos culturais! Todos os anos, há mais de 350 festivais por todo o país, seja de música, arte, cinema, arquitetura, gastronomia e muito mais, como o TRNSMT Music Festival, de shows ao vivo, e o maior festival de artes do mundo, o Edinburgh Festival Fringe, de um mês de duração, com mais de 55.000 artistas e apresentações diferentes, do stand-up ao teatro de rua.

E se você der sorte, pode até conseguir ver a aurora boreal nos meses mais frios do inverno escocês em diferentes pontos do extremo norte do país. As condições ideais são madrugadas de muito frio, longe das luzes da cidade e céu limpo sem nuvens.

Curiosidade: O Lago Ness, da famosa lenda do monstro do Lago Ness, fica nas Terras Altas da Escócia.

3. Oportunidades profissionais

Se a sua intenção é dar início a uma carreira internacional enquanto estuda no exterior, a Escócia também se destaca nesse quesito. Oitenta e dois por cento dos estudantes formados no país acreditam que um diploma acadêmico escocês foi um bom investimento; e 83% encontraram um emprego relevante em poucos meses após a graduação, de acordo com o International Graduate Outcomes.

Os estudantes estrangeiros que escolheram retornar aos seus países de origem relataram que ganham mais do que os profissionais que não estudaram no exterior. 

Nos últimos anos, o setor de produção de eletrônicos cresceu no país, empregando mais de 40.000 pessoas. Como consequência, as universidades passaram a focar em cursos de STEM – Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática. Além disso, o governo criou iniciativas para atrair mais mulheres às áreas tech a fim de criar oportunidades iguais para estudantes do sexo feminino interessadas em computação e outras áreas STEM, tanto nos cursos quanto no mercado de trabalho.

4. Viagens

A Escócia é um país pequeno, com uma população de 5,5 milhões de habitantes (só na cidade de São Paulo, por exemplo, são 12 milhões). Isso significa que, no seu tempo livre fora das salas de aulas, poderá conhecer vários pontos do país, seja de carro, ônibus ou trem, aproveitando as paisagens pelo caminho.

Mas não só isso, a partir de qualquer grande cidade escocesa, você consegue conhecer também o Reino Unido e a Europa. Tem voos de uma hora para Londres ou de duas para Paris, na França, por exemplo. Barcelona fica a duas horas e 40 minutos e Nova York, nos Estados Unidos, a pouco menos de oito horas.

5. Bolsas de estudo

Há diferentes oportunidades de conseguir uma bolsa de estudo para a Escócia, seja diretamente com as universidades do país ou então oferecidas por programas do governo britânico. Conheça dois exemplos:

Artigos Relacionados
Saiba como concorrer a uma bolsa de estudo de 25 mil libras na University of Dundee, na Escócia. Conheça o programa Global Excellence Scholarship.
A bolsa de estudo internacional para graduação é válida para estudantes brasileiros, assim como os de outras nacionalidades.
Uma cidade com ótimas instituições e uma rica vida cultural.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES