Patrocínio:

Whatsapp
Em 16/08/2019 18h02 , atualizado em 16/08/2019 18h04

Quatro novas instituições portuguesas aderem ao Enem para o ingresso de brasileiros

Notícias

Com as novas conveniadas, brasileiros passam a contar com 41 instituições que aceitam o Enem para o ingresso em graduações. Por Giullya Franco
Crédito: Divulgação/ISCTE
Crédito: Divulgação/ISCTE
Crédito da Imagem: ISCTE
PUBLICIDADE

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou nesta sexta-feira, 16 de agosto, que quatro novas instituições de ensino superior de Portugal vão aceitar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como forma de ingresso para estudantes brasileiros.

As novas conveniadas são o Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE), a Universidade Autônoma de Lisboa (UAL) e o Instituto Politécnico da Lusofonia (Ipluso), localizados em Lisboa, capital portuguesa, e a Escola Superior de Saúde Norte da Cruz Vermelha Portuguesa, que fica na cidade de Oliveira de Azeméis.

O Inep também divulgou que a Universidade de Coimbra e a Universidade do Algarve, que foram as duas primeiras a assinarem o convênio, renovaram o compromisso com o exame brasileiro.

A partir de agora, os estudantes brasileiros passam a contar com 41 opções de instituições superiores para fazer uma graduação em Portugal utilizando a nota do Enem. 

Enem Portugal

O programa foi criado em 2014 para fazer acordos interinstitucionais entre o Inep e as instituições de ensino superior de Portugal. A parceria foi possível após uma alteração na legislação portuguesa, que permitiu que as universidades criassem processos seletivos para estrangeiros. Com isso, várias instituições firmaram o acordo para aproveitar os resultados do Enem para o ingresso de brasileiros em suas graduações. 

Saiba mais: Brasileiros explicam como usar a nota do Enem para estudar em Portugal

Em Portugal, a maior parte dos estudantes do ensino superior estão matriculados em instituições públicas e, mesmo assim, todos devem pagar uma taxa de coparticipação nos custos do ensino. Por isso, é importante lembrar que o Enem representa apenas a forma de seleção dos candidatos brasileiros, mas não dá o direito a bolsas de estudos. Algumas instituições até possuem programas para diminuir o valor da mensalidade ou formas de facilitar o pagamento, mas não faz parte do acordo firmado com o Inep.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Conheça as 41 instituições

Nos primeiros anos somente instituições públicas tinham a parceria com o Inep, mas posteriormente também foram firmados convênios com faculdades particulares. Para o ingresso, cada instituição define as regras e os pesos das notas. 

Veja as instituições:

  • Universidade de Coimbra (UC)
  • Universidade de Algarve (UAlg) 
  • Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria)
  • Instituto Politécnico de Beja (IPBeja)
  • Instituto Politécnico do Porto(IPP)
  • Instituto Politécnico de Portalegre (IPPortalegre)
  • Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA)
  • Instituto Politécnico de Coimbra (IPC)
  • Universidade de Aveiro (UA)
  • Instituto Politécnico de Guarda (IPG)
  • Universidade de Lisboa (ULisboa)
  • Universidade do Porto (U.Porto)
  • Universidade da Madeira (UMa)
  • Instituto Politécnico de Viseu (IPV)
  • Instituto Politécnico de Santarém (IPSantarem)
  • Universidade dos Açores (UAC) 
  • Universidade da Beira Interior (UBI) 
  • Universidade do Minho (Uminho)
  • Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (Cespu)
  • Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (ULusófona)
  • Instituto Politécnico de Setúbal (IPS)
  • Instituto Politécnico de Bragança (IPB)
  • Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB)
  • Universidade Lusófona do Porto (ULP)
  • Universidade Portucalense (UPT)
  • Instituto Universitário da Maia (Ismai)
  • Instituto Politécnico da Maia (Ipmaia)
  • Universidade Católica Portuguesa (UCP)
  • Universidade Fernando Pessoa (UFP)
  • Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (Ispa)
  • Instituto Leonardo da Vinci (ILV/Estal)
  • Escola Superior de Saúde do Alcoitão (ESSA)
  • Universidade Lusíada (ULusíada)
  • Universidade Lusíada-Norte (ULusíadaNorte)
  • Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC)
  • Escola Superior Artística do Porto (ESAP) 
  • Universidade Europeia (UE)
  • Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE)
  • Universidade Autônoma de Lisboa (UAL)
  • Instituto Politécnico da Lusofonia (Ipluso)
  • Escola Superior de Saúde Norte da Cruz Vermelha Portuguesa

Para mais informações acesse a Página - Como estudar em Portugal pelo Enem.

Relacionados
Estudantes explicam como usaram a nota do Enem para estudar em Portugal e como é a rotina nas universidades portuguesas.
O Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e a Universidade Europeia, localizada em Portugal, assinaram novo convênio. Agora, a instituição de ensino superior passará a receber estudantes brasileiros via Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
A Central do Enem está com as inscrições abertas para as aulas de preparação do Enem 2019. Oferta é de 600 vagas.
Mais de 1.200 estudantes brasileiros ingressaram em universidades portuguesas, usando notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As informações foram divulgadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), considerando 23 das 29 instituições de Portugal que usam o exame.
O Inep anunciou mais uma instituição portuguesa que vai aceitar as notas do Enem. Estudantes podem ingressar em graduações de 42 universidades.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES