Topo
pesquisar
Em 08/02/2019 12h02, atualizado em 08/02/2019 12h06

5 lugares baratos pelo mundo para estudar no exterior

Estudar no Exterior

Estudar fora das cidades mais famosas é uma maneira de encontrar destinos mais acessíveis Por Hotcourses Brasil
PUBLICIDADE

Com preços um tanto quanto assustadores em algumas das principais universidades em destinos de estudo populares, como Estados Unidos e Reino Unido, os brasileiros estão cada vez mais abertos a novas alternativas. O mundo definitivamente está recheado de opções mais acessíveis e, ao mesmo tempo, de alta qualidade para quem tem interesse de estudar no exterior.

A seguir, listamos cinco opções de países que oferecem um ensino superior de qualidade, mas que não pesarão tanto nas suas economias. É sempre bom lembrar que, mesmo sendo mais barata, a experiência de estudar em outro país sempre será acompanhada de gastos, portanto, uma boa alternativa é procurar por bolsas de estudo a fim de amenizá-los ainda mais e saber como fazer o seu orçamento

1. Alemanha

A Europa continental geralmente é uma boa aposta para encontrar lugares mais baratos, principalmente fora das cidades grandes mais famosas. Nós já explicamos aqui porque a educação acadêmica é gratuita na Alemanha. Só isso já faz do país um destino de estudo atraente. Normalmente, para graduações, paga-se apenas uma taxa de administração à universidade que é pequena se comparada ao valor total de um curso em qualquer outro país. 

A Alemanha tem um custo de vida acessível e instituições de ensino superior excelentes, como a Universidade de Munique Ludwig-Maximilians e a Universidade Livre de Berlim. Dependendo do caso, você precisará ter proficiência na língua alemã, no entanto, a boa notícia é que as universidades têm mais de 800 opções de cursos ministrados em inglês.

2. Finlândia

A Finlândia não tem cursos acadêmicos completamente gratuitos como a Alemanha, apesar de serem, de fato, bem mais baratos do que em outros países da Europa. O que a diferencia é o seu custo de vida. Um estudante consegue viver no país com uma média de € 700 a € 900 euros por mês. No Reino Unido, essa média sobe para até € 1.500 na Itália, ¢ 1.100 na Espanha e € 3.000 em Londres, de acordo com o site Business Culture.

3. Argentina

Além de estar localizada bem próxima ao Brasil, o que ajuda não só a diminuir os gastos com passagens aéreas como também a facilitar a sua vinda pra cá, se estiver com muita saudade de casa, a Argentina é conhecida pelo baixo custo de vida e a qualidade dos seus cursos acadêmicos com preços relativamente baratos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Você sabia que mais 90.000 pessoas escolhem a Argentina como destino de estudo todos os anos? Uma das áreas de estudo mais procuradas é a de medicina, por vários motivos. O Brasil tem cursos médicos extremamente concorridos, o que acaba por atrasar a formação acadêmica de quem quer se tornar doutor. Na Argentina, basta fazer o Ciclo Básico Comum (CBC) e passar nas seis matérias para conseguir admissão na universidade. Nada de vestibulares mega concorridos!

Outro motivo é o fato de a Universidade de Buenos Aires ser uma das 15 melhores da América Latina!

4. China

Taxas de ensino baratas, cursos ministrados na língua inglesa, comida exótica e uma história fascinante. Esta é a China! O governo chinês criou um programa para atrair mais estudantes internacionais ao país até 2020 com diferentes iniciativas, entre elas, oferecer uma variedade de bolsas de estudo para estudantes internacionais. 

Um dos focos deste programa de incentivo é fortalecer ainda mais os laços com os países do Bric (Brasil, Rússia, Índia e África do Sul). Ou seja, os estudantes brasileiros estão na mira dos chineses, o que pode facilitar na sua admissão!

5. Online

Tá bom, confessamos que esta opção é uma “pegadinha”, porque não é exatamente estudar no exterior. Mas não há como negar que esta é a forma mais barata de conseguir uma formação internacional: sem deixar a sua casa, pela internet, no seu ritmo. 

As universidades internacionais oferecem uma variedade enorme de cursos online e a distância, principalmente para estudantes estrangeiros com rotinas corridas, família formada e carreira profissional Aqueles que nem sempre têm a chance de deixar tudo para ir estudar no exterior, mas que, mesmo assim, têm muito interesse em conquistar um diploma internacional.

Os cursos online são acessíveis, flexíveis e, em diversos casos, gratuitos. Em outros, você paga apenas para a certificação de conclusão oficial.

Você toparia estudar em algum destes lugares?

Com informações do Hotcourses Abroad.

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola